Artigos

O que é Avaliação 360 Graus e como ela funciona?

avaliação 360

Por Erica Souza, Headhunter, Especialista em Recolocação e Linkedin, Coach de Carreira e Escritora do Livro “Mestres Empreendedores do Século XXI”

A avaliação 360 graus é uma ferramenta utilizada para medir o desempenho dos colaboradores em relação às atividades e relacionamento com a equipe. Ela ajuda a empresa a ver como um todo a performance desde os líderes até os liderados, analisando todos os ângulos possíveis. Utilizando feedbacks de mais de uma pessoa, geralmente aquelas que estão mais próximas do colaborador que está sendo avaliado.

Nova call to action

A ferramenta de Avaliação 360 graus além de ser útil para a empresa ela auxilia também o profissional a identificar onde estão as falhas tanto nos processos quanto nos relacionamentos, podendo criar planos de melhorias para o atingimento das metas e objetivos da organização. 

A maioria das empresas não vão para frente por duas razões: ou tem erro nos processos ou tem falha no remanejamento de pessoas, por isso é muito importante colocar a pessoa certa e no cargo certo. 

Às vezes não é falha do profissional de não conseguir entregar as atividades solicitadas e sim, falha na parte da gestão por não colocar ele no departamento aderente ao seu perfil. 

Por isso que a avaliação 360 graus é fundamental para as empresas, pois com ela conseguimos identificar os comportamentos de cada profissional no dia a dia de trabalho e alinhar as atividades e cargos de acordo com cada perfil. 

 

solides-profiler

 

 

3 Pontos Avaliados na Avaliação 360 graus

1. Habilidades Técnicas

É quando avaliamos se o colaborador tem as habilidades e competências técnicas necessárias para a realização das atividades que ele precisa entregar, geralmente estamos falando de cursos e treinamentos.  Inclusive um dos pontos principais que o profissional precisa ter para ser contratado para uma determinada vaga.

2. Habilidades Comportamentais

É quando avaliamos o comportamento do colaborador diante de várias situações, como por exemplo como ele lida com os seus colegas de trabalho, como ele reage à pressão ou situações difíceis e se ele é resiliente ou não diante de mudanças.

3. Pontos de Melhorias e Pontos Fortes

Com essa avaliação é possível identificar onde o colaborador tem mais dificuldade no processo e qual habilidade ele precisa desenvolver para que consiga aumentar a sua produtividade e performance. Aqui conseguimos analisar qual o melhor setor e atividade que ele irá se adaptar melhor. 

Quando a empresa tem ciência do perfil de cada colaborador, fica muito mais fácil colocar a pessoa certa no processo certo, assim os resultados fluem e a produtividade sem dúvidas irá aumentar.

Por isso não faz sentido colocar uma pessoa que não tem habilidade em comunicação por exemplo conduzir reuniões e gerir pessoas, pois ela não irá conseguir passar as informações de forma clara e objetiva, prejudicando o processo ao todo e a performance da equipe. 

Quando implantamos a avaliação 360 graus conseguimos avaliar todos os perfis e identificar as anomalias criadas no processo, podendo criar planos preventivos e ministrar treinamentos para os profissionais terem domínio naquela habilidade que ele precisa melhorar para executar as atividades, ou até mesmo, remanejar ele dentro da empresa, em um departamento que faça sentido com o perfil e habilidades desenvolvidas.

Como a avaliação360 graus funciona?

A avaliação 360 graus é realizada por meio de um formulário com perguntas referentes às habilidades e comportamentos, onde podem incluir os líderes, liderados e até mesmo os clientes internos e externos. 

Os resultados não têm certo ou errado, pois é apenas para avaliar o desempenho de cada colaborador identificando as habilidades e competências de cada um, para que assim consiga melhorar os processos e relacionamento entre equipes, ampliando a produtividade e alcançando os objetivos propostos pela empresa. 

O interessante é que os feedbacks não são apenas dos líderes, mas também do time do avaliado e muitas das vezes por clientes internos e externos, avaliando vários pontos, focando em uma equipe de alta performance e totalmente engajada. 

Com a avaliação 360 graus entendemos as falhas, acertos, pontos fortes, pontos a serem melhorados, competências e incompetências. Após os resultados o gestor pode gerar um plano de desenvolvimento individual (PDI) para cada colaborador, apontando o que ele precisa desenvolver para que consiga chegar no resultado que a empresa espera. 

O legal é que os resultados são sigilosos, podendo serem vistos somente pela equipe de Recursos Humanos, evitando conflitos entre a equipe ou até mesmo entre líderes x liderados.

Quando o profissional tem um feedback do seu trabalho, ele consegue melhorar o que está fazendo de errado e sem dúvidas vai gerar mais motivação, aumentando a produtividade e engajamento entre equipe.

As vezes precisamos ser avaliados por outras pessoas para entendermos onde estamos sendo falhos e assim ir em busca do aprimoramento da habilidade que está faltando para o alcance das metas e resultados estipulados pela empresa. 

A ferramenta de avaliação 360 graus, auxilia nas tomadas de decisões, gerando decisões assertivas em relação aos colaboradores, como por exemplo: quem deve ser remanejado, treinado ou até mesmo demitido. 

Se você ainda não utiliza essa avaliação na sua empresa, convido a implantar pois com ela você vai evitar de colocar as pessoas certas em processos errados, que é um dos principais fatores de falhas dentro da empresa, se tem algo errado é por dois motivos: pelos processos ou pelas pessoas. Pense nisso! 

0 0 votes
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

News do RH Portal

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as Novidades e Tendências do Universo do RH