Artigos

Alta Performance em 7 Níveis

Hoje em dia é mais fácil enxergar felicidade na propaganda da margarina ou do refrigerante que em nossas vidas, pois a correria diária nos impede de dar atenção a tudo que gostaríamos e acabamos ficando em transe nos 30 segundos mágicos do comercial. Como fazer então para tirar essa alegria da telinha e trazer para a realidade?

Uma solução eficiente é parar de focar em apenas uma área da vida. Ou ao contrário, parar de deixar algumas áreas da nossa vida de lado. Vou explicar…

Nos treinamentos e palestras da Pandora – Evolução Consciente ( www.pandoragsa.com.br ), dividimos as áreas da vida em 7 níveis energéticos. Definimos 7 áreas principais onde se exige uma grande concentração de energia. Encontrando harmonia entre essas áreas, conseguimos alcançar a qualidade de vida que queremos, além dos resultados que pensamos obter quando focamos apenas em uma área.

Essas zonas energéticas são descritas como:

Sobrevivência – nossas necessidades básicas, como ter dinheiro para pagar as contas e viver uma vida digna. É ter saúde, se alimentar bem. Essa é uma área de importância óbvia, pois achamos que sem o essencial, não podemos viver. A falta de equilíbrio nessa área, tanto escassez como excesso, trazem grande angústia.

Prazeres – pode ser o que cada um chama de entretenimento, uns precisam dormir bastante, outros precisam de sexo, de viajar, de sair para comer com os amigos. Também obtemos prazer em um carrão ou uma casa na praia.
O que nos motiva hoje em dia? São nossos propósitos ou nossos prazeres? Não teria nada de errado em desejar, se a falta desses elementos não nos fizesse sofrer.

Atividades – trata do nosso comprometimento pessoal e profissional. Como lidamos com os afazeres diários e a capacidade de organização para colocar em prática o que sabemos fazer, no prazo estipulado.

Relacionamentos – com a família, com os amigos, colegas de trabalho, clientes, chefes e subordinados. Com eles, queremos ter razão ao ponto de desgastar as relações, ou preferimos o acordo e sermos felizes?

Vocação – Como nos expressamos? Qual nossa filosofia de vida? o que nos define? Quais os nossos verdadeiros talentos? Respondendo essas perguntas, podemos ser autênticos e realizados nas tarefas que nos propomos a fazer.

Entendimento – É a maneira como a vida soa para nós. Nossa cultura e a habilidade de empatia.

Auto conhecimento – qual é a minha essência? Qual o meu propósito de vida? Qual o legado que eu vou deixar para os outros? Como eu observo os outros níveis energéticos sem me deixar afetar negativamente por eles?

É fácil notar que se impedirmos a fluidez de uma dessas áreas, colocamos em risco todas as outras. As dificuldades ocorrem quando damos atenção demais a uma área, deixando as outras de lado.

Todos conhecem aquela fase do adolescente que se apaixona e deixa todo o resto de lado. É um foco excessivo na área de relacionamentos. E o pai de família que se esforça para ter mais dinheiro e não vê os filhos crescerem? São situações comuns, das quais nos consideramos vítimas, mas simplesmente estamos sugando energia das outras áreas para sustentar a que damos ênfase. Pode até ser que a questão dessa área seja resolvida, mas a longo prazo, desenvolvemos problemas em todas as outras áreas que não tivemos zelo. O exercício de compartimentalizar as áreas energéticas e dar atenção similar em todas, é um caminho seguro para encontrar harmonia na vida.

O Processo de Alta Performance da Pandora se baseia em propor auto desafios simples que vão progredindo de intensidade, de maneira que obtenhamos flexibilização em todas as áreas e possamos equilibrá-las.

No nível da sobrevivência, podemos propor, por exemplo, autodesafios de controlar as finanças ou fazer jejum.
No nível energético dos prazeres, podemos passar o desafio de cortar algum pequeno prazer por um tempo, como doces ou TV.
Para atividades pode caber um autodesafio de finalizar tarefas inacabadas.
Relacionamento pode ter um desafio relacionado a sorrir mais ou fazer amizades com estranhos.
No nível dos talentos, podemos pedir para ser desenvolvida uma nova habilidade ou que seja ensinado algo a alguém.
No nível do entendimento podemos pedir que se leia um livro e no do autoconhecimento, cabe um autodesafio de meditação ou de conexão com a natureza.

As primeiras sessões do Processo de Alta Performance podem até parecer desconexas (“O que esse desafio tem a ver com o meu problema?”), mas a medida em que se vai aprofundando, resultados extraordinários começam a surgir.

Confira depoimentos de quem passou pelo Processo de Alta Performance da Pandora

Quando cuidamos das 7 áreas de maneira harmônica, conseguimos resolver os problemas com menos esforço, pois a tendência é que o equilíbrio não deixe nenhum desafio se tornar muito grande.

Assista abaixo ao treinador de Alta Performance Lucas Scudeler Gomes falar sobre como conquistar qualidade de vida em 7 níveis.

Por: Pandora Treinamentos

A Pandora é uma empresa de treinamentos que inspira as pessoas a encontrarem a sua essência e despertarem o máximo de seu potencial. Fazemos isso guiando cada indivíduo a se desafiar constantemente para evoluir de forma consciente. Dessa forma, oferecemos treinamentos de alta performance que harmonizam e expandem os resultados de pessoas e organizações em todas as áreas.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of