Artigos

5 dicas para aplicar o minimalismo na vida profissional

Menos é mais. O minimalismo, amplamente difundido no lifestyle, tem fundamentos que norteiam o universo dos negócios e a vida profissional. Simplificação, versatilidade, criatividade, objetividade, liberdade e compartilhamento são alguns dos pontos-chave para ter decisões mais acertadas e crescer com equilíbrio – tanto na vida profissional quanto na pessoal. O Faça Parte do Futuro ensina cinco dicas práticas para aplicar este conceito.

“O minimalismo está relacionado à simplicidade e ao foco na condução do negócio, com um planejamento mais enxuto, alinhado às novas possibilidades geradas pela tecnologia, para a criação de tempo e espaço para aproveitar melhor a vida”, diz Vinicius Debian, idealizador da Faça Parte do Futuro.

Enquanto 2,6 milhões novos microempreendedores individuais foram registrados em 2020 no Brasil – totalizando 11,3 milhões, segundo levantamento do Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) – outros não tiraram as ideias do papel, atidos em detalhes de projetos grandiosos em vez de repensar o plano e colocá-lo em ação com eficiência.

Nova call to action

Um dos embaixadores dos capítulos da Singularity University no Brasil e com mais de 20 anos de experiência em inovação, tecnologia e marketing, Debian conheceu o minimalismo por acaso, durante uma viagem, aderiu ao conceito e o projetou no cotidiano profissional. “O pensar simples foi me ensinando a viver de forma mais objetiva e conectada comigo mesmo. Isso acabou refletindo em como eu via e conduzia os meus negócios. Aprendi a dizer sim e não pelos motivos certos e a trabalhar por inspiração – não só por obrigação. Minha vida se transformou a partir dessa premissa e decidi compartilhar essa metodologia tão convergente com o mundo atual”, conta.

Confira cinco dicas práticas do Faça Parte do Futuro:

1. Concentre-se nas coisas que só você pode e quer fazer e crie alternativas para o resto. A liberdade é um dos maiores princípios do minimalismo, então maximize a liberdade de tempo e use a tecnologia para automatizar o que for possível

2. Faça um bom planejamento e gaste menos. Crie um plano que não apenas economize dinheiro para gerar um maior caixa mas que também dê mais autonomia e liberdade

3. Trabalhe com o que você tem e adapte. A engenhosidade para encontrar maneiras de usar os recursos que se tem à mão para operar o negócio leva à criatividade

4. Preocupe-se apenas com as coisas mais importantes. O minimalismo significa libertar-se do fardo das decisões mais difíceis, tornando cada escolha o mais simples possível. Foque sua energia mental em questões verdadeiramente relevantes para a empresa – e sua vida

5. Abrace o seu propósito. Escolha uma causa que seja significativa para você, que tenha conexão com o seu propósito, e incorpore-a ao seu modelo operacional. Pode ser desde dar X% de cada venda para um projeto ou gastar um sábado a cada trimestre em uma ação de voluntariado

A concepção de minimalismo se funde com outros princípios, como a metodologia ágil e a digital, que prezam por uma empresa enxuta e extremamente organizada, com o desenvolvimento de processos de uma maneira mais versátil, com clareza e foco. “Com a tecnologia cada vez mais presente e necessária, o empreendedor tem de ser ágil, flexível e resiliente, trabalhar com o que tem e otimizar as tarefas. A evolução é natural, assim com o surgimento de recursos necessários para a sua alavancagem”, diz Debian.

processo seletivo

0 0 votes
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments