logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Carreira e Negócios > Desenvolvimento pessoal x Desenvolvimento profissional: Entenda a importância para sua posição no mercado

Sumário

Desenvolvimento pessoal x Desenvolvimento profissional: Entenda a importância para sua posição no mercado

Um bom desenvolvimento pessoal e profissional é chave para o sucesso. O consenso entre as duas partes lhe trará paz para toda vida. E lhe mostraremos como alcançar tal neste mesmo artigo

O desenvolvimento pessoal e profissional muitas vezes acaba sendo desequilibrado no processo de construção de uma carreira bem-sucedida.

No entanto, para que seja possível o alcance de patamares cada vez mais altos e a conquista de cargos de maior relevância em âmbito profissional.

O investimento no desenvolvimento pessoal também se faz essencial durante toda a sua jornada.

Afinal, essa conciliação entre o autoconhecimento e o aperfeiçoamento técnico da sua área de atuação é capaz de te tornar um profissional mais focado e apto para tomada de decisões mais certeiras.

O desenvolvimento dessas qualidades é crucial, especialmente para aquelas pessoas que almejam alcançar posições de confiança – como a gestão de recursos humanos.

Qual a diferença entre desenvolvimento pessoal e profissional?

Ainda que passemos a maior parte da nossa vida nos preparando para ingressar no mercado de trabalho e garantir uma carreira profissional bem sucedida.

No entanto, ainda que se pareçam interesses opostos, o desenvolvimento pessoal e profissional estão intimamente interligados e devem sempre andar de mãos dadas.

planejamento de carreira

Isso porque, os benefícios adquiridos através da expansão desses conhecimentos podem ser refletidos em todos os aspectos da nossa vida e entre si.

1. O que é desenvolvimento profissional

O desenvolvimento profissional está relacionado com a habilidade de adquirir novas capacitações e autonomia, em atividades relacionadas com o trabalho e com a carreira.

Um profissional que se dedica a este tipo de crescimento é, normalmente, mais apto a:

  • Arcar com responsabilidades maiores;
  • Se tornar mais produtivo;
  • Oferecer resultados mais satisfatórios;
  • Ser mais feliz dentro da carreira de escolha;
  • Alcançar metas com mais facilidade.

Além disso, a capacitação técnica – por meio da realização de um curso de gestão comercial e marketing ead, por exemplo – permite que os trabalhadores consigam cargos maiores e estáveis, mantendo-se sempre atualizados em seus campos de atuação.

2. O que é desenvolvimento pessoal

Por outro lado, o desenvolvimento pessoal diz respeito a um processo que deve durar a vida toda e que inclui o amadurecimento de diversas áreas do autoconhecimento.

De acordo com Abraham Maslow, todos os indivíduos sentem naturalmente uma necessidade de realizar aperfeiçoamentos individuais.

O que, segundo o autor, se traduz na necessidade de nos fazer mais competentes e autônomos, capazes de alcançar o máximo dos nossos potenciais.

E isso envolve conhecimentos acerca das próprias emoções, a realização de uma auto atualização (self actualization).

A criação de autoconhecimento e um aprimoramento contínuo das competências técnicas (hard Skills) e comportamentais (Soft Skills).

Benefícios de adquirir essa evolução das aptidões

Um indivíduo desenhando a si mesmo contra um fundo cinza, representando os benefícios do desenvolvimento pessoal.

Investindo na construção de ambas as competências, as pessoas passam a reconhecer suas maiores virtudes e potencial, e também as suas limitações, o que serve para trabalhá-las e superá-las.

A partir da familiarização com a autoanálise e com uma reflexão mais abrangente sobre a nossa própria individualidade e objetivos de vida, podemos aplicar esse conhecimento no dia a dia.

Assim se torna perfeitamente possível a viabilização do cultivo de competências que proporcionam maior satisfação na vida pessoal e que, ao mesmo tempo, supra as necessidades do mercado de trabalho.

Além de beneficiar de forma particular, a união desses desenvolvimentos também auxilia na construção de profissionais diferenciados e competentes, que possuem maior desenvoltura para ocupar cargos de chefia. 

Aprofunde-se: conheça o curso gratuito da Escola de pessoas

PDI: Plano de Desenvolvimento Individual na Prática.

Como conquistar efetivamente ambos os desenvolvimentos

Conforme as pessoas vão tendo cada vez mais acesso aos conhecimentos técnicos e à educação formal, o mercado de trabalho vai exigindo habilidades mais elaboradas.

Habilidades estas que permitam facilidade na superação dos desafios impostos pelo ambiente institucional.

Desta forma, ainda que as competências requeridas possam variar de acordo com a área de atuação ou com a empresa contratante, algumas aptidões são tidas como exigências básicas para todos, como:

  • Boa comunicação;
  • Liderança;
  • Resiliência;
  • Ética;
  • Inteligência Emocional;
  • Facilidade com o trabalho em equipe;
  • Inovação.

Para conquistar efetivamente esses atributos, um trabalho extenso de desenvolvimento pessoal e profissional é necessário.

Por isso, se você deseja realizar essa aquisição com sucesso, atente-se com as seguintes dicas:

1. Invista na especialização dos conhecimentos

Seja realizando uma faculdade de vendas e marketing – assim como qualquer outro curso especializante –, ou através da leitura de livros sobre habilidades comportamentais.

O investimento na aquisição de novos conhecimentos é a melhor forma de se aperfeiçoar.

Isso porque, como mencionado anteriormente, esse aprimoramento recorrente é capaz de te manter sempre a par das atualizações sofridas no seu mercado de atuação.

Com isso, é possível adquirir conhecimentos que auxiliam nas tarefas do dia a dia e que proporcionem um suporte maior na tomada de decisões, e no desenvolvimento geral da sua carreira.

2. Faça um planejamento de carreira

Para muitas pessoas, é através do sucesso profissional que elas sentem que seus talentos e aptidões são realmente valorizados.

Contudo, criar uma carreira profissional de sucesso exige muito esforço, trabalho e planejamento por parte de cada indivíduo.

Por isso, investir na construção de um plano de carreira pessoal geralmente é uma ação que permite com que o alcance de metas profissionais seja mais facilitado.

Pois, através do investimento contínuo, essa organização auxilia na definição dos objetivos e metas a serem alcançados, bem como, as ações necessárias para fazê-lo.

Através desse projeto, os trabalhadores são capazes de avaliar e traçar quais serão os passos que darão acesso às melhores oportunidades de trabalho.

3. Construa um networking amplo

Pessoas sentadas no chão em um ambiente descontraído, participando de uma sessão de network para o desenvolvimento pessoal, compartilhando ideias e colaborando.Pessoas sentadas no chão em um ambiente descontraído, participando de uma sessão de network para o desenvolvimento pessoal, compartilhando ideias e colaborando.

A construção de um networking amplo e qualificado é de extrema importância, tanto para o desenvolvimento pessoal quanto para o profissional.

Considera-se que é através da construção desses relacionamentos mais sólidos que você será capaz de ter experiências novas e trocas mais ricas, que te permitirão crescer em todos os sentidos.

Assim, o networking diz respeito a uma rede de contatos que é muito imprescindível no processo de construção de uma vida profissional mais proveitosa e cheia de oportunidades.

Uma forma de criar essa rede de amizades é participando de mais eventos profissionais – seja por meio de um curso superior como a faculdade de vendas ou em workshops e congressos –.

Outra dica para manter um networking sempre atualizado e amplo, é continuar sendo cada vez mais participativo no trabalho e na vida.

4. Aprenda a gerir o próprio tempo

Na era tecnológica, o tempo tem se tornado o nosso bem mais valioso. E isso não diz respeito somente a vida profissional, mas a pessoal também.

Afinal, ainda que o desenvolvimento da carreira seja uma prioridade, o aperfeiçoamento das habilidades pessoais também deve ser levado em consideração e isso exige tempo!

Aprender a gerir o seu dia e as suas tarefas adequadamente envolve muito planejamento, autoconhecimento, reflexão e uma ótima capacidade de identificar atividades que precisam ser feitas.

Ou seja, gestão de tempo tem tudo a ver com organização e com o alcance de bons resultados em pouco tempo, sem renunciar à qualidade de vida e do descanso necessário.

Se você deseja conciliar a vida profissional com o aprimoramento técnico, por exemplo, uma forma de gerir seu tempo com inteligência é optando por cursos à distância, como o ead gestão financeira.

Assim você consegue economizar tempo em transporte público e ainda pode estudar em qualquer lugar.

5. Familiarize-se com as suas próprias emoções

Quando falamos de emoções e sentimentos, é comum que as pessoas relacionem esse tipo de assunto como sendo um tópico bastante pessoal.

No entanto, o nosso bem-estar emocional é capaz de ditar todos os aspectos da nossa vida, das nossas relações e até do nosso desempenