Artigos

5 Principais Erros De Um Líder

De fato, sabemos que liderar pessoas não é uma tarefa simples. Cada integrante da equipe possui suas características pessoais, seus valores, hábitos, comportamentos, etc., o que torna a tarefa da liderança desafiadora!
Por isso, uma das definições mais comuns para liderança é de que esta é uma capacidade incrível de influenciar as outras pessoas através de nossas ideias e ações, visando a realização de um objetivo que fora proposto.
Todo líder possui falhas. Algumas delas são perceptíveis à equipe e podem comprometer o resultado a ser atingido, causando sérios problemas e dúvidas quanto a eficácia e legitimidade do líder.

Portanto, listo neste artigo 5 principais erros de um líder. Se você se identificar com algum deles, faça um planejamento de ações para corrigí-los. Quanto mais cedo identificá-los, melhor.

1ª erro: Não delegar.
Centralizar tarefas e achar que só você poderá realizá-las é um erro seríssimo. Há líderes que não permitem que suas equipes tomem simples decisões sem consultá-los. Isso aumenta drasticamente o nível de burocracia e os processos tornan-se lentos. Além disso, a equipe não se desenvolve. Lembre-se que delegar não é “delargar”! Para delegar, o mínimo necessário é traçar claramente os objetivos, prazos e resultados esperados com determinada tarefa.

Nova call to action

2º erro: Agir com vanglória e egocentrismo.
Há líderes que se escondem atrás dos seus títulos e posições e desejam constantemente o reconhecimento do público. Estão mais preocupados com sua posição do que com a verdadeira essência da liderança: servir. Infelizmente, todos conhecemos líderes que são extremamente egocêntricos. Cuidado para não cair nesta cilada! Os títulos que possui não são seus e sim da empresa. Quando um dia você sair desta organização, os títulos e posições ficarão lá, para serem assumidos por outra pessoa. Se você quer ser um líder de sucesso, esteja pronto para servir e não para ser servido.

3º erro: Não elogiar.
Já ouvi uma justificativa nada plausível de um líder que disse não elogiar porque isso poderia deixar seu liderado achando que é o máximo e “afrouxaria” o desempenho desejado. Que besteira! O elogio é um poderoso instrumento para reconhecer o desempenho das pessoas e seu uso deve ser incentivado. É claro que ele deve ser sincero e com base em fatos perceptíveis. Além disso, o líder pode desafiar seu liderado a obter mais reconhecimentos através da sua entrega e potencial em outras tarefas ou projetos.

4º erro: Não dar feedback.
Dar um retorno sobre uma tarefa ou desempenho do liderado torna-se fundamental para o exercício da liderança. Infelizmente a ideia de muitos líderes é de que o feedback deve ser sempre negativo, corretivo e repreensivo. Não é bem assim. O feedback é uma das mais poderosas ferramentas de desenvolvimento a ser utilizada por qualquer líder. Deve haver certa regularidade para sua aplicação e não deve ser “amarrado” a processos burocráticos que o validem, como por exemplo, “o dia do feedback”, que acontece 1 vez ao ano! Você vai esperar 1 ano para dar um feedback assertivo!?! Sempre que necessário, o líder deve trabalhar o feedback, individualmente. Coletivamente deve-se utilizar o elogio. Na construção do feedback, destaque sempre no início um ponto positivo do profissional e de seu desempenho. Isso fará com que ele esteja mais receptivo ao ponto negativo que virá a seguir. Aponte de forma clara o ponto a ser desenvolvido e termine sempre destacando algo positivo, que acredita na capacidade dele, etc. Esse tipo de feedback é conhecido como “PNP” (Positivo, Negativo, Positivo) ou “Feedback Sanduíche”.

5º erro: Não ouvir.
Por último, destaco a importância que o líder tem em ouvir seu time. Há lideranças que escutam, mas não ouvem! Ou seja, fazem “cara de paisagem”. Muitos fazem de tudo para burlar o pedido de um colaborador por um diálogo. Não estão dispostos a compreender a dificuldade dos seus liderados, seus desejos, necessidades ou ansiedades. Por isso, há tantos líderes que falam mais do que ouvem. Muitas vezes o colaborador precisa desabafar, e o simples ato de ouví-lo, traz resultados muito positivos. Portanto, nunca rejeite o pedido de um colaborador para conversar. Ouvir é uma habilidade muito importante no exercício da liderança!

Sabemos que os erros de um líder não se limitam a apenas estes, mas de maneira sucinta, destaquei os cinco.

Se você é um líder e tem cometido estes erros ou alguns deles, reveja seu exercício de liderança. Nunca é tarde demais para corrigir a rota.

O problema é desejar corrigir quando o barco já tiver afundado! Aí é tarde demais! Você perdeu seu time e provavelmente, seu emprego!

Um abraço!

Wagner Oliveira é formado em Administração de Empresas e Pós-Graduado em Gestão de Pessoas. Líder Coach Intermediário formado pela Sociedade Brasileira de Coaching. É autor do livro “Excelência em Vendas” publicado pela Editora Viena.

www.wagnerpalestras.blogspot.com
Twitter: @wagnerpalestras

0 0 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments