logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Carreira e Negócios > Pretensão salarial: entenda como preencher a sua em uma vaga de emprego

Sumário

Pretensão salarial: entenda como preencher a sua em uma vaga de emprego

Veja a forma certa de expor quanto deseja ganhar ao passar por um processo seletivo em uma empresa!

Muitas empresas ao publicarem uma vaga de emprego, solicitam que os candidatos enviem a pretensão salarial no currículo.

Nesse momento, muitos candidatos ou não enviam a tal pretensão ou colocam o famoso “a combinar”. Essa atitude significa medo de “errar a mão” ao colocar um valor e acabar ficando fora do processo seletivo.

Quando uma empresa solicita essa informação, ela quer ter certeza que poderá atender as expectativas salariais dos candidatos. E ao mesmo tempo, atrair bons candidatos que poderiam não responder ao anúncio caso o salário anunciado não seja considerado tão atrativo.

A empresa tem um orçamento a cumprir mas também está de olho no mercado no momento da economia, se a vaga em questão possui poucos candidatos ou se a oferta de mão de obra é grande.

Ao solicitar a pretensão salarial ela tem condições de analisar o que o candidato oferece no seu perfil descrito no currículo, alinhado ao valor que ele atribui a si mesmo como profissional.

Hoje falaremos sobre isso ao longo do texto. Então, se deseja saber como expor sua pretensão salarial de forma clara e adequada, continue a leitura e confira!

Como o candidato deve responder a pretensão salarial?

Em primeiro lugar é preciso ter em mente todos os seus gastos ou despesas fixas.

planejamento de carreira

Além disso, não adianta baixar demais seu salário. Caso seja chamado para entrevistas de emprego, deixar claro que suas necessidades são maiores do que a sua pretensão. Nenhum recrutador contratará um candidato que apresenta chances de ficar insatisfeito por causa de salário.

Se você está desempregado, a primeira coisa a fazer nesse caso é: analisar suas despesas e cortar tudo aquilo que for considerado supérfluo ou que pode aguardar um pouco para ser concretizado. Dessa forma você consegue dimensionar melhor qual valor supre suas necessidades.

Outro fator importante a ser analisado é como você chegou ao seu último salário. Ele é fruto de qualificação e resultados alcançados ou reflete somente o tempo que permaneceu na última empresa?

Muitos profissionais acabam galgando um salário mais robusto. Não por suas qualificações mas apenas por permanecer certo tempo em uma mesma organização. É verdade que hoje em dia isso está cada vez mais raro. Mas ainda é possível encontrar profissionais disponíveis no mercado de trabalho com essa realidade.

Pesquisa aponta dificuldades de expor pretensão salarial

Como expor pretensão salarial em entrevista de emprego?

Aparentemente, vender o próprio peixe durante um processo seletivo está longe de ser uma tarefa fácil para os brasileiros. A conclusão é de um estudo do Onlinecurriculo, plataforma que, recentemente, investigou as principais dúvidas sobre o preenchimento do próprio currículo em todo o país.

Para se ter uma ideia, dos 600 entrevistados com mais de 16 anos, 75% disseram ter dúvidas sobre como revelar sua pretensão salarial às empresas, enquanto 52,3% não sabem a forma certa de descrever suas habilidades profissionais.

Por recomendação do Onlinecurriculo, não há necessidade de divulgar a pretensão salarial de antemão, o que pode ser feito apenas quando houver solicitação na descrição da vaga. Neste caso, a principal orientação é buscar a média salarial da categoria e nível profissional (júnior, pleno ou sênior) do candidato.

É possível chegar ao valor aproximado com base na experiência dos colegas de profissão, bem como conferindo o sindicato da área, que normalmente disponibiliza uma tabela de cargos e salários. As calculadoras de salário online também podem ser de grande auxílio nesse momento.

Realidade

De toda forma, é preciso se atentar aos salários incompatíveis com cada realidade, pois os recrutadores sempre avaliarão a competência profissional do candidato em relação ao valor que ele pede.

Em certas ocasiões, até há um orçamento ajustável para a vaga, mas pode ocorrer de as experiências do candidato não demandarem uma expectativa salarial tão alta. Por outro lado, o contrário também não é recomendado, visto que indicar um salário muito baixo pode passar a ideia de um serviço barato e de qualidade ruim.

Falar de si mesmo é a principal dificuldade

Entenda dificuldades de falar sobre pretensão salarial em processo seletivo!

Quando questionados sobre as seções do currículo que mais causam dúvidas, mais da metade dos respondentes (cerca de 55,8%) afirmaram incertezas sobre como redigir seu objetivo profissional, que pode ser definido com o que o candidato busca alcançar na empresa no primeiro ou próximos cinco anos de trabalho.

Isso deve ser escrito de forma que o recrutador compreenda claramente como a vaga irá ajudá-lo a alcançar suas ambições individuais.

Na sequência, estão a descrição das próprias habilidades e as atividades extracurriculares, mencionadas por 52,3% e 44,8%, respectivamente. Completam o top 5 os campos relacionados à experiência profissional, um desafio para 25,5% dos candidatos, e as informações pessoais (24,8%).

Sobre as habilidades, a dica é não mentir ou inflá-las, uma falha considerada grave. Ao preencher o campo de idiomas, por exemplo, o ideal é avaliar as competências de leitura, escrita, compreensão e fala, já que certas funções podem demandar apenas uma dimensão específica, como a leitura ou a fala. O mesmo raciocínio vale para o domínio de certos softwares, ferramentas e aplicativos. 

Experiências profissionais

Quanto às experiências profissionais, é indicado inserir somente aquelas alinhadas diretamente à vaga preferida, sejam elas remuneradas ou não. Além disso, pode ser interessante colocar as mais recentes em destaque.

Dessa forma, caso o candidato não possua trabalhos anteriores relacionados à posição, incluir projetos que demandaram as mesmas habilidades necessárias para a vaga de destino é uma opção.

E-mail ainda é o principal canal de envio de currículos

De fato, apesar da popularização das plataformas de recrutamento baseadas em inteligência artificial, elas ainda não ultrapassaram o e-mail como principal canal de contato entre candidatos e recrutadores.

Segundo a pesquisa, 63,3% dos respondentes ainda utilizam o e-mail para enviar suas apresentações às empresas. Só na terceira posição, atrás também do site das companhias, vêm as plataformas de recrutamento, utilizadas por 49,5% dos candidatos.

Outras opções comuns são o próprio LinkedIn, que possui um recurso para o envio direto de currículos pela rede social, e a entrega presencial.

Aliás, seja qual for o canal de comunicação, é fundamental que a impressão deixada tanto no currículo quanto na abordagem seja o mais profissional possível. Afinal, entre receber o e-mail de aprovação e o de recusa existem várias linhas tênues: uma grafia errada no currículo, ausência de informações pessoais, uma experiência que não foi descrita da melhor forma…

Desse modo, por esse motivo, dedicar algumas horas para redigir uma apresentação memorável tem um potencial de retorno muito alto — o que vale a pena quando a tão sonhada vaga é conquistada.

Saiba mais:

Como definir minha pretensão salarial?

Veja como definir a pretensão salarial!

Sem dúvidas, é muito importante que você analise o que o mercado está pagando para profissionais da sua área de atuação para ter uma noção de como seu último salário se enquadra. Acima, abaixo ou na média do mercado.

Esse, é um ótimo balizador para que possa ter uma ideia clara de qual valor colocar em sua pretensão salarial. Mas lembre-se: ao comparar seu salário com o do mercado verifique se sua experiência profissional em termos de tempo de atuação e se sua formação estão compatíveis com o nível salarial que você está utilizando como referência.

Por fim, o último, mas não menos importante: ao participar de um processo seletivo, lembre que seu salário compõe uma remuneração que inclui o pacote de benefícios. Verifique a proposta como um todo analisando o que a empresa oferece.

Acesse aqui gratuitamente o seu questionário de Pesquisa de Clima Organizacional.

Em termos de benefícios, perspectiva de crescimento, clima organizacional, credibilidade da organização no mercado. Nem sempre salário alto significa satisfação no trabalho. Assim como somente o salário analisado isoladamente pode não significar que a empresa não mereça que você aposte nela.

Já sabe como responder a sua pretensão salarial?

Agora que você já conheceu algumas dicas e estratégias para definir e responder a pretensão salarial. Para continuar descobrindo o seu valor para o mercado de trabalho, confira mais informações sobre cursos, capacitações nos eventos do RH Portal.

Aliás, aproveite para entender também por que você envia currículos e não consegue entrevistas? — essencial para chamar a atenção dos recrutadores.

Continue estudando. Em nosso curso Plano de Cargos e Salários: estratégias fundamentais você aprenderá a estruturar planos adequados para sua organização. Inscreva-se agora!

Conclusão

Por fim, é importante concluir dizendo que para expressar sua pretensão salarial, é crucial ser transparente e equilibrado, considerando pesquisa de mercado e experiência pessoal. Ao comunicar de forma clara e justificada, cria-se uma base sólida para negociações salariais bem-sucedidas e demonstra-se profissionalismo na busca por uma remuneração justa.

Para fazer isso, considere alguns pontos como:

  • Pesquisa de mercado: realize uma pesquisa de mercado para entender os salários médios para a função desejada na sua localidade e setor. Isso proporciona uma base sólida para fundamentar sua pretensão salarial;
  • Considere benefícios adicionais: além do salário base, leve em conta benefícios como plano de saúde, vale-refeição, bônus e outros incentivos. Avalie o pacote total de remuneração ao expressar sua pretensão;
  • Avalie sua experiência e habilidades: considere sua experiência, habilidades e qualificações ao determinar sua pretensão salarial. Destaque conquistas relevantes que adicionam valor à posição desejada;
  • Seja realista: estabeleça uma pretensão salarial realista e alinhada com sua experiência e o mercado. Evite pedir um valor muito alto ou muito baixo, visando uma negociação equitativa;
  • Comunique-se com confiança e esteja pronto para negociar: ao expressar sua pretensão salarial, faça isso com confiança, clareza e de maneira profissional. Demonstre seu entendimento do valor que você traz para a empresa. Da mesma forma, esteja aberto à negociação. Caso a empresa ofereça um valor abaixo da sua pretensão, esteja preparado para explicar seus motivos e, se necessário, ceder em alguns pontos para chegar a um acordo mútuo.

Gostou de saber mais sobre como expor sua pretensão salarial? Então, continue acessando o nosso blog para ler outros conteúdos como esse!

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Mônica Cavalcanti é Executive & Business Coach pela Sociedade Brasileira de Coachin, com Pós Graduação em Gestão Estratégica de RH, Consultora DISC e Analista Alpha. Apoia profissionais em transição e planejamento de carreira e desenvolvimento de competências e empresas no Desenvolvimento de Líderes e equipes.
Assine a nossa Newsletter