Artigos

Bem-estar no trabalho também significa promover hábitos alimentares mais saudáveis

bem-estar

Descubra o impacto da alimentação saudável no bem-estar dos colaboradores e a importância em implementar um programa nutricional dentro de sua organização.

Por Luis González*

Nova call to action

No dia a dia do trabalho, que atire a primeira pedra quem nunca pensou em ganhar tempo e abdicou de uma refeição saudável optando por um fast food. Ou deixou de lado o horário do almoço para comer um snack entre uma reunião e outra para depois, no meio do dia, compensar a falta de energia com excesso de cafeína e açúcar, tapeando a fome para dar conta de tudo sem perder tempo e o foco no trabalho.

É fato que, nos últimos anos, tem – se falado sobre a importância de uma boa alimentação. Empresas mais informadas começaram a ajustar seus antigos escritórios para ambientes que estimulam seus colaboradores a fazerem refeições mais saudáveis, possibilitando a eles levarem suas comidinhas caseiras ao invés de comer na rua – atitude que muitas vezes é vista como vilã da boa saúde alimentar.

Tão importante quanto um espaço que estimule a alimentação saudável é dedicar atenção plena ao se nutrir. Será que sua organização já está atenta a isso? Devido à pandemia e ao modelo de trabalho home office, nos últimos dois anos os brasileiros experimentaram uma mudança drástica em seus hábitos alimentares, em geral para melhor, mas ainda com muitos riscos à saúde, especialmente entre a população de baixa escolaridade.

Um estudo realizado com dez mil participantes da NutriNet Brasil, criado pelo Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde (Nupens), da USP (Universidade de São Paulo), identificou um aumento do consumo de frutas, hortaliças e feijão entre a população geral, ao mesmo tempo, também houve um aumento do consumo de ultraprocessados entre os menos escolarizados no Brasil.

Vale lembrar que consumir alimentos ultraprocessados pode desenvolver doenças crônicas, enquanto os alimentos saudáveis aumentam os mecanismos de defesa do organismo.

Alimentação saudável como indicador de bem-estar no trabalho

Pensando nisso, a Vidalink incorporou ao seu plano de bem-estar seu mais novo pilar: o Vidalink Nutri, que busca unir o conceito entre alimentação saudável e o prazer de comer bem. Por meio do app de bem-estar, a Vida – wellbot de bem-estar – identifica os hábitos alimentares dos colaboradores para depois traçar um plano alimentar personalizado para cada um deles, levando em consideração seus objetivos e características individuais, como:

  • doenças crônicas pré-existentes;
  • alergias;
  • e intolerâncias.

Tudo isso de forma simples e prática com acompanhamento de desempenho para que o beneficiário se mantenha firme em sua mudança de hábitos alimentares, com dicas de como manter a atenção plena ao se alimentar.

Além disso, também terá acesso a conteúdos que estimulam melhores escolhas na hora de fazer as refeições, dentro e fora de casa ou no momento de prepará-las. A proposta do Vidalink Nutri não é só mostrar o caminho das pedras, mas também guiar o usuário nessa jornada.

Fazer com que, por meio de avaliações trimestrais, ele consiga perceber sua evolução na adoção de hábitos alimentares mais saudáveis, trazendo de quebra um ganho para as organizações, pois sabemos o quanto bons hábitos alimentares impactam no rendimento e na qualidade de vida dos colaboradores e nos negócios.

nutrição e obesidade

Nutrição e obesidade

Conforme dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2019 no Brasil, uma em cada quatro pessoas de 18 anos ou mais estavam obesas, o número equivale a 41 milhões de indivíduos. Já o sobrepeso peso atingia 60,3% da população de 18 anos ou mais de idade, o que corresponde a 96 milhões de pessoas, sendo 62,6% das mulheres e 57,5% dos homens.

O Ministério da Saúde informa que a obesidade teve um crescimento de 72% nos últimos 13 anos. Em 2006 passou de 11,8% para 20,3% e em 2019, sua frequência ficou igual entre homens e mulheres.

Embora o emagrecimento não seja o foco do Vidalink Nutri, sabe-se que há uma grande parcela da população economicamente ativa com sobrepeso. Assim, entre os 48 planos alimentares desenvolvidos exclusivamente pelo time de nutricionistas do Vidalink Nutri, o emagrecimento saudável também foi considerado.

Em uma análise para validação de hipótese do produto, conduzida nos pré-lançamento do Vidalink Nutri, foi constatado pela maior parte dos usuários beta-testers, sobretudo mulheres na faixa dos 30 a 45 anos, o interesse na perda de peso.

Um dos diferenciais do pilar é justamente mapear os diferentes interesses dos usuários, permitindo a personalização não só a partir do objetivo, mas também da necessidade de cada um. Assim, a ideia é conscientizar os usuários sobre a importância de comer bem, além do simples emagrecimento.

Os dashboards de plano de bem-estar Vidalink mostram a autopercepção dos colaboradores e os níveis de satisfação em saúde mental, atividade física e adesão ao tratamento medicamentoso.

Isso mostra que para se ter qualidade de vida é necessário levar em consideração todos os pilares e que um plano de bem-estar estruturado pode fazer a diferença na vida e na saúde de sua população.

Acreditamos que com o lançamento do Vidalink Nutri – pilar de alimentação saudável do nosso plano de bem-estar – nos mantemos no propósito de promover a cultura de bem-estar corporativo que tanto acreditamos para as empresas de todo o Brasil.

Depois dessa breve explicação sobre o bem-estar no trabalho, bateu a curiosidade para entender mais sobre a importância do setor de Recursos Humanos na área da saúde? Não deixe de conferir nosso outro conteúdo sobre o assunto!

 

engajamento de funcionários

 

*Luis González é CEO e cofundador da Vidalink. Fundada no ano 2000, a companhia possui mais de 200 clientes corporativos, entre empresas nacionais e multinacionais, como IBM, iFood, Johnson & Johnson, Nestlé e Vivo. Unindo tecnologia e bem-estar, a Vidalink se consolidou com a maior WellTech do Brasil, sendo a única a oferecer o “Plano de Bem-Estar”, benefício corporativo com coberturas que incluem alimentação saudável, saúde mental, atividade física e subsídio em medicamentos. Tudo isso amparada pela CVS Health, maior empresa mundial de saúde.

0 0 votes
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

News do RH Portal

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as Novidades e Tendências do Universo do RH