Artigos

Aposentadoria Se Escreve Com A Letra F?

No meu tempo de menino conheci um homem em Goiás que declamava poemas e contava várias histórias em que o matuto – um caipira esperto – sempre se dava bem no final. Uma delas era assim:
O matuto foi desafiado dentro do bar, a responder todas as questões propostas pelos clientes usando apenas palavras iniciadas com a letra F. Impressionado com as várias respostas bem sucedidas, o dono do estabelecimento entra na brincadeira e promete não cobrar a conta caso ele consiga dizer mais 4 palavras iniciadas com a tal letra F. E a resposta saiu assim:
– Ficando fiado fico feliz.
Genial! Venceu o desafio e não pagou a conta.
Hoje eu me lembro desta história quando o assunto é aposentadoria, pois vejo muita gente próxima da aposentadoria assumindo um posicionamento entre dois Fs: a festa ou a frustração.
Aqueles que planejaram a aposentadoria estão fazendo a festa.
Eles foram capazes de enxergar que a previdência oficial não seria suficiente para gerar um rendimento adequado e colocaram algum tipo de plano B em prática:
– contribuíram para a previdência privada;
– compraram imóveis que geram renda de aluguel;
– fizeram investimentos que rendem juros, dividendos e participação nos lucros;
Em todos os casos, a aposentadoria do INSS é complementado por outras fontes de renda e a pessoa consegue manter um padrão de vida muito próximo daquele que desfrutava enquanto estava na ativa.
Infelizmente existe um outro grupo que chega na aposentadoria vivendo o dilema do outro F, o da Frustração.
Percebem que o dinheiro não será suficiente caso tenham que viver apenas com a renda da aposentadoria e não tem um plano B para colocar em prática.
– alguns cortam gastos e sentem-se frustrados com a redução do padrão de vida;
– outros decidem se aposentar pelo INSS e continuar no emprego. Em vez de reduzirem o padrão de vida como um test-drive da aposentadoria, acabam aumentando os gastos com a chegada da renda adicional, o que dificultará ainda mais a adaptação futura – e certa – apenas com a renda da aposentadoria;
– outros tentam poupar para o futuro mas ficam frustrados ao saber que precisarão poupar muito mais agora do que se tivessem iniciado uma reserva 10 anos atrás;
O grupo do primeiro F programa uma festa de despedida, pensa nas viagens que vai fazer, na chácara que pretende cuidar e na vida boa que vão desfrutar depois de uma longa jornada de trabalho.
O grupo do segundo F reclama da sorte, do governo, dos impostos, da empresa e do tempo. Estão frustrados, gostariam que tudo fosse diferente mas não sabem exatamente como reverter o quadro que se formou em suas vidas.
Se a sua aposentadoria ainda está distante, fica meu convite para que você considere com carinho o fato de que a palavra aposentadoria se escreve com a letra F. Pode ser o F de festa ou o F de frustração.

Qual deles será usado por você?
Grande abraço,

Prof. Samuel Marques
Articulista do Bolso e Futuro
*As opiniões e imagens utilizadas nos artigos assinados, são de responsabilidade do autor.

Por: