Artigos

Carreira Profissional de Sucesso – Que caminho tomar?

O mundo corporativo de hoje, possui inúmeros caminhos e por consequência inúmeras armadilhas aos jovens que postulam cargos executivos. A escolha errada, acaba em alguns casos, acaba por aumentar o nível de insegurança e frustração de muitos deles em relação ao seu Plano de Carreira e ao seu futuro profissional.
Isso ocorre porque em sua grande maioria, porque os jovens confundem alguns valores como a sua necessidade, o seu ideal e a sua natureza.
Explico melhor. Quando olhamos a nossa carreira sobre o ângulo da Pirâmide das Necessidades de Maslow, após atendidas as necessidades Fisiológicas, todo ser humano se volta para as necessidades em degraus superiores como, segurança,
Necessidades de estima, Necessidade de Ego,
Necessidades do ser, Necessidades de Auto-estima.
Neste momento ele acaba cometendo o seu primeiro e maior engano, que é querer ser aquilo que não é, movido apenas pela necessidade.
Quando escolhe o caminho do ideal, ele tende a caminhar sobre um terreno um pouco mais firme, pois segue por ambientes mais familiares, sonhados, desejados, talvez pelo exemplo de parentes próximos, como por exemplo: meu tio era bombeiro, me contava suas aventuras, seus salvamentos e isso despertou em mim um sonho, de salvar vidas. Participei de treinamentos de brigadistas mirins, fiz curso de primeiros socorros, mas como o primeiro, este caminho pode conter uma nova armadilha, que é a de quem sabe descobrir mais tarde, que apesar da sua paixão, você não ter estrutura emocional para os casos de perdas durante a sua atividade e assim naufragar em seu sonho.
É por exemplos como este, que assistimos a muitos profissionais que atualmente, ainda não sabem o que realmente querem para suas carreiras.
Mas como nem tudo está perdido, até que as cortinas se fechem, como dizia Chaplin, temos o terceiro e último caminho que é o da natureza, aquele que você nasceu para ser, a sua alma, o seu talento, o seu porto seguro.
Vejam o meu exemplo, me formei em agronomia e sempre tive como ideal acabar com a fome do mundo. Trabalhei por quatorze anos nesta área, mas com o tempo, fui compreendendo um pouco mais a minha natureza e me desviando para uma área mais de gestão de pessoas e hoje posso dizer que encontrei o meu caminho que é trabalhar com pessoas, em equipes de alta performance.
Quando nos propomos a trilhar os caminhos profissionais, devemos ter em mente sempre, que a nossa melhor escolha não tem de ser tomada baseada apenas nos ganhos financeiros e sim naquilo que nos trás maior satisfação pessoal, pois quando fazemos algo apaixonante, fazemos bem, procuramos nos aperfeiçoar mais e por consequência, nos tornamos únicos, destaques, imprescindíveis.
Esse gosto pelo que faz, é que torna sua vida mais equilibrada, que o torna melhor como profissional, como pessoa, que agrega valor.
Seja como for meu jovem, não pare pelo caminho, não tenha medo de encruzilhadas, não tenha medo de se frustrar, pois como dizem nossas escolhas tem 50% de darem certo, mas nunca deixe de ficar atento para a sua natureza, pois ela é que faz seus olhos brilharem e com certeza te levarão ao SUCESSO.

0 0 votes
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
oldest
newest most voted
Inline Feedbacks
View all comments
Najat Abbas
Najat Abbas
5 anos atrás

Nao sei que caminho tomar. Preciso mudar. Ja trabalhei dez anos em logistica . Comecei cedo com 16 anos de idade. Faço de tudo. Emito nota fiscal. Cobro. Atendimento. Vendas. Embalo. Costuro, arrumaçao de defeitos em confecçoes. Organizaçao de estoque. Estudei idioma no exterior e falo três linguas fluentemente (português, árabe e inglês). Minha meta é saber falar pelo menos cinco idiomas, estou estudando francês e espanhol. Estou a procura de novas oportunidades. Acho que já esta mais do que na hora para uma mudança.