Artigos

A Relação De Confiança Empregado X Empregador

A Relação de Confiança entre Líder x Liderado – Empregado x Empregador, como base fundamental na parceria e conquista de resultados.
Fernando Santos

Nas diversas formas de relacionamentos, a CONFIANÇA é a base para o crescimento, desenvolvimento e obtenção de bons resultados, seja na vida pessoal ou profissional.
Sabemos que é praticamente impossível relacionar e trabalhar com quem não confiamos ou quem não confia em nós. A relação entre Líder e Liderado deve ser totalmente transparente, não deve existir gargalo na comunicação ou execuções das tarefas delegadas e executadas, uma vez que isso pode comprometer totalmente os resultados e a interatividade entre as pessoas no dia a dia.
Para atingirmos uma boa relação de confiança é necessário que as partes tenham uma certa Intimidade Intelectual Profissional, isso significa que devemos estar juntos e ligados confidencialmente e profissionalmente.
A entrega no relacionamento profissional acontece através do tempo e inicia-se no ato do processo seletivo, levando em consideração todo histórico do profissional que está sendo contratado, além das referências que são fundamentais para formação da Base.
Sabemos que não podemos criar expectativas nas pessoas além da integridade que norteiam os princípios morais de caráter e personalidade, ou seja, existe uma frase popular que diz: “Você me decepcionou”, é como se quebrasse o encanto, mas porque criamos tantas expectativas nas pessoas sabendo que a natureza humana é imperfeita? Ou porque não confiar? O fato é que só relacionamos com quem confiamos, e para que esta relação seja duradoura é fundamental que tenhamos conhecimento intimo da pessoa que estamos convivendo. Na relação entre Pais e Filhos a intimidade é familiar, e a confiança é total, devido aos laços maternos e paternos.
Na Relação de Emprego, o que podemos chamar de Vínculo Empregatício – Empregado e Empregador, também não é diferente, uma vez que vem acompanhada do contrato de trabalho como um instrumento de garantia da dignidade humana, contribuindo para assegurar esta relação que vem acompanhada da ética e dos valores morais, onde nascem os deveres e as obrigações que são explicitadas e formalizadas ordenadamente e juridicamente.
Devemos lembrar que, na Relação de Emprego as pessoas estão totalmente ligadas, sejam formal ou informalmente, mas intimamente juntas profissionalmente, com objetivos comuns alinhados aos interesses coletivos, individuais e profissionais.
Gestor de Recursos Humanos, graduado em Gestão de Recursos Humanos pelo Centro Universitário .UNA de Belo Horizonte, pós-graduado MBA Gestão Estratégica de Pessoas pelo Centro Universitário .UNA de Belo Horizonte – Atua há 25 anos na área de Recursos Humanos e Relações do Trabalho.

Nova call to action

Por: Clark Kent

Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet. Praesent commodo cursus magna, vel scelerisque nisl consectetur et. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Integer posuere erat a ante venenatis dapibus posuere velit aliquet. Cras mattis consectetur purus sit amet fermentum. Aenean lacinia bibendum nulla sed consectetur.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of