Artigos

5 Dicas Para Se Tornar Mais Inovador

por Fernanda Bottoni

As empresas cada vez mais buscam profissionais inovadores, que sejam capazes de pensar diferente e apresentar ideias para melhorar processos, produtos e serviços. “A missão geral de qualquer empresa ou organização é ser inovadora”, diz Elisangela Lima, head master coach da Lima Fávaro Coaching. “Para cumprir essa missão, ela vai atrás de profissionais com essa característica”, explica.

Desenvolver essa habilidade, no entanto, nem sempre é fácil. Excelentes profissionais – mesmo que cheios de boas intenções – muitas vezes não sabem por onde começar essa maratona em busca de uma nova forma de pensar. Se esse for o seu caso, confira as dicas da especialista logo abaixo. Provavelmente você vá descobrir que colocar mais inovação na sua vida pode não ser tão difícil quanto parece.

1 – Invista em autoconhecimento. Segundo Elisângela, segurança e senso crítico são as bases da inovação e você só poderá desenvolvê-las se investir em autoconhecimento para saber quais são seus pontos fortes e quais são os pontos que você ainda precisa aprimorar. “Ninguém inova e arrisca a trabalhar sua criatividade se não se sentir seguro”, diz ela.

2 – Procure novos conhecimentos. Quem quer ser mais inovador precisa buscar novos aprendizados o tempo todo. A dica da especialista, então é fazer cursos, dos mais variados tipos, desde um curso rápido em uma área do seu interesse em que você nunca trabalhou até um curso de criatividade mesmo, que ensina a pensar fora da caixa. Os novos conhecimentos aumentam suas referências e, consequentemente, aumentam também a sua segurança para apostar que aquelas ideias meio malucas podem se tornar geniais se forem bem conduzidas.

3 – Busque informações. Quem quer inovar precisa estar antenado no que acontece – ou vai correr o risco de achar inovador algo que já é largamente conhecido. Ler jornais, revistas, internet, livros é indispensável.

4 – Amplie o networking. Conversar com pessoas é uma ótima forma de aprender a pensar de forma diferente. Ouça o que elas dizem e aprenda tudo o que puder. Além de ativar seu networking, a troca de ideias com profissionais interessantes pode exercitar o seu cérebro.

5 – Tenha uma postura proativa. “Esse é o item mais importante”, diz Elisangela. Para a especialista, quem quer ser mais inovador não pode ficar sentado esperando uma ideia sensacional cair do céu. “É preciso ir atrás de tudo o que falamos nos itens anteriores para que a sua capacidade de inovar vá aumentando”.

Mais no blog:http://andrademacio.blogspot.com.br/

Por: Jose Macio

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of