Artigos

Como avaliar a cultura organizacional

Cada vez mais vejo as pessoas insatisfeitas no trabalho em que estão, isso acontece por vários motivos:

  • relacionamento com a equipe;
  • salário incompatível;
  • falta de benefícios;
  • falta de estrutura;
  • cultura organizacional;
  • distância.

A cultura organizacional é sem dúvidas, uma das coisas que mais pesa nesse sentido, pois já vi casos onde a pessoa sonhava com aquela determinada empresa, era o emprego dos sonhos, salário excelente, benefícios ótimos, equipe engajada, porém o esbarrão foi a cultura, onde é necessário, que acompanhe o que empresa prega como procedimento ou você é carta fora do baralho.

Quando se percebe isso, vem a frustração, você se deparar com o “falecimento” do seu sonho, era uma imagem de empresa ideal para se trabalhar, mas o que muitas pessoas precisam entender é que nem sempre o que é bom e ideal para os outros, vai ser para você também. As pessoas tem pensamentos, culturas, princípios e valores diferentes, isso impacta muito na relação de trabalho.

É necessário que o candidato seja avaliado no processo seletivo e o próprio candidato também analise a empresa, se aquela oportunidade tão sonhada, naquela empresa que ele tanto buscou realmente é ideal pra ele.
Isso implica em comportamento, horários de trabalho e disponibilidade, uso do celular corporativo em qualquer horário e sem critérios, uso do veículo da empresa, como é o fechamento, se as metas estão alinhadas, o que a empresa e seu gestor esperam de você, como funciona as entregas aos clientes, como é o relacionamento e o que se espera dele, como a equipe foi formada, o que seu gestor não aceita de forma nenhuma, o que você não aceita de forma alguma.

Muitas questões podem ser levantadas, já vi empresa exigir determinado tipo de dress code e outras totalmente despojadas nesse sentido, já vi empresas que aceitam relacionamentos amorosos, outras que não autorizam isso de forma alguma. Sempre tem de tudo nesse mundo, não dá pra duvidar, mas o melhor que isso é você saber que a empresa respeita seus valores e seus princípios, que empresa dos sonhos é aquela que você tem valor como pessoa e não em números.

Não existe empresa perfeita, todas tem defeitos, problemas e podem aceitar ou não mudanças, mas caso você se encontre na situação de ir contra sua cultura pessoal, que você já esteja inserido no contexto, analise se vale a pena ficar, analise se pretende continuar compactuando com algo que não acredita. O sucesso do profissional está muito baseado em realização pessoal, profissional e emocional, alguma parte disso você está deixando pra trás. Vale todo o sacrifício?
Cultura organizacional precisa estar no mesmo nível da sua cultura, pois felicidade no dia a dia é reflexo do sucesso depois e isso também surtirá efeito nos resultados da empresa.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of