Artigos

DESEMPENHO, HABILIDADE E COMPETÊNCIA SOCIAL.

DESEMPENHO, HABILIDADE E COMPETÊNCIA SOCIAL.
Sabemos que as pessoas não são iguais em suas vontades, necessidades e reações. Não são iguais no seu modo de agir e também no que se refere á quantidade de ações que executam. Apenas excepcionalmente e em condições artificiais encontra se o homem isolado. Na realidade o homem está sempre inserido, depende das relações sociais de que faz parte.
Viver com os outros não possui apenas aspectos positivos; ás vezes podem surgir dificuldades diversas. Isso pode acontecer quando as diferentes necessidades não alcançam a adequada realização ou quando os objetos de satisfação passam a não serem compartilhados e sim disputados.
Quando os indivíduos se sentem adaptados e felizes no meio em que vivem, tendem a estabelecer relações pessoais e profissionais mais satisfatórios, duradouras, portanto mais produtivas.
Para identificarmos o comportamento satisfatório, ou não, temos que saber o significado de três palavras:
• DESEMPENHO SOCIAL – Emissão de um comportamento ou uma sequência de comportamentos em uma situação social qualquer.
• HABILIDADE SOCIAL – Existência de deferentes classes de comportamentos sociais no repertorio do individuo para responder ás demandas das relações que estabelece socialmente.
• COMPETÊNCIA SOCIAL – Avaliação que se remete aos efeitos do desempenho social nas situações vividas pelos indivíduos.
OBS: As habilidades sociais são aprendidas e a competência social qualifica, portanto a profiência de um desempenho.
O individuo, ao longo da sua vida, na qualidade e natureza das suas relações, adquire uma gama de habilidades que lhe permitirão adaptar- se ou não ás situações, resolver problemas e responder a estímulos externos em equilíbrio com seus estímulos internos.
Quando as pessoas não conseguem se adequar ás demandas, podem ser consideradas como inadaptadas e suas necessidades não satisfeitas. A falta de adaptação e a não satisfação das necessidades produzem efeitos negativos e podem provocar rupturas nas relações entre indivíduos, quebrando a circularidade positiva necessária e harmonia.

Liliane de Sousa R da Silva
Bacharel em Administração de Empresas
CRADF/ 028739
11/09/2016

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of