logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Carreira e Negócios > 5 dicas para iniciar um processo de coaching

Sumário

5 dicas para iniciar um processo de coaching

O processo de coaching funciona por meio de conversas estruturadas entre o coach e o cliente, com o objetivo de ajudar o cliente a identificar seus pontos fortes, áreas de melhoria e metas.

Você já ouviu falar sobre o processo de coaching? Se está procurando maneiras de melhorar sua carreira, alcançar objetivos pessoais ou simplesmente progredir em sua vida, o coaching pode ser a resposta que você está procurando.

O processo de coaching é um método de desenvolvimento pessoal e profissional que se concentra em ajudar as pessoas a alcançarem seus objetivos por meio de conversas estruturadas e orientadas.

Neste artigo, exploraremos o processo de coaching em detalhes, explicando o que é, como funciona e dando dicas para iniciar.

Então, se você está interessado em descobrir como o coaching pode ajudar a alcançar seus objetivos, continue lendo!

Coaching: como funciona?

O processo de coaching funciona por meio de conversas estruturadas entre o coach e o cliente, com o objetivo de ajudar o cliente a alcançar suas metas.

Durante as sessões de coaching, o coach ajuda o cliente a identificar seus pontos fortes, áreas de melhoria e metas.

Juntos, eles criam um plano de ação para atingir esses objetivos e trabalham para superar obstáculos ao longo do caminho.

planejamento de carreira
como estruturar o seu RH do zero

Trata-se de um processo altamente personalizado, adaptado às necessidades e objetivos de cada cliente. Geralmente, começa-se com uma sessão de avaliação para determinar as metas e objetivos do cliente e definir expectativas para o processo de coaching.

Em seguida, ele é conduzido em sessões semanais ou quinzenais, com duração média de uma hora.

Quem participa do processo de coaching?

No processo de coaching, muitos se perguntam quem é o coaching. Bem, há dois participantes principais: o coach (ou treinador) e o coach (ou treinando).

O coach é um profissional treinado e experiente em coaching que orienta o coach na definição de metas, no planejamento de ações e na busca de soluções para os desafios que enfrenta.

Papel do coach

Afinal de contas, o que o coaching faz?

O coach é responsável por conduzir as sessões de coaching e guiar o coachee no processo de definição de metas, planejamento de ações e busca de soluções.

Ele é um profissional treinado e experiente em coaching, que utiliza técnicas e ferramentas específicas para apoiar o coachee em sua jornada de desenvolvimento pessoal e profissional.

O coach é o protagonista do processo de coaching e é responsável por definir seus objetivos, estabelecer um plano de ação e buscar soluções para os desafios que enfrenta.

Nesse sentido, deve estar aberto e comprometido com o processo de coaching, disposto a refletir sobre seus comportamentos, crenças e a fazer mudanças necessárias para alcançar seus objetivos.

Quais são os tipos de coaching?

Profissional de coaching em sessão individual, discutindo estratégias de desenvolvimento pessoal com um cliente em um escritório acolhedor.

Existem dois tipos principais de processo de coaching:

  • Coaching pessoal
  • Coaching profissional

O coaching pessoal é voltado para o desenvolvimento pessoal do coachee, abrangendo áreas como relacionamentos, saúde, finanças, autoestima e autoconhecimento.

Já o coaching profissional é voltado para o desenvolvimento de habilidades profissionais, como liderança, comunicação, gerenciamento de tempo, tomada de decisão e resolução de problemas.

Coaching pessoal

Trata-se de um processo de desenvolvimento pessoal que ajuda o coach a atingir seus objetivos em diversas áreas da vida.

Assim, trabalha com o coach para ajudá-lo a identificar suas forças e fraquezas, definir metas claras e criar um plano de ação para alcançá-las.

As sessões de coaching pessoal podem abranger tópicos como autoestima, autoconfiança, relacionamentos, saúde, finanças e bem-estar emocional.

Coaching profissional

Nesse caso, é um processo de desenvolvimento de habilidades profissionais que ajuda o coach a atingir seus objetivos no ambiente de trabalho.

Desse modo, o coach trabalha para ajudar a desenvolver habilidades como liderança, comunicação, gerenciamento de tempo, tomada de decisão e resolução de problemas.

As sessões de coaching profissional podem ajudar o coachee a melhorar seu desempenho no trabalho, avançar na carreira e alcançar o sucesso profissional.

O setor de Recursos Humanos de muitas empresas, inclusive, tem utilizado a oferta de coaching profissional como estratégia de diferenciação de benefícios.

Além de proporcionar autoconhecimento e equilíbrio, o coaching se revela como um investimento valioso nas empresas.

Líderes e executivos se beneficiam desse processo, aprimorando habilidades de decisão e impulsionando o sucesso organizacional.

Quanto ao custo, ele varia, mas é crucial considerar o valor agregado em relação ao preço.

Preparar-se para o coaching, escolher o coach certo e comprometer-se com o processo são etapas fundamentais para aproveitar ao máximo essa experiência transformadora.

Sabendo disso, vamos ver agora quais são os benefícios do processo de coaching. Vamos lá?

