logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > O que faz um Assistente de Departamento Pessoal?

Sumário

O que faz um Assistente de Departamento Pessoal?

O departamento pessoal é responsável por lidar com questões relacionadas aos funcionários, desde a contratação até a saída da empresa. O assistente de departamento pessoal auxilia nas diversas etapas desse processo.

As áreas de RH e DP são extremamente importantes para qualquer organização. Justamente por isso, elas devem contar com profissionais qualificados em todos os cargos e posições. Neste post, falaremos um pouco mais sobre o Assistente de Departamento Pessoal, um colaborador fundamental para trazer suporte à gestão de pessoas. 

Aqui, explicaremos melhor o que faz esse profissional, qual a necessária formação e os requisitos para ocupar a vaga, além da média salarial do cargo e outros pontos pertinentes.

Quer começar 2024 buscando uma nova oportunidade na área? Então, confira tudo o que você precisa saber antes de entrar em um processo seletivo para Assistente de Departamento Pessoal. 

O que faz um Assistente de Departamento Pessoal? 

O Assistente de Departamento Pessoal é o profissional responsável por dar suporte na folha de pagamento, processos de admissão e demissão, administração de pessoal, benefícios e folha de ponto. 

No entanto, em seu dia a dia, ele realiza cálculo de folha, rescisões, férias, 13º e outros pagamentos, faz a emissão de encargos como FGTS, GPS, DARF, DAE e eSocial, organiza documentos e arquivos, aplica advertências e suspensões, controla a folha de ponto, faz a gestão de benefícios dos colaboradores e cuida de processos burocráticos de admissão e desligamento. 

Contudo, a profissão também pode atender por outros nomes, como Assistente de Benefícios, Assistente de Cargos e Salários, Assistente de Expatriados, Assistente de Folha de Pagamento e Assistente de Recursos Humanos.

Áreas de atuação 

O assistente de DP pode atuar nas áreas de Recursos Humanos, Administração ou Departamento Pessoal de pequenas, médias e grandes empresas, dando assistência ao Analista de Departamento Pessoal

No entanto, sua atuação é de extrema importância para garantir a eficiência dos processos de DP e evitar problemas trabalhistas e judiciais. Por conta disso, o profissional da área tem um mercado amplo de oportunidades em empresas dos mais variados portes e segmentos. 

Quais os pré-requisitos para ser um Assistente de Departamento Pessoal?

uma mulher em pé, sorrindo, com uma blusa preta segurando uma prancheta, fundo da imagem levemente desfocado aparentando estar em uma empresa,

Para assumir o cargo, é importante que o profissional atenda a alguns pré-requisitos em relação às habilidades técnicas e comportamentais. Entre os conhecimentos técnicos que a vaga exige estão:

  • Legislação trabalhista;
  • Cálculos matemáticos;
  • eSocial;
  • Sistemas de fiscalização pública;
  • Informática;
  • Excel intermediário;
  • Experiência prévia em Departamento Pessoal;
  • Ensino superior completo ou cursando. 

Já em relação às soft skills, é requisito que o profissional tenha competências como:

  • Atenção aos detalhes;
  • Concentração;
  • Capacidade de lidar com o público;
  • Organização;
  • Dinamismo;
  • Boa comunicação;
  • Paciência;
  • Responsabilidade;
  • Proatividade.

Formação desejada

As vagas de Assistente de Departamento Pessoal exigem que os candidatos tenham formação superior, seja ela completa ou em curso, assim, o ideal é que o profissional seja formado em Gestão de RH ou áreas correlatas e que a instituição de ensino, seja reconhecida pelo MEC. 

Além do curso de RH, profissionais de Psicologia e Administração também podem ingressar na profissão. Contudo, é essencial buscar cursos e capacitações que complementem os conhecimentos adquiridos na graduação

Entre os cursos e capacitações que podem complementar o currículo do profissional estão:

Salário e cargos relacionados

Com certeza, quem está planejando se candidatar a uma vaga de Assistente de DP, deseja entender melhor a faixa salarial paga para esse cargo. Segundo o site Vagas, a remuneração para a posição se inicia em R$ 1.639,00 e pode chegar a R$ 2.394,00. A média salarial, no Brasil, é de R$ 1.982,00. 

No entanto, vale lembrar que a remuneração vai variar conforme a localidade da empresa contratante e com a experiência e o currículo do profissional. Mas além do valor registrado em carteira, a empresa também pode oferecer benefícios corporativos, como vale-alimentação, plano de saúde e previdência privada. 

Dicas de currículo para candidatos à vaga de Assistente de Departamento Pessoal

assistente de departamento pessoal apresentando os benefícios da empresa para novos colaboradores

Quem está em busca de uma vaga de Assistente de DP deve ter cautela na hora de redigir o currículo, No entanto, para não se esquecer de adicionar todas as informações pertinentes e se diferenciar da concorrência. Para isso, listamos algumas dicas que podem contribuir:

  • O objetivo profissional deve estar no início do currículo e precisa ser sucinto, apenas com o nome do cargo pretendido;
  • Em seguida, descreva em no máximo 3 linhas o resumo da sua trajetória profissional;
  • Adicione sua formação, da mais recente para a mais antiga, citando os cursos superiores, técnicos e livres que façam sentido com os requisitos da vaga;
  • Liste suas experiências profissionais, começando da mais recente e detalhando brevemente as atividades realizadas em cada uma delas;
  • Por fim, não se esqueça de adicionar seus dados para contato, como e-mail e telefone. 

Em suma, o Assistente de Departamento Pessoal é o profissional responsável por dar suporte a toda a área de DP, auxiliando em processos importantes, como folha de pagamento, administração de pessoal, admissões e demissões. 

Agora que você já sabe o que faz esse profissional, quais os requisitos para ocupar a vaga e quanto pode ganhar no cargo, que tal dominar a área de Departamento Pessoal com os cursos da Escola de Pessoas?Acesse nosso site e confira a programação completa de cursos.

Leonardo é pós-graduado em Ciências da Computação pela PUC Minas e formou-se em Inovação e Empreendedorismo pela Universidade de Stanford. Ao longo de sua trajetória, fundou várias empresas de tecnologia e gestão. Diretor de Novos Negócios na Sólides, ele lidera a frente de DP, Benefícios Corporativos e demais iniciativas de expansão.
Assine a nossa Newsletter