logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Recrutamento e Seleção > Como fazer um bom processo de Recrutamento e Seleção?

Sumário

Como fazer um bom processo de Recrutamento e Seleção?

A entrevista de emprego é uma das etapas mais importantes do processo de recrutamento e seleção

Uma das preocupações frequentes dos profissionais de Recursos Humanos, com certeza, é como fazer um processo de recrutamento e seleção cada vez mais eficiente. Isso é bastante pertinente, pois quanto melhor for esta captação e avaliação de candidatos, melhores também serão os resultados da empresa em médio, curto e longo prazo.

Para isso é preciso desenvolver uma visão sistêmica que permita aos selecionadores identificar quais são as verdadeiras necessidades da empresa, em termos de mão de obra, e definir claramente os objetivos de cada etapa deste importante procedimento.

De modo geral, a fase inicial segue o mesmo padrão para todos, no que tange a forma de abordagem, porém, depois, as ações vão se tornando cada vez mais específicas e se afunilando de acordo com o perfil da vaga.

Uma pesquisa da Society for Human Resource Management (SHRM) revelou que 68% das organizações usam algum tipo de software ou sistema de gerenciamento de recrutamento para ajudar no processo de Recrutamento e Seleção.

Para te auxiliar na implementação de um processo eficiente e assertivo, preparamos este artigo completo, dividido em etapas detalhadas. Confira!

Como é o processo de recrutamento e seleção de uma empresa?

O processo de recrutamento e seleção de uma empresa é um conjunto de etapas estratégicas e bem definidas que visam atrair, avaliar e selecionar os candidatos mais aptos para preencher vagas em aberto na organização.

O objetivo principal é encontrar os profissionais ideais que se encaixam na cultura da empresa, possuem as habilidades e qualificações necessárias para as funções e que contribuam para o alcance dos objetivos organizacionais.

gestão por competências

Um processo de recrutamento e seleção bem estruturado pode trazer diversos benefícios para a empresa, como:

  • Redução do turnover: ao selecionar os candidatos mais adequados para as vagas, diminui-se a chance de turnover, o que gera economia de tempo e recursos para a empresa.
  • Aumento da produtividade: profissionais qualificados e motivados contribuem para um ambiente de trabalho mais produtivo e eficiente.
  • Melhoria do clima organizacional: a seleção de candidatos que se integram à cultura da empresa gera um ambiente de trabalho mais positivo e colaborativo.
  • Redução de custos com treinamento: ao contratar profissionais com as habilidades e conhecimentos necessários, a empresa diminui a necessidade de treinamentos extensos e dispendiosos.
  • Aquisição de talentos: um processo de recrutamento e seleção eficaz permite identificar e atrair talentos que podem agregar valor à empresa e contribuir para o seu crescimento.

Como fazer um processo de seleção e recrutamento?

O processo de seleção e recrutamento é crucial para o sucesso de qualquer empresa, pois garante a contratação de profissionais qualificados, compatíveis com a cultura organizacional e capazes de contribuir para o alcance dos objetivos estratégicos. Confira!

1. Definição de Necessidades e Perfil

  • Análise Interna:
    • Histórico de Recrutamento e Seleção: revise os dados de recrutamentos anteriores para identificar pontos fortes, fracos e áreas de melhoria.
    • Turnover e Rotatividade: analise as taxas de turnover por cargo, departamento e tempo de serviço para identificar áreas com alta demanda por contratações.
    • Mapeamento de Competências: identifique as competências técnicas, comportamentais e interpessoais necessárias para cada cargo, considerando os desafios e as responsabilidades da função.
    • Planejamento Estratégico: alinhe as necessidades de recrutamento com os objetivos estratégicos da empresa e as metas de curto, médio e longo prazo.
    • Orçamento: defina o orçamento disponível para o processo de recrutamento e seleção, considerando custos com ferramentas, plataformas, anúncios e contratação de profissionais, se necessário.
  • Fontes Externas:
    • Pesquisas de Mercado: realize pesquisas para entender as tendências do mercado de trabalho, os salários praticados para cargos similares, as habilidades e competências mais requisitadas e as melhores práticas em recrutamento e seleção.
    • Benchmarks do Setor: compare as práticas de recrutamento e seleção da sua empresa com as de outras empresas do mesmo setor para identificar oportunidades de melhoria e se manter competitivo.
    • Análise da Concorrência: avalie como seus principais concorrentes estão recrutando e selecionando talentos para identificar diferenciais e atrair os melhores profissionais.

2. Divulgação e Atração de Candidatos

  • Definição dos Canais de Divulgação:
    • Canais Internos: utilize o banco de currículos da empresa, a intranet, murais de comunicação interna, programas de trainees e estágios, e indicações de colaboradores para divulgar as vagas e atrair candidatos potenciais.
    • Canais Externos: publique as vagas em sites de emprego e portais especializados, utilize as redes sociais da empresa e plataformas online, anuncie em jornais, revistas e mídias especializadas, e participe de feiras de emprego e eventos da área para alcançar um público amplo e diverso.
  • Otimização das Vagas de Emprego:
    • Título Claro e Atraente: utilize um título que resuma de forma clara e concisa a vaga, destacando as principais responsabilidades e benefícios oferecidos.
    • Descrição Detalhada da Vaga: apresente uma descrição detalhada da vaga, incluindo as responsabilidades, requisitos técnicos e comportamentais, perfil desejado, benefícios oferecidos e informações sobre a empresa e a cultura organizacional.
    • Processo de Recrutamento Transparente: explique as etapas do processo de recrutamento e seleção, os prazos para cada etapa e como os candidatos serão avaliados.
    • Facilidade de Aplicação: Crie um processo de candidatura simples e rápido, utilizando formulários online ou plataformas de recrutamento para otimizar a experiência do candidato.
  • Engajamento nas Redes Sociais:
    • Utilize as redes sociais da empresa para divulgar as vagas de forma criativa e interativa, utilizando storytelling, vídeos e lives para atrair a atenção dos candidatos e despertar o interesse pela empresa.
    • Interaja com os candidatos nas redes sociais, respondendo comentários e mensagens, esclarecendo dúvidas e demonstrando interesse em seus perfis.
    • Utilize hashtags relevantes para aumentar o alcance das publicações e alcançar um público mais amplo de candidatos em potencial.

3. Triagem e Pré-Seleção de Candidatos

  • Análise de Currículos e Cartas de Apresentação:
    • Utilize softwares de ATS (Applicant Tracking System) para automatizar a triagem inicial de currículos, otimizando o tempo da equipe de recrutamento.
    • Defina palavras-chave e critérios pré-definidos para identificar os currículos que atendem aos requisitos da vaga e filtrar os candidatos mais promissores.
    • Avalie as qualificações, experiência e habilidades dos candidatos, comparando-as com o perfil desejado para a vaga.
    • Identifique candidatos que se destacam por suas realizações, experiências relevantes e potencial de desenvolvimento.

Assista também: Curso de Metodologia Comportamental Sólides Profiler

Quais as etapas do processo de recrutamento e seleção?

recrutamento de pessoas

O processo de recrutamento e seleção geralmente é dividido em algumas etapas principais. Veja!

  1. Análise da Vaga: é fundamental compreender as necessidades da posição em aberto e definir o perfil desejado do candidato, identificando habilidades, experiências e competências necessárias.
  2. Divulgação da Vaga: utilize diversos canais, como plataformas de recrutamento e redes sociais, para atrair candidatos qualificados. Destaque os principais aspectos da vaga para atrair os melhores talentos.
  3. Triagem de Currículos: realize uma triagem de currículos recebidos, selecionando aqueles que atendem aos requisitos mínimos da vaga. Analise informações como experiência profissional e formação acadêmica.
  4. Entrevistas: momento crucial para conhecer os candidatos e avaliar suas competências e aderência à cultura organizacional. Elabore perguntas relevantes e estruturadas para obter informações precisas.
  5. Avaliação de Competências: além das entrevistas, utilize testes ou dinâmicas de grupo para avaliar habilidades técnicas e comportamentais dos candidatos, de acordo com os requisitos da vaga.
  6. Verificação de Referências: entre em contato com referências fornecidas pelos candidatos para validar informações e obter insights adicionais sobre seu desempenho e conduta profissional.
  7. Tomada de Decisão: analise todas as informações coletadas e selecione o candidato mais adequado, considerando critérios estabelecidos e a cultura da empresa.
  8. Contratação e Onboarding: Formalize a contratação do candidato selecionado e forneça um processo de integração adequado, facilitando sua adaptação e preparando-o para desempenhar suas funções de maneira produtiva.

Exemplo de como fazer um bom processo

1 – Defina as vagas
O primeiro passo de um processo de recrutamento e seleção é definir quais serão as vagas ofertadas. Isso geralmente é definido pelo RH, em conjunto com o gestor da área, para onde o profissional será recrutado.

2 – Defina as atribuições e salários
Quais serão as funções desempenhadas pelos futuros colaboradores, cargos, atribuições, competências exigidas e o salário para cada vaga? Definir tudo isso é muito importante para fazer a descrição do trabalho de forma exata e selecionar apenas profissionais realmente interessados.

3 – Defina os meios e divulgue a vaga
Onde a empresa divulgará suas vagas: nas redes sociais, sites especializados, agências de empregos, mural interno, grupos de WhatsApp? Os canais gratuitos ajudam muito a dar mais alcance à vaga. Já os pagos fazem uma seleção melhor dos profissionais mais qualificados, pois já trazem uma apresentação do seu currículo. Escolha e divulgue!

4 – Faça a seleção dos currículos
Após divulgar e receber um número mínimo de cinco a dez currículos, por vaga, é hora de selecionar quais são aqueles que mais atendem as necessidades da empresa e chamar para a seleção presencial.

5 – Entrevista de Emprego
A principal fase do processo de recrutamento e seleção, consiste no encontro com o selecionador, que fará uma entrevista de emprego, pessoal e profissional, para conhecer melhor o candidato, avaliar suas experiências, competências e o seu histórico de vida e carreira.

6 – Dinâmicas de seleção
São ferramentas muito usadas pelos recrutadores para avaliar muito fatores importantes como: liderança, criatividade, comunicação, trabalho em equipe, empatia e negociação, por exemplo.

“Quando você coloca uma equipe fantástica junto, eles podem fazer coisas fantásticas.” – Steve Jobs

7 – Entrevista com o gestor da área
Os profissionais mais qualificados na entrevista pessoal e na dinâmica, são aqueles que irão passar a próxima fase e ter a chance de “vender seu peixe” para o seu futuro líder. Este é o momento decisivo para todo candidato, pois pode significar um novo emprego.

8 – Comunicar a aprovação ou não
Este é o momento onde o RH da empresa liga para o profissional e informa se ele foi aprovado ou não para a vaga para qual se candidatou. Muitas empresas só ligam em caso de aprovação, deixando os candidatos com os nervos à flor da pele e sem nenhuma resposta. Não faça isso. Dê sempre um retorno, agradeça e ajude o profissional a crescer.

Como estão os processos de recrutamento e seleção atuais?

O cenário do recrutamento e seleção está em constante evolução, impulsionado por novas tecnologias, mudanças nas expectativas dos candidatos e um mercado de trabalho cada vez mais competitivo.

Para se destacar nesse contexto, as empresas precisam acompanhar as tendências e implementar práticas inovadoras que garantam a atração, avaliação e seleção dos melhores talentos.

Tendências que Moldam o Recrutamento e Seleção

Diversas tendências estão moldando o campo do Recrutamento e Seleção, refletindo as mudanças no mercado de trabalho e as demandas dos candidatos. Aqui estão algumas delas:

1. Adoção de Tecnologias

  • Softwares de Recrutamento (ATS): automatizam tarefas repetitivas, como triagem de currículos e agendamento de entrevistas, liberando tempo para atividades mais estratégicas.
  • Inteligência Artificial (IA): auxilia na análise de currículos, pré-seleção de candidatos e identificação de padrões que podem indicar um bom desempenho na vaga.
  • Videocall e Ferramentas de Colaboração: permitem entrevistas online e dinâmica de grupo virtual, ampliando o alcance do processo e facilitando a participação de candidatos de diferentes localidades.

2. Experiência do Candidato

  • Processo Transparente e Comunicativo: manter os candidatos informados sobre as etapas do processo, fornecer feedback e responder dúvidas de forma ágil contribui para uma experiência positiva e aumenta a atratividade da empresa.
  • Diversidade e Inclusão: implementar práticas que promovem a diversidade no processo de recrutamento e seleção garante um ambiente de trabalho mais rico e inovador.
  • Marca Empregadora Forte: investir na construção de uma marca empregadora positiva atrai talentos qualificados e gera interesse em trabalhar na empresa.

3. Novas Abordagens de Avaliação

  • Habilidades Comportamentais e Culturais: a avaliação de aspectos como comunicação, trabalho em equipe, adaptabilidade e aderência à cultura da empresa ganha importância.
  • Avaliações Dinâmicas e Experimentais: dinâmicas em grupo, simulações de situações reais e testes práticos permitem avaliar as habilidades e o potencial dos candidatos de forma mais realista.
  • Dados e Análises: a utilização de dados para as decisões de recrutamento e seleção torna o processo mais objetivo e assertivo.

Desafios do Recrutamento e Seleção Atual

profissionais em processo de entrevista coletiva, demonstrando na prática a diferença entre recrutamento e seleção.

1. Encontrar Talentos Qualificados: a escassez de profissionais qualificados em algumas áreas exige estratégias criativas para atrair e reter talentos.

  • Concorrência por Candidatos: empresas competem entre si para atrair os mesmos candidatos, exigindo diferenciais na proposta de valor e na experiência do candidato.
  • Retenção de Talentos: investir no desenvolvimento e na valorização dos colaboradores é crucial para evitar a rotatividade e reter os melhores talentos.

Assista também: Curso da Experiência do Candidato e aprenda a fortalecer sua marca empregadora

2. Acompanhar as Mudanças Tecnológicas

  • Manter-se atualizado com as novas ferramentas e tecnologias é essencial para otimizar o processo de recrutamento e seleção e acompanhar as tendências do mercado.
  • Investir em treinamento e capacitação da equipe garante que os profissionais estejam aptos a utilizar as novas ferramentas e metodologias.
  • Adoção de uma cultura de inovação permite que a empresa experimente novas tecnologias e busque soluções inovadoras para os desafios do recrutamento e seleção.

3. Garantir a Diversidade e Inclusão

  • Eliminar vieses inconscientes durante o processo de recrutamento e seleção é fundamental para garantir a igualdade de oportunidades para todos os candidatos.
  • Implementar políticas e práticas que promovem a diversidade e a inclusão contribui para um ambiente de trabalho mais justo e equitativo.
  • Valorizar a diversidade de ideias e perspectivas gera um ambiente de trabalho mais rico e inovador.

Conclusão

O recrutamento e seleção é um processo crucial para o sucesso de qualquer empresa. Ao acompanhar as tendências, implementar práticas inovadoras e superar os desafios, as empresas podem atrair, avaliar e selecionar os melhores talentos, construindo equipes de alta performance e impulsionando o crescimento do negócio.

Interessante todo este processo, não é mesmo? Tenho certeza que você já passou por tudo isso em sua carreira. Quero, então, saber como foram as suas experiências. Comente e compartilhe comigo como foi o seu melhor processo de recrutamento e seleção.

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Camila Rocha, é uma profissional experiente em publicidade. Com formação pela Fumec, ela coordena atualmente a BU de Educação na Sólides Tecnologia, onde trabalha há 6 anos. Sua expertise em liderança e estratégias de educação corporativa tem sido fundamental para impulsionar o crescimento e o desenvolvimento dos colaboradores.
Assine a nossa Newsletter