Artigos

A Importância Do Coaching Executivo Para As Empresas

As maiores empresas do mundo adotam a contratação de coaches executivos para funcionários de diversas áreas de suas estruturas com o intuito de aumentar o desempenho de pessoas visando melhores resultados organizacionais.

Um coach executivo pode contribuir para o desenvolvimento das organizações de forma mais rápida e eficaz através da potencialização de seu próprio corpo de gestores e diretores.

Esta contribuição é decorrente do aprimoramento de diversas habilidades como agilidade e clareza na tomada de decisão, melhora na elaboração e implantação de planos estratégicos, aumento da capacidade de liderança e formação de times de trabalho, ganho de novas competências comportamentais, além da eliminação de barreiras em busca do aumento de produtividade.

O processo de coaching executivo proporciona ao cliente ferramentas que aumentam o controle de suas tarefas diárias ao mesmo tempo em que o libera para dedicar-se à realização de atividades que realmente farão a diferença naquilo que cada vez mais conta como a coisa mais importante no mundo empresarial: resultados positivos.

Os executivos que utilizam os serviços de um coach de forma geral se reestruturam pessoal e profissionalmente. Eles conseguem analisar de forma efetiva todos os aspectos que envolvem sua carreira e sua vida particular, percebem o que querem modificar ou aprimorar, conquistando assim uma produtividade maior e satisfação em todos os aspectos que julgam importantes.

Isto sem dúvida provoca um retorno para os acionistas sob a forma de lucros e resultados positivos, além de garantir um melhor alinhamento entre a visão, missão e valores da empresa com os dos seus executivos.

Outro fato importante a considerar é que através de técnicas eficazes, um coach executivo também pode auxiliar seus clientes no fortalecimento de habilidades comportamentais.

Devido a esses benefícios e por ser um processo reconhecido internacionalmente, a maioria das empresas americanas adota o coaching como uma ferramenta obrigatória no desenvolvimento de seus colaboradores.

Elas acreditam que um coach, por ser uma pessoa de fora da organização, pode favorecer a abordagem de vários problemas e situações sob outro ponto de vista, ampliando assim as possibilidades de tomada de decisão, resolução de conflitos, estabelecimento de metas, planejamento, etc.

Várias empresas brasileiras adotam há bastante tempo a contratação de coaches para a média gerência e para o mais alto escalão. Há também inúmeras equipes operacionais, de vendas, de marketing, de contabilidade e de outras áreas internas que se beneficiam da utilização desses serviços.

A habilidade de liderar pessoas é uma das principais competências que o trabalho de um coach pode ajudar a desenvolver e, ao mesmo tempo é também uma das mais requisitadas pelas organizações no mundo inteiro.

Um dos grandes mitos que envolvem o coaching é que este processo seria utilizado apenas para corrigir performances abaixo da média, porém, pessoas que desempenham seu papel de forma eficaz e adequada normalmente são as que mais se beneficiam desse trabalho porque acabam se desenvolvendo mais ainda, através da ampliação de seu potencial e do ganho de desempenho na vida pessoal e profissional.

Em uma pesquisa realizada em 2004 pela Right Management Consultants, uma consultoria da Filadélfia, 86% das empresas consultadas afirmaram que utilizam o coaching para ampliar as habilidades de funcionários que já eram reconhecidamente os de melhor resultados e que eram cogitados para assumir cargos de liderança mais altos nas organizações.

Outra grande vantagem apontada pelas empresas é que o coaching desenvolve seus líderes no contexto que eles vivem, ou seja, eles acabam sendo desenvolvidos sem que haja a necessidade de se ausentar de suas atividades diárias, criando assim executivos mais comprometidos com a instituição onde trabalham.

O coaching não é apenas indicado como uma ferramenta eficaz para desenvolver líderes e gestores, mas, é acima de tudo um meio eficaz utilizado em momentos de transição de liderança, quer seja por substituição ou expansão do corpo executivo.

Empresas que possuem o hábito de contratar trabalhos de coaches executivos desenvolvem gestores com melhores habilidades interpessoais, com mais facilidade de tomar decisões, que planejam melhor por conseguirem vislumbrar e analisar mais possibilidades, que lideram melhor porque desenvolvem melhor seus subordinados e que conseguem com tudo isso, provocar o aparecimento de novos líderes abrindo assim o caminho para o seu próprio crescimento.

Podemos considerar resumidamente que as organizações que contam com o trabalho de coaches executivos são as melhores preparadas para gerir algumas questões que permanecerão entre as mais importantes do mundo empresarial neste e no próximo século: capacidade de planejamento, visão sistêmica, habilidade comportamental, liderança e gestão de mudança.

Por: