Artigos

Você se sente competente?

Você se sente competente?

  Por Fabiana

Barbosa – Psicanalista; Parapsicóloga; Psicoterapeuta Holística; Máster

Practitioner em PNL – Programação Neurolinguistica; Consultora de treinamentos empresariais e Palestrante.

Precisamos nos sentir competentes. Quando você  ealiza qualquer tarefa, seja ela qual for, você o faz com prazer? Pede ajuda? Reconhece tranquilamente quais são as coisas

que você não tem jeito e recusa-se a desempenhá-las?

CUIDADO. 

A autoanalise é muito importante. Quando acreditamos em nosso potencial, nosso

rendimento é melhor em todos os sentidos, naquilo que executamos. Quando não

acreditamos e mesmo assim ficamos inseguros e não temos humildade em pedir

ajuda, então começa um grande problema a ser trabalhado. 

Todo ser vive em grupos, não fomos feitos para vivermos sozinhos. Por onde andarmos

sempre existirá alguém. 

Quando trabalhamos seja em casa, na empresa ou em outro local, estamos sujeitos a termos contatos e esses contatos são muito

importantes e valiosos, pois através deles é que aprendemos, crescemos e repassamos conhecimentos, para resumir, evoluímos em todos os sentidos. 

Ninguém vive sozinho, ninguém é incompetente. O que acontece é que as pessoas não acreditam na maioria das vezes em si mesmas, preferem sempre fazer as mesmas coisas, do mesmo jeito e com certeza irão obter sempre os mesmos resultados. 

Dificilmente olhamos para nós mesmos e nos elogiamos, quando fazemos isso procuramos defeitos, tem que haver algo errado para justificar ou reclamar. 

Agora se você se acha competente, parabéns. Significa que você possui autoestima e tem um bom começo para se avaliar melhor. 

Ser competente é ser capaz de fazer bem todas as atividades a elas confiadas e em todos os empreendimentos são bem sucedidos, porque foram bem preparadas para a vida. Essas são pessoas competentes como você. Significa que está no caminho certo. 
Precisamos compartilhar nossos problemas com os outros, seja com pessoas

que enfrentaram ou enfrentam problemas semelhantes. Ao falar e ouvir o que os

outros têm a dizer, as questões ficam mais claras e assumem sua verdadeira dimensão. 

O fato de sabermos que o nosso interlocutor pode ser uma pessoa ou um grupo, já viveu e superou um problema igual ao nosso nos dá ânimo, força e coragem para enfrentarmos aquele momento com mais serenidade, fica mais fácil encontrar as soluções e obter bons resultados. 

A interação é importante, com o tempo as preocupações reduzirão em 50%, enquanto que

aquelas pessoas que foram deixadas sozinhas não se sentiram totalmente competentes. Ser competente é também dizer aos outros como eles são importantes para você. 

Seja competente, ligue para alguém que você não fala há muito tempo, diga-lhe o quanto sente falta de suas conversas, que sente saudades, que deseja rever, não deixe o tempo passar, o momento é AGORA. 

Ser competente não é apenas ouvir essa palavra, ler essa palavra e relacioná-la ao

trabalho. Essa palavra está dentro de nós o tempo todo e em nossos relacionamentos, em cuidarmos de nossa saúde, nossos pensamentos, nossas atitudes, etc. 

Ser competente é não se esquecer de nenhum detalhe, pois os detalhes fazem a

diferença de qualquer coisa em nossa vida pessoal e profissional. 

Reflitam e sejam competentes com vocês mesmos, todos em sua volta e com todas as

situações. 

Abraço Fraterno. 

Fabiana Barbosa – Psicanalista e

Consultora de treinamentos empresariais.

Se você gostou desse artigo, envie sua mensagem e faça um comentário a respeito.