Artigos

Os Perigos da Acomodação

Todos sabemos que o país atravessa uma grave crise política e econômica. Todos sabemos as dificuldades que enfrentamos no nosso dia a dia em virtude deste momento. Todos sabemos – e sempre buscamos saber mais – que a crise atual ainda dá sinais de que pode se agravar.

Mas, o que mais tem me preocupado é que empresas e pessoas parecem ter se acostumado a isso e só falam em crise, crise e crise.

Vejo todos os dias pessoas falando das dificuldades que estão atravessando e, olhando para seus resultados, afirmam que enquanto a crise não passar, não terão muito o que fazer para mudar o cenário atual. Governo, juros, inadimplência, falta de dinheiro são alguns argumentos utilizados para tentar justificar o que chamo de inercia e acomodação.

Não quero discutir os efeitos da crise na sua vida ou empresa, mas se você ficar apenas cuidando do monstro ele vai crescer e te engolir. Se você “achar” que não tem o que fazer é melhor repensar o seu futuro.

Este é um momento perigoso para muitos porque uma das características mais presentes em nós seres humanos é a procrastinação.

Deixamos tudo para depois ou para o chamado “momento certo”. Nos acomodamos onde estamos e esperamos que ações externas nos empurrem na direção do que temos que fazer agora, já.

Não se acomode, não deixe para depois o que você sabe que deve fazer agora.

Se tem que organizar sua empresa, organize agora. Se tem que investir no seu conhecimento, invista agora. Se precisa de bons profissionais, contrate agora. Se tem que cuidar de sua saúde, procure um médico agora. Não foque no problema, busque a solução agora. Se está longe de amigos, procure-os agora. Não se acomode!

Conheço várias histórias de pessoas que deixaram para depois e quando o tempo passou, viveram a triste emoção de sentir que “se tivesse feito isso ou aquilo” tudo seria diferente.

Não se acomode, faça agora.