Artigos

Absenteísmo: o que é, causas e como evitar

Absenteísmo é um fator que existe desde a formação das empresas, difícil de ser tratado, pois muitas vezes o funcionário tem habito de faltar e não apresentar justificativas compatíveis. Com uma missão contínua, a área de Recursos Humanos vem avaliando este processo procurando estratégias, a fim de intervir neste quadro que oscila diariamente. Visto que certas atividades têm seu grau de valor considerável, a ausência do colaborador pode causar impactos na organização, quando identificado a necessidade deste profissional estar presente no trabalho, pois cada pequena redução nesse índice pode trazer razoável economia à organização (CHIAVENATO, 2000). O Absenteísmo então se da pelas ausências do colaborador na empresa, podem ser por faltas injustificadas, justificadas, atrasos, férias, afastamentos.

A maioria das ausências são justificadas por atestados médicos, o que não significa que todas as ausências sejam sempre decorrentes de causas médicas (OTERO,1993), mas as causas que não se justificam, qual medida é tomada focando em faltas injustificadas numa empresa de onde não há nenhum controle do absenteísmo? Como diminuir o número de faltas dentro desta empresa? Baseando-se na CLT, percebe-se que o Art. 482 da CLT trata da rescisão contratual por Justa Causa. Visto que quando há faltas leves, no caso, faltas injustificadas, atrasos e saídas antecipadas, é possível advertir o colaborador pelo ocorrido e registrar documentos, onde num futuro não muito distante possivelmente acarreta-se a outro nível de sanção (suspensões e até mesmo desligamento).

Principais causas

Muitas podem ser as causas do absenteísmo no ambiente de trabalho. Este é um problema complexo, que pode ter como razão as condições de trabalho oferecidas pela empresa ou  fatores relacionados às condições psíquicas do empregado. 

Nova call to action

Uma pesquisa do IBGE em parceria com o Ministério da Saúde, de 2015, publicada no G1, revelou que as principais causas de faltas no trabalho no Brasil são bastante triviais: gripes e resfriados.

Somente nas duas semanas anteriores à pesquisa, 14 milhões de brasileiros haviam deixado de trabalhar por motivos de saúde, o que representa cerca de 7% da população.

É fácil analisar por que as pessoas faltam ao trabalho caso a caso, mas as altas taxas de absenteísmo podem indicar um problema de origem organizacional.Afinal, o absenteísmo é inversamente proporcional à satisfação no trabalho, pois, muitas vezes, a ausência é a saída para evitar desconforto e situações indesejáveis.

Por essa razão, cabe às empresas levantarem os motivos para as faltas dos colaboradores e conduzirem uma análise mais aprofundada de sua cultura e gestão.

Como evitar o absenteísmo?

Identificado o absenteísmo e suas características, pode-se dizer que este processo tem a possibilidade de diminuir o seu ritmo, bastando apenas aplicar o conceito aos colaboradores, dando-lhes feedback, reconhecimento de equipe, remuneração pela assiduidade e gestão em ações disciplinares. Através desse projeto, podemos sugerir um controle mais eficaz de absenteísmo dentro de uma Empresa, verificar como é feito o controle hoje através de uma pesquisa de campo com os Gestores, e traçar métodos para aumentar a assiduidade dos funcionários, realizar medidas disciplinares para manter um padrão, onde ira abordar uma atmosfera de regras e procedimentos a cumprir, responsabilizando e advertindo os contraventores.

Devido ao impacto que pode causar por uma redução inesperada do quadro de colaboradores, a assiduidade se torna um fator indispensável em toda e qualquer tipo de empresa. Visto que as faltas são consideradas como problemas nas organizações, o absenteísmo deve ser controlado através de ferramentas nas quais são abordadas as questões legais, para agregar compromisso dos colaboradores com as presenças no dia-a-dia do trabalho. Objetivando promover a assiduidade, a necessidade de bonificar funcionários e advertir por procedimento impróprio, tem o conceito de estímulo para que os índices de faltas diminuam, garantindo a presença do colaborador, baixando o acúmulo de tarefas, fadiga, estresse emocional e o bom fluxo das atividades diárias no trabalho.

4.5 2 votes
Article Rating

Por:

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments