logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Notícias > Como turbinar a recolocação profissional

Sumário

Como turbinar a recolocação profissional

*Deise Leia Farias Hofmeister, coordenadora do curso de Gestão em Recursos Humanos do Centro Tecnológico Positivo.

O mercado de trabalho sofreu transformações ao longo dos anos. A principal delas é que vamos viver mais e, consequentemente, vamos trabalhar mais.

Como todos sabemos, atualmente, muitas corporações estão demitindo e, se você não está desempregado, comece a cogitar a situação.

Lidar com a demissão nem sempre é fácil. Ser demitido não significa não ter contribuído com a empresa ou ainda que não possui competência para trabalhar.

É hora de arregaçar as mangas e começar a definir seus objetivos na busca de uma nova oportunidade de trabalho.

YouTube video

Como se recolocar profissionalmente?

As empresas, cada vez mais, buscam profissionais que atuem de forma próxima aos seus valores e objetivos. Sendo assim, você precisa se reinventar.

A recolocação rápida acontecerá na medida em que você estiver apto a oferecer o que o mercado deseja. Não basta apenas ter um currículo excelente – é preciso compreender a conexão do mercado.

É preciso, muitas vezes, mais qualificação e, mais que isso, manter o relacionamento com pessoas que fazem parte das suas relações profissionais, o famoso e eficiente networking.

Mas como ganhar visibilidade perante tamanha concorrência? Será que você é a pessoa certa, para a vaga certa? Temos hoje vários questionamentos quanto à recolocação no mercado de trabalho.

O seu posicionamento para uma recolocação mais rápida deve estar pautado em planejamento e manter a mente aberta quanto às novas formas de busca por emprego.

A rede de contatos LinkedIn, por exemplo, cujo foco é manter as relações corporativas e os contatos de trabalho, é considerada pelas empresas uma fonte forte das suas buscas por profissionais certos para vagas certas.

Como funciona a recolocação profissional?

Duas pessoas celebrando a recolocação profissional.

Defina bem seu perfil profissional, tanto ao preencher o cadastro de vaga, quanto numa rede social: isso possibilitará uma maior visibilidade, visto que os recrutadores de várias corporações buscam por profissionais em constante conexão e preocupados com seu perfil profissional.

Se você, infelizmente, está desempregado, não continue fazendo o que sempre fez. Perceba as oportunidades, defina suas tarefas, reorganize seu tempo e aprimore sua técnica enquanto profissional.

Isso significa ter autonomia na busca por um novo emprego. Neste processo de recolocação, a sua atitude é rever a sua conformidade quanto ao seu empenho.

Procure um propósito, deseje atuar em algo que permita mostrar a sua excelência como oxigênio da sua alma.

Lembre-se do ditado “quem gosta do que faz não vai trabalhar nunca” e busque algo que realmente goste de fazer.

Muitas vezes, a sua estratégia de recolocação profissional consiste em mudar de área, quem sabe?

Cada pessoa deve traçar sua própria estratégia de recolocação profissional. Com o intuito de passar a fazer algo que trará mais felicidade por ser um trabalho com o qual tem afinidade.

Então, em algum ponto das nossas vidas, a questão é ter persistência e dedicação. O seu trabalho, no momento da recolocação, é buscar pelo emprego.

Aproveite seu tempo livre para investir na formação de Competências Profissionais de Sucesso.

É possível acelerar a própria recolocação profissional?

Sim! É possível acelerar a sua recolocação profissional, desde que siga alguns passos essenciais para tal, como é o caso de:

1.     Planejamento

Não há uma única forma de fazer a sua recolocação profissional. Diante disso, é importante ter o cuidado de planejar o seu processo individualmente.

Isso pode ser feito sozinho ou contratando um especialista. De modo que, você possa enxergar o que precisa ser feito para que possa ocupar novamente uma posição no mercado de trabalho.

Cabe a cada profissional analisar quais são seus objetivos de curto e longo prazo, quais oportunidades deseja aproveitar e diante disso, se planejar.

É útil usar seu tempo livre para fazer cursos, se aprimorar e buscar desenvolver as habilidades necessárias para ser um profissional com o perfil desejado pelas empresas que possuem vagas.

Dessa forma, você terá mais chances de ser a pessoa selecionada em sua próxima oportunidade de participar de uma entrevista. Perceba que, o profissional que está bem preparado e que consegue comunicar isto com assertividade tem mais chances.

2. Networking

Os relacionamentos profissionais são muito importantes para carreiras em todas as áreas. Afinal, quando você trabalha constrói uma rede de pessoas que conhecem sua atuação.

O que faz com que seja possível ser contratado por outras empresas à medida em que ativa sua rede de contatos.

Tendo em vista que, são pessoas que já conhecem o seu trabalho, te conhecem e sabem que você pode agregar na empresa.

Portanto, ao anunciar que está desempregado, mesmo que seja algo que te causa vergonha você poderá ter ótimos resultados.

Não há problema algum em ficar desempregado e procurar sua rede de contatos para buscar uma oportunidade. Uma vez que, seus colegas podem fazer indicações, que vão te ajudar significativamente a aumentar suas chances de participar de processos seletivos.

Além disso, quando você tem a indicação de um colega no processo seletivo, é natural que os recrutadores tenham interesse em te contratar.

Por isso mesmo, ao demonstrar uma boa performance na seleção, é natural que consiga conquistar a vaga que deseja. O que contribui para que você possa ser recolocado com maior facilidade.

Quem tem dificuldade de fazer networking presencialmente, pode usar o LinkedIn para interagir com conteúdos que sejam relevantes para sua área profissional.

Dessa forma, é possível se conectar com as pessoas corretas e ter uma ótima chance de se recolocar no mercado.

3. Uso estratégico das redes sociais

As redes sociais são muito interessantes do ponto de vista do potencial de se conectar com as pessoas que poderão aumentar suas chances de recolocação profissional.

Perceba que, o uso das redes sociais deve ser estratégico. Ninguém dá uma oportunidade para quem está desesperadamente procurando por recolocação.

Todavia, um profissional que se posiciona, destaca suas áreas de atuação e interage com conteúdo de sua área de atuação, naturalmente chamará mais atenção.

Mantenha-se ativo nas redes sociais, atualize suas formações, tenha o cuidado de deixar claro quais são os trabalhos que executou ao longo dos anos e procure se conectar com pessoas que podem abrir portas para você.

Dessa forma, aproveite todo o potencial de suas redes sociais para que consiga atrair a atenção positiva que você deseja.

Afinal, todos os profissionais que buscam um novo emprego precisam demonstrar um bom posicionamento online.

Mesmo quando a pessoa não é encontrada pelo recrutador online, é normal que as empresas analisem o posicionamento do candidato antes de contratar.

Por isso, quem busca um bom resultado no mercado precisa ter o cuidado de sempre se posicionar de modo assertivo, para que possa se sobressair. Uma vez que, terá um bom resultado quando o recrutador analisar o seu perfil.

4. Atualização de seu currículo

A atualização de seu currículo é algo fundamental para chamar a atenção de potenciais recrutadores.

Um currículo bem organizado, com as informações que são necessárias é importante para que possa ser selecionado para entrevistas.

Afinal, são dezenas de currículos disponibilizados para a mesma vaga. E somente serão chamados aqueles candidatos que demonstram as melhores habilidades.

A disponibilidade de todas as informações relevantes, organização do currículo, detalhes sobre sua formação e experiência são fundamentais. Vale a pena contratar um especialista para montar seu currículo, atualizando as informações.

Justamente com o intuito de que você possa ter todo o suporte do qual necessita, para que consiga se destacar positivamente nas vagas para as quais disponibiliza seu currículo.

O que seria um curso de recolocação profissional?

Alguns profissionais buscam por cursos de recolocação quando saem de um emprego onde estiveram nos últimos anos.

Não há um único tipo de curso que possa ser definido como o ideal para a recolocação. Entende-se como curso de recolocação profissional aquele que é feito com o intuito de se aprimorar para ocupar um novo espaço no mercado de trabalho.

Portanto, cada profissional deve traçar sua própria estratégia com o objetivo de identificar qual será a melhor formação em seu caso.

Como escolher um bom curso de recolocação profissional?

Antes de mais nada, defina o que você busca para a sua carreira nos próximos anos! Tendo em vista que, é essa a decisão que fará toda a diferença para que você possa se posicionar estrategicamente.

Sabendo exatamente o que está buscando você poderá encontrar um curso compatível, que vai te ajudar a desenvolver as habilidades que precisa. Dessa forma, poderá se tornar um profissional mais completo e consequentemente mais desejado pelo mercado.

Além disso, poderá aproveitar a nova formação para fazer networking. O que contribuirá para que tenha mais facilidade de encontrar um emprego na área em que deseja estudar.

Se você não quer mudar de área, não há problema. Uma pós-graduação, por exemplo, é ótima para se atualizar e conhecer pessoas.

De modo que, possa aproveitar a oportunidade de se desenvolver, fazer novos colegas e ocupar um novo cargo em uma empresa que busca profissionais mais qualificados.

Melhorar a sua qualificação nunca é uma decisão ruim. Uma vez que, poderá aproveitar o conhecimento para se posicionar em cargo melhor remunerado.

Gostou do nosso conteúdo? Aproveite para compartilhar com seus amigos que estão buscando recolocação profissional.

Assine a nossa Newsletter