Leia também:

Quais são os benefícios do processo de coaching?

Diversas pessoas se perguntam por que coaching é ruim, mas, pelo contrário, existem muitas vantagens nisso. O processo de coaching pode trazer diversos benefícios para o coach, como explicamos a seguir.

Autoconhecimento

O coaching pode ajudar o coach a se conhecer melhor, identificando seus valores, crenças, pontos fortes e áreas de desenvolvimento.

Com esse autoconhecimento, o coach pode tomar decisões mais alinhadas com seus objetivos e viver uma vida mais satisfatória e autêntica.

Inteligência emocional

O coaching pode ajudar o coachee a desenvolver sua inteligência emocional, ou seja, a capacidade de identificar, compreender e gerenciar suas próprias emoções e as emoções dos outros.

Com uma maior inteligência emocional, o coach pode lidar melhor com situações difíceis e se relacionar de forma mais eficaz com as pessoas ao seu redor.

Equilíbrio

O coaching pode ajudar o coach a encontrar um equilíbrio entre as diferentes áreas da vida, como trabalho, família, lazer e saúde.

Com um maior equilíbrio, o coach pode se sentir mais motivado e feliz, evitando o esgotamento e o burnout.

Gerenciamento do tempo

O coaching pode ajudar o coach a gerenciar melhor seu tempo, identificando as atividades mais importantes e urgentes, criando um plano de ação para realizá-las de forma mais eficiente.

Com um melhor gerenciamento do tempo, o coach pode reduzir o estresse e aumentar sua produtividade.

O coaching hoje

O cenário empresarial moderno revela uma mudança significativa: o valor crescente do capital intelectual.

Empresas de sucesso hoje compreendem que investir nas pessoas resulta em benefícios substanciais, não apenas igualando, mas muitas vezes superando investimentos em tecnologia.

Neste contexto, o Coaching Executivo emerge como uma ferramenta essencial, mirando na melhoria da produtividade e nos resultados organizacionais.

Este tipo de coaching é focado em resultados tangíveis e é frequentemente iniciado pela própria empresa, que busca desenvolver e aprimorar suas equipes.

O trabalho do coach tem um impacto direto na qualidade do serviço ou produto, traduzindo-se em lucro e crescimento para a empresa.

Ao investir no desenvolvimento do capital intelectual – as pessoas –, as organizações notam que o retorno é não apenas satisfatório, mas também sustentável.

Processo de Coaching Executivo

O processo de Coaching Executivo, embora teoricamente simples, pode ser complexo na prática.

Mudanças comportamentais e de mentalidade exigem qualidade e tempo, geralmente de seis a doze meses, para resultados duradouros.

A velocidade e a eficácia dessas mudanças dependem também da realidade inicial da empresa e de seu clima organizacional.

O coach trabalha no desenvolvimento de lideranças e nas relações interpessoais, preparando para novos cargos e alinhando a cultura organizacional com a mentalidade dos colaboradores.

A colaboração entre o coach e o departamento de Recursos Humanos é fundamental para alinhar as expectativas da empresa com o desenvolvimento dos colaboradores.

Não queremos, porém, que você saia daqui sabendo muito da teoria e pouco da prática. Por isso, veja a seguir algumas dicas para começar com tudo o seu processo na área do coaching.

Os resultados esperados do Coaching Executivo são diversos e impactantes:

  1. aumento da produtividade
  2. satisfação no trabalho
  3. Retenção de talentos
  4. Redução de estresse
  5. Aumento do valor organizacional
  6. Colaboradores comprometidos
  7. Trabalho em equipe eficaz
  8. Desenvolvimento de colaboradores-chave
  9. Transformação de gerentes em líderes efetivos.

5 dicas para começar bem em um processo de coaching

Para obter os melhores resultados no processo de coaching, é importante que o coach esteja preparado e disposto a se dedicar ao processo.

Aqui estão algumas dicas que podem ajudá-lo a começar bem a sua jornada de coaching.

1. Saiba o que você quer

É claro que seu coach poderá ajudar você a definir uma boa meta.

Entretanto, saber o que você está buscando antes de iniciar o processo de coaching economizará tempo para que possa avançar mais rapidamente em direção à sua meta.

Todo coach está preparado para auxiliar na definição de boas metas, e mesmo que você já tenha a sua traçada, seu coach vai explorar um pouco mais para ajudar a perceber como todas as outras áreas da vida influenciam essa meta.

Sendo assim, não se preocupe em ser muito específico antes da primeira sessão, mas ter uma boa ideia da direção que você busca poderá ajudar muito no início do processo.

2. Perceba o nicho

Coaching não é terapia, dessa forma, não imagine que todos os coaches atenderão qualquer tipo de cliente.

No entanto, é claro que a base do coaching é o comportamento humano, logo, todo coach deve conseguir, de alguma maneira, ajudar em qualquer tipo de meta.

Mas existem nichos e é importante considerá-los antes de contratar o coach.

Vamos dizer que você quer melhorar no seu emprego atual, focando em promoções e na performance.

Logo, um coach de carreira é mais adequado, já que ele está mais conectado com o mercado e com o que é importante para profissionais progredirem nas suas carreiras.

Agora, caso você tenha a ambição de juntar uma grande quantidade de dinheiro e criar uma renda secundária por investimentos, nesse caso, o coaching financeiro é o mais adequado.

3. Avalie o profissional

Sabemos bem que hoje há profissionais que, após um curso rápido de desenvolvimento pessoal, começam a atender e se auto proclamarem coaches.

Você pode evitar estes riscos verificando qual a formação de coaching do profissional que contratará.

Outro critério inteligente é verificar se o profissional tem credenciais de instituições nacionais ou internacionais, como o ICF.

Treinadora com cabelos ruivos liderando um processo de coaching para um grupo diversificado de profissionais em uma sala de conferências iluminada.

4. Prepare sua mente

Primeiro, lembre-se que não é papel do coach ficar dando dicas, entretanto, ele provocará você a perceber outros aspectos e novas possibilidades de crenças e comportamentos.

Portanto, tenha a mente aberta para a mudança. Se você pretende conquistar um objetivo e quer um coach para auxiliá-lo, é porque concorda que pode aprender coisas novas para ter melhores resultados.

5. Tenha comprometimento

O coaching é um processo maravilhoso e poderoso, entretanto, é o cliente quem faz a diferença. Se você não se comprometer com o processo, não haverá ganhos significativos e a culpa pode ser sua.

Se você desmarcar a primeira sessão (ou qualquer outra), já começou errando.

Assim, existem muitos casos de clientes que marcam a primeira sessão e simplesmente não aparecem ou ligam no último minuto avisando que precisam remarcar.

Além de ser falta de educação com o profissional que separou um horário em sua agenda para você, você está passando uma mensagem para si mesmo de que a meta não é tão importante e que talvez esteja até mesmo se autossabotando.

Desse modo, ao trabalhar com um coach qualificado e seguir essas dicas para começar bem o processo, você pode desenvolver suas habilidades, aumentar sua autoconfiança e alcançar o sucesso em sua vida.

Se você gostou do artigo e está interessado em começar sua jornada de coaching, entre em contato com a Sólides e fale com um de nossos especialistas!

Qual a diferença entre coach e coaching?

O termo coaching se refere à metodologia de desenvolvimento pessoal e profissional que se concentra em ajudar as pessoas a alcançarem seus objetivos por meio de conversas estruturadas e orientadas.

Se refere ao profissional que guia o processo e ajuda o cliente a trilhar seus caminhos.

O coach atua como um facilitador do processo de mudança, utilizando técnicas e ferramentas para ajudar o cliente a identificar seus objetivos, seus pontos fortes e fracos e a desenvolver um plano de ação para alcançar suas metas.

O processo de coaching é altamente personalizado, adaptado às necessidades e objetivos de cada cliente.

Em resumo, o coaching é a metodologia, enquanto o coach é o profissional que aplica essa metodologia

Qual é o salário de um coach?

De acordo com o site Catho, o salário médio de um coach no Brasil é de R$ 3.000 a R$ 10.000 por mês. 

É importante lembrar que esses valores são apenas uma estimativa e podem variar dependendo de vários fatores, como a localização, a experiência e a especialização do coach.

Quem faz o coaching?

O coaching é um processo, uma metodologia, um conjunto de competências e habilidades que podem ser aprendidas e desenvolvidas por absolutamente qualquer pessoa para alcançar um objetivo na vida pessoal ou profissional, até 20 vezes mais rápido, comprovadamente.

O coaching pode ser aplicado em qualquer contexto e direcionado a pessoas, profissionais das mais diversas profissões e empresas de diferentes portes e segmentos.

O Instituto Brasileiro de Coaching (IBC) é uma central de atendimento e consultoria para quem quer aprender e praticar o coaching profissionalmente

Conclusão

Em resumo, nós vimos aqui que o processo de coaching funciona por meio de conversas estruturadas entre o coach e o cliente, com o objetivo de ajudar o cliente a identificar seus pontos fortes, áreas de melhoria e metas.

Vimos uma visão geral do processo de coaching e oferece dicas úteis para quem está interessado em iniciar um processo de coaching.

As dicas aqui citadas servem para ajudar você a tirar o máximo de proveito de um processo de coaching. Estar preparado pode significar a potencialização dos seus próprios resultados.

Portanto, siga estas dicas e você verá que terá uma experiência única.

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Coordenadora de Gente e Gestão na Sólides, Isabella atua há mais de 8 anos estruturando e impulsionando as operações de RH em empresas do setor de tecnologia. É psicóloga formada pela UFMG e possui MBA em Gestão de Negócios. Com uma abordagem estratégica, liderou RHs em empresas que cresceram mais de 100% e passaram pelo processo de transição de micro e pequenas empresas para médias e grandes. Seu objetivo é criar ambientes de trabalho que favoreçam o crescimento dos colaboradores, ao mesmo tempo em que impulsionam os resultados do negócio.
Assine a nossa Newsletter