logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Gestão de Pessoas > Como contratar estagiário: passo a passo completo para contratação

Sumário

Como contratar estagiário: passo a passo completo para contratação

Veja como contratar estagiário para dar essa oportunidade a um estudante em seu negócio!

Descubra o processo completo de como contratar estagiários com nosso artigo. Este passo a passo oferece insights valiosos para facilitar a contratação, desde a definição das necessidades da empresa até a bem-sucedida seleção e integração dos candidatos.

Em um mercado dinâmico e competitivo, a escolha adequada de estagiários desempenha um papel crucial no sucesso de uma empresa. Abordaremos minuciosamente cada etapa do processo de contratação.

Desde a elaboração de requisitos até a condução de entrevistas e avaliação de habilidades, nosso objetivo é oferecer uma visão abrangente e prática sobre como contratar estagiários de forma eficaz.

Esteja preparado para aprimorar sua equipe com talentos promissores, enquanto garantimos que o processo seja tão suave quanto possível. Confira!

O processo de contratar estagiários

Antes de qualquer coisa, o gestor precisa determinar como deve ser esse novo integrante, quais características ele deseja, as atividades a serem exercidas, o plano de desenvolvimento, o modelo de atuação, quanto está disposto a pagar de remuneração mensal, entre outros fatores. Essa parte preliminar é fundamental e afeta diretamente na sequência do caminho.

Quem contrata estagiário?

Entretanto, quem pode efetuar esse tipo de contratação? De acordo com a legislação, pessoas jurídicas de direito privado e os órgãos da administração pública direta, autárquica e fundacional de qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, bem como profissionais liberais devidamente registrados em seus respectivos conselhos de fiscalização, podem oferecer essas admissões. Portanto, médicos, dentistas, engenheiros, arquitetos e advogados, por exemplo, têm essa possibilidade de contratar estagiários.

Também é importante saber: o estágio é um ato educativo escolar supervisionado. Ou seja, o objetivo é inserir um estudante no mercado de trabalho para vivenciar diariamente a rotina da sua futura profissão.

curso para reter colaboradores

Por isso, segundo a lei 11.788/2008, para participar da modalidade é preciso estar regularmente matriculado e frequentando instituições de nível superior, técnico, médio e dos anos finais do ensino fundamental, na modalidade profissional da educação de jovens e adultos – EJA. Entretanto, não há idade máxima para isso, basta ter mais de 16 anos.

Direitos do estagiário

Esse indivíduo terá vários direitos garantidos, como a bolsa-auxílio. Ela não tem um valor determinado, mas aconselho sempre os gestores a oferecerem uma quantia compatível com os requisitos exigidos, as atividades a serem executadas e o custo de vida no local. Afinal, esse dinheiro é utilizado, muitas vezes, para arcar com os estudos, ajudar a família ou até mesmo sustentar um lar.

Quando houver necessidade de deslocamento até o escritório, é obrigatória a disponibilização do auxílio-transporte. Outra particularidade é a carga horária limitada em seis horas diárias e 30h semanais, com o impedimento da realização de horas extras.

Isso acontece para o aluno conciliar a atuação corporativa com a sala de aula. Na época de provas, o expediente pode ser reduzido pela metade. Entretanto, o calendário de avaliações deve ser enviado para a concedente no início do período letivo e essas horas podem ser descontadas no fim do mês.

A cada ano completo em uma mesma organização ou proporcional, há também o recesso remunerado de 30 dias, podendo ser aproveitado ou pago. O ideal é unir esse momento com as férias escolares para obter um descanso completo, viajar, ficar com a família ou até mesmo colocar em prática algum projeto pessoal.

Contudo, esse elo não configura um vínculo empregatício. Sendo assim, diferentemente da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, a companhia fica isenta de custos com impostos e direitos trabalhistas, tais como Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS, Instituto Nacional do Seguro Social – INSS, 1/3 sobre férias, multa rescisória de 40% e 13º salário.

Já sabe os detalhes do estágio? Agora vamos para a contratação!

passo a passo para contratar estagiário

Agora, é a hora de abrir a vaga e captar possíveis candidatos para ingressar na sua empresa. Para essa tarefa, é interessante contar com um agente de integração. Ou seja, quem ajudará na divulgação da oportunidade, disponibilizará seu banco de dados, realizará o processo seletivo com testes e entrevistas e, ainda, cuidará da parte administrativa do contrato.

Dessa forma, você estará tranquilo e amparado nesse aspecto. No site da Associação Brasileira de Estágios – Abres existe uma página com nossos associados pelo Brasil. Todos são empresas de extrema confiança e competência.

Aliás, após a chegada da pandemia e as consequentes restrições sanitárias impostas pelos governos para impedir a disseminação do vírus, o home office expandiu e se consolidou como um modelo comum de atuação. Essa opção também é válida para o estágio e, por isso, deve ser aproveitada pelos executivos.

Logo, abre-se um leque maior de aspirantes de qualquer localidade e aumenta a chance de encontrar alguém com o perfil ideal, independentemente do estado onde esse futuro estagiário morar.

Como oficializar o acordo?

como contratar estagiários para sua empresa

Após todo esse processo e a escolha de quem será o novo membro da sua companhia, é hora de oficializar o acordo. Ele acontece por meio do Termo de Compromisso de Estágio – TCE e deve ser assinado pelas partes envolvidas (estagiário, contratante, instituição de ensino e agente de integração, se houver). Nesse documento, estão todas as especificidades da relação.

Nele, consta também o Seguro de Acidentes Pessoais a favor do cooperador. Ele abrange acidentes pessoais ocorridos durante o período de vigência do compromisso, 24 horas por dia, em todo território nacional. Os capitais segurados cobrem morte ou invalidez permanente, total ou parcial. Os valores de indenizações aparecem no Certificado Individual de Seguro de Acidentes Pessoais e são compatíveis com o mercado.

Feito tudo isso, o discente está pronto para iniciar sua trajetória. Agora, o papel da concedente é proporcionar a ele a melhor vivência possível e prepará-lo para a sequência da carreira.

É necessário disponibilizar um orientador com expertise na área de atuação para supervisionar esse novato e instruí-lo diariamente, dando dicas e corrigindo erros. Assim, estará se formando um futuro profissional capacitado, com potencial para se destacar, ser lapidado conforme a cultura do local e, possivelmente, ocupar um grande cargo mais para frente.

Saiba mais:

Quais os documentos necessários para a contratação de um estagiário?

A documentação necessária para a contratação de um estagiário pode variar dependendo das leis trabalhistas e regulamentações específicas do país ou região. No entanto, geralmente, os documentos necessários incluem:

  • Termo de Compromisso de Estágio (TCE): documento que formaliza a relação entre o estagiário, a instituição de ensino e a empresa. Deve conter informações sobre as atividades a serem desenvolvidas, carga horária, duração do estágio, entre outros;
  • Carteira de Identidade (RG) e CPF do estagiário: são os documentos pessoais do estagiário para identificação;
  • Comprovante de matrícula: documento emitido pela instituição de ensino que comprove que o estagiário está devidamente matriculado;
  • Declaração de regularidade escolar: um documento adicional que atesta a regularidade acadêmica do estagiário;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social (CTPS): pode ser necessária para registrar as informações referentes ao estágio;
  • Termo aditivo: em casos de prorrogação ou alterações no contrato original, pode ser necessário um termo aditivo ao Termo de Compromisso de Estágio;
  • Registro no sistema de controle de estágio: algumas empresas ou instituições educacionais podem ter um sistema interno para controlar informações relacionadas a estágios;
  • Dados bancários para pagamento de bolsa auxílio: informações bancárias do estagiário, caso a empresa forneça uma bolsa auxílio;
  • Exame médico admissional (opcional): algumas empresas solicitam um exame médico para garantir que o estagiário esteja apto para realizar as atividades previstas.

É importante ressaltar que as empresas devem estar cientes das leis trabalhistas específicas relacionadas a estágios em sua jurisdição, uma vez que essas podem variar.

Além disso, a instituição de ensino também pode ter requisitos adicionais para a formalização do estágio. Portanto, é recomendável consultar a legislação local e a política da instituição de ensino para garantir o cumprimento de todos os requisitos necessários.

Aprimore seus conhecimentos. Faça o curso gratuito Plano de Carreira: construindo o seu e veja como traçar o melhor caminho para o desenvolvimento profissional e pessoal!

Qual o custo para se contratar um estagiário?

Como já falamos, não há um valor determinado. Contudo, o salário de um estagiário varia de acordo com alguns parâmetros como a própria empresa, a área de atuação e a localização. Varia também de acordo com o nível de escolaridade do estudante, isso é, se é ensino médio, nível técnico ou superior.

O salário estagiário, também chamado de bolsa de estágio ou bolsa-auxílio, varia entre R$600 e R$2020 em relação às variáveis já citadas. Como os estagiário não possui vínculo empregatício, ele não tem direito a 13º salário.

Conclusão

contratação de estagiários

Sem dúvida, contratar um estagiário pode trazer diversos benefícios para uma empresa, contribuindo para o desenvolvimento do estagiário e fortalecendo a equipe de trabalho.

Afinal, estagiários frequentemente trazem novas perspectivas, ideias e conhecimentos recentes, injetando um senso de inovação na equipe.

Do mesmo modo, contratar estagiários oferece à empresa a oportunidade de desenvolver e moldar talentos desde o início de suas carreiras, preparando-os para futuras posições na organização.

Sabemos que estagiários muitas vezes são estudantes ou recém-formados que possuem conhecimentos atualizados e habilidades específicas que podem ser aplicadas às necessidades da empresa.

Além disso, eles frequentemente demandam uma remuneração menor do que funcionários mais experientes, proporcionando uma solução de mão de obra acessível para a empresa.

Vale lembrar também que contratar estagiários pode ser uma maneira eficaz de promover a diversidade e a inclusão, trazendo pessoas de diferentes origens e perspectivas para a equipe.

Aliás, estagiários, geralmente cheios de entusiasmo e energia, podem motivar a equipe existente e trazer um ambiente de trabalho mais dinâmico.

Por fim, contratar estagiários oferece à empresa a chance de avaliar o desempenho e a adaptação dos candidatos à cultura da organização, facilitando decisões futuras sobre contratações integrais.

Ou seja, a contratação de estagiários é uma estratégia vantajosa para empresas que buscam uma abordagem equilibrada para o crescimento, aproveitando talentos emergentes enquanto contribuem para o desenvolvimento profissional dos futuros profissionais.

Portanto, abra as portas para essa moçada cheia de vontade de aprender, se desenvolver e aflorar seu talento. Além de ajudar a educação e a economia do país, você estará fortalecendo a sua equipe com mais inovação, energia e atualização. Estamos juntos nessa caminhada.

Se você gostou da importância de contratar estagiários, então confira também 6 dicas para aproveitar o dia do estagiário e reconhecer esses profissionais que ainda estão se desenvolvendo. Aproveite a leitura!

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Camila Rocha, é uma profissional experiente em publicidade. Com formação pela Fumec, ela coordena atualmente a BU de Educação na Sólides Tecnologia, onde trabalha há 6 anos. Sua expertise em liderança e estratégias de educação corporativa tem sido fundamental para impulsionar o crescimento e o desenvolvimento dos colaboradores.
Assine a nossa Newsletter