Artigos

Descubra o vírus na empresa

Descubra o vírus na empresa

Não tem nada a ver com saúde, ou área de informática. Simplesmente um dia ouvi alguém falar em vírus, se referindo à pessoa que mina a estabilidade de uma empresa, com habilidades sutis, e acabam levando esta à falência ou concordata. Isso pra mim soou muito grave, mas entendi.
É difícil acreditar que um funcionário antigo ou novo possa corroer ou minar uma organização, ao ponto da sua decadência, são em geral pessoas “dedicadas”, mas cheia de intenções para que o processo não avance, estaguine e tudo dependa sempre delas. Acabam desanimando cada novato e coloca obstáculos diante de inovações, por medo de perder o campo de atuação ou frustração do seu propósito no declínio da empresa; com isso, sempre afastam bons profissionais, e ai começam aparecer os problemas econômicos, resultante da má qualidade de todos os serviços.
Certeza de estabilidade não existe no mercado, o que existe é uma corrida pela sobrevivência todos os dias, que digam os dados estatísticos de abertura e fechamento de empresas, nos surpreendem algumas quando falem, será que teve a participação do vírus? Claro que nem tudo se deve a isso, mas quando cresce e se estabelece, como dizem, é preciso se manter e prestar mais atenção para os recursos humanos; com quem estamos lidando e como está fluindo o relacionamento entre os colegas de trabalho.
Quando as coisas não andarem muito bem, é bom um pouco de investimento num bom consultor, que além de dar diretrizes para soluções, rapidinho ele detecta algum vírus, devido a sua experiência e olhar clínico, durante as ações de consultoria o “vírus” poderá impor dificuldades e tenta convencer a direção que algo não dará certo, argumenta, dá pra ver que tem um certo poder, e logo após a implantação de sistemas ou investimento em maquinários ou equipamentos, depois de algum tempo, ele busca aliados para impedir o prosseguimento a todo investimento feito pela empresa, dando a entender que tinha razão, não levando em consideração os gastos, mas infelizmente, as contas geram despesas que trazem novos problemas, além da rotatividade de funcionários, uma característica particular, onde o “vírus” atua.
Nesse caso, é preciso fazer uma “limpeza” e mandar passar no setor pessoal, antes que todo projeto de uma vida e seu patrimônio deixe de existir.

Por: Conceição Reale

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of