Artigos

Aprenda A Dizer Não Sem Precisar Se Explicar

Aprenda A Dizer Não Sem Precisar Se Explicar

Diga não sem se constranger, saiba dizer não sem se sentir mal, simplesmente diga “Não”

Aprenda a dizer não sem precisar se explicar

Sabe aquela escorregada que você precisa dar pra aprender a levantar? Então, é disso que estou falando.Caio Fernando de Abreu

Diga não sem precisar explicar, simplesmente diga não.Muitos de nós têm uma certa dificuldade para dizer não e eu não tenho dúvida que tanto eu quanto você fazemos parte deste cenário de dificuldade em dizer “não”. Eu, já melhorei muito, não tenho dúvidas quanto a isto, mas sei que ainda tenho muito para me trabalhar, para mudar. Dizer não é tão difícil mas também não é tão simplório assim.
Como cita Diana S. Santana:
Um dia você aprende que errar é humano, que aprender é necessário, que correr risco é inevitável chorar é natural ser feliz é consequência. Então um dia você aprende que suas escolhas fazem sua vida…
Nós sempre estamos fazendo escolhas estas escolhas muitas vezes dizemos o “não”, temos que saber dizer não. Pode até doer no início, mas é necessário, nós temos que ter força para dizer o “não”,se necessário for.

Como dizer não sem se sentir constrangido? Como dizer não sem se sentir mal, abalado, preocupado por uma atitude rápida mas que você precisa dizer? Claro que esta postura do dizer não é muitas vezes imediata, não se pode pensar muito, simplesmente tem que dizer.
Portanto, dizer não é uma oportunidade que você tem de mudar as coisas. Pois jamais você pode dizer um sim em que este sim vem a trazer para si uma violência a sua pessoa, aos seus valores, princípios.
Se você não quer se sentir mal, não quer ter aquela sensação estranha de se agredido na sua própria ação, violentado diante dos seus valores, se sentir mal e reclamar para si mesmo de dizer, meu Deus porque eu não disse não, diga e diga para não sofre depois.
Dizer um não requer prudência, equilíbrio, estar pronto para o comportamento de outro que pode se agradar ou não da sua ação.
Dizer não muitas vezes é necessário, faz parte. Existem momentos das nossas vidas que precisamos saber dizer não. Ex: Eu não bebo, portanto não posso te acompanhar, eu não fumo, portanto não posso aceitar o teu cigarro, obrigado mas eu não fumo, pode me chamar de careta, digo não ao cigarro. Eu sou evangélico, a minha religião não permite portanto eu não posso.
Para saber dizer não também requer de nós um amadurecimento, temos que ter jeito, tato de como abordarmos as situações que nos são postas.
Saber dizer não exige de nós maturidade emocional para saber dizer e receber. É simples assim, mas ao mesmo tempo tem que ter um amadurecimento espiritual.
Nem sempre dizer “não” é confortável, causa transtorno para quem vai dizer e para quem vai receber, seja um “não” em relacionamento, onde não dá mais, seja um “não” no ambiente de trabalho, eu não posso mais ficar com você na empresa, portanto eu não posso mais estar com você, eu não quero mais você no nosso quadro, enfim o não tem várias situações que nos levam a este posicionamento.
Posicionar-se diante do “não” é antes de tudo está pronto consigo mesmo, estar bem, saber que a sua posição não vai lhe fazer mal, claro que para o outro que recebe e que este não, não é aquilo que o outro espera ou esperava é delicado.
Mas o sabe dizer “não” faz parte das nossas vidas, é fato. Nem sempre podemos dizer sempre sim…isto não é bom para você, para mim que estamos sempre nos trabalhando, saber dizer sim no momento certo, se está coerente com aquilo que desejamos tudo bem, mas saber dizer “não” também é maturidade, discernimento, crescimento espiritual e material.
“Às vezes é preciso perder pra dar valor. Chorar para aprender a amar.
Confiar para se entregar.
Ouvir para nunca gritar.
Todos irão sofrer um dia, para saber o verdadeiro sentido da felicidade!
Se sentir saudades procure,
Se sentir vontade faça,
Se tiver medo lute,
Se perder esqueça, mesmo que doa,
Se gostar viva!
Mais Lembre-se que nunca é tarde para recomeçar.”
Autor desconhecido

Saiba dizer não, eu tenho aprendido muito, tenho crescido muito, dizer não é sabedoria, discernimento, quando necessário for, não tente agradar ao outro dizendo sim e se sentindo mal em seu coração, diga “não” e seja feliz, diga “não” sem se sentir mal.

Prof. Júlio di Paula. Graduado em Direito, Pós Graduado em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho, Pós-Graduado em Gestão, Graduado em Filosofia. Radialista (Lutor/Operador de AM e FM); Escritor.

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of