O mais completo portal de Recursos Humanos

Artigos

Geração X





Nova pagina 1

A
Geração X, carrega o fardo de ter crescido durante o florescimento do
Downsizing corporativo o qual girava em torno da segurança no emprego.

A
Geração X são jovens que nasceram entre 1965 
e
1977
e totalizam 

40 milhões de pessoas, somente
nos Estados Unidos, para ela há diferentes definições de liderança, lealdade
e incentivos de reconhecimento, como por exemplo trabalhar não é prioridade número
1 na sua vida.

2-
Dicas para Gerenciar a Geração X:

Gerenciar
a Geração X é como gerenciar algo mais …


Algumas
dicas para se ter em mente. Embora pareçam ser generalidades, elas podem ser
bastante úteis quando for trabalhar com pessoas da Geração X, entre 20 a 30
anos.

1.Ela
gosta de variedades e de não de fazer as mesmas coisas todo dia.


2.Trabalhar
não é prioridade número 1 para ela.

3.
Suas metas de carreira é
dirigida a novos desafios e oportunidades. Dinheiro é importante para elas, mas
não se prender a ele, é tudo.


4.
Ela
acredita que a melhor maneira de garantir-se no serviço é o crescimento,
aprendizado e adicionar novas habilidades, estas são as prioridades máximas.


5.
Ela
tem tremenda sede por conhecimento.


6. Ela
quer serviços calmos, divertidos e satisfatórios.

7. Ela
não gosta dos Baby Boomers que geralmente preferem trabalhar independentemente.

8. A
Geração X  gosta de trabalhar num
ambiente de equipe.

9. Ela
gosta de aprender em vez de tentativas e erros.

10.
Ela
á autoconfiante e possui espírito empreendedor.

11.
Ela
desafia freqüentemente o status quo, sempre olhando para uma maneira melhor. 


12.
A
Geração X gosta mais de dar feedback à comunidade do que apenas trabalho. 


13.
Ela
quer feedback regular e freqüentes sobre o desempenho de seu trabalho.

14.
Ela
está apta em estabelecer maneiras de desafios de como fazer as coisas, razão
porque há sempre melhores maneiras.

15.
Melhoria
na carreira é uma balança que mescla vida e trabalho.

16.
A
Geração X masculina tende a ser orientada para a família e interessada na ausência
paterna, como a Geração X feminina.

FONTE:
Agradecimentos a James Essey, CEO da
Tempositions, New York por esses pontos de vista.

3-
Qual é a minha Geração?

Em
1999, houve uma ruptura na força de trabalho nos Estados Unidos por geração,
conforme é demonstrado no quadro abaixo:


 

MODALIDADES DE
GERAÇÕES


 

DISTRIBUIÇÃO

BABY
BOOMERS

(nascidos entre 1942-62)

60,5
milhões de pessoas

CUSPERS
(nascidos entre 1963-1964)

6,5
milhões de pessoas

GERAÇÃO
X

(nascidos entre 1965-77)

40
milhões de pessoas

GERAÇÃO
Y

(nascidos entre 1978-83)

12
milhões de pessoas

FONTE:
Rainmaker Thinking Inc.

4-
Qual o papel do Gestor de Recursos Humanos junto a Geração X?

O
papel dos Gerentes 
de
Recursos Humanos
 é
de fundamental importância 

para lidar com os anseios  e
vontades da Geração X. Os gestores que puderem identificar mais 

facilmente os diferentes
fatores motivacionais que variam de geração para geração, estarão bem mais
equipados e preparados para recrutar e reter os melhores candidatos e talentos.


Como
fatores motivacionais eles deverão: desenvolver programas de incentivos que
motivem a produtividade e bons comportamentos, 
promover
um maior envolvimento 

deles nos processos de
tomada de decisões, diminuir o tempo para recompensar talentos, procurar
 um balanço
entre estilo de vida e de trabalho para controlar a sua criatividade,
proporcionar treinamento adequado e reforçar a relação entre gerentes e
empregados


.

5-
Qual o Futuro da Geração X?

O
futuro da Geração X é trabalhar com mais independência e telecommuting.

Os empregadores terão que
acomodar o trabalho e mudança no estilo de vida em função 

das 
gerações jovens para poder
reter talentos. A Geração X, está mais interessada em trabalhar com
liberdade, flexibilidade e criatividade do que somente por dinheiro, ela está
também focada na recompensa menos tangíveis em longo prazo como oportunidade
de posse do que em curto prazo como bônus em dinheiro.


Em
resumo,

o que pode ser fator
importante para gerações anteriores,
 pode
não ser tão importante para a Geração X.

Os valores, culturas e
critérios são outros,
 que
precisam ser entendidos e moldados pelos gestores das empresas.

Por: