Artigos

Atravessando Momentos De Crise Com Sucesso.





Nova pagina 1

Você trabalha numa grande empresa e se sente
seguro. Tem uma boa relação com sua chefia e com os colegas de trabalho. De
repente, a Organização entra em crise, por razões internas ou externas, e
parece que tudo virou de pernas para o ar. O seu mundo calmo e previsível deixa
de ser aquele lugar seguro e sua luta para torná-lo assim parece não valer
mais nada, como se todas as suas conquistas estivessem indo ralo abaixo. Como
agir em momentos de crise?

Você pode enfrentá-la ou desistir da luta antes que ela comece.

Uma crise é como uma tempestade em alto mar. Ou você deixa o barco flutuar
como queira nas ondas bravias e afundar; ou você luta para tomar o comando do
barco e levá-lo são e salvo para um porto seguro onde, no domínio da situação,
você possa navegar com tranqüilidade para qualquer local que deseje ir. Na
crise, ou você cresce ou afunda. Como disse Saul Wurman em Ansiedade de Informação,
“Quando cai, você larga as coisas que pensava sustentá-lo. Mas é quando
larga delas que encontra terra firme”.

O papel da Empresa durante uma crise é cuidar da Comunicação em todos os níveis,
ser transparente e se colocar à disposição para responder às perguntas de
todos os funcionários. Em tempos de mudanças como os que estamos vivendo, a
maioria das pessoas sente-se insegura nas organizações.

Quando aparece um fator que justifica a insegurança, elas ficam perdidas – e
essa é a hora que a Organização precisa atuar com rapidez, mostrando qual o
problema que está havendo e quais as medidas que estão sendo ou devem ser
tomadas.

Uma organização evolui e muda em uma porção de aspectos. As tarefas, o
desempenho, o mercado, tudo pode mudar. Para acompanhar a mudança, é necessária
muita flexibilidade. Em geral, isto é muito difícil para a Gestão.

Quando a administração procura mudar as metas da organização, adotar novos métodos
de trabalho ou criar qualquer mudança fundamental, a cultura organizacional
pode deixar de suportar essas mudanças, como também acabar com elas. É
importante atuar em conjunto: processos, pessoas e comunicação e criar o clima
adequado à mudança decorrente da crise. Desta forma, as chances das mudanças
e das crises da Organização serem bem resolvidas é bem maior.

Maria Ignez P. Bastos
Maria Ignez Prado Lopes Bastos é formada em Administração Pública pela FGV,
é diretora da MTB Assessoria Organizacional e autora do livro “O Direito e
o Avesso da Consultoria”.

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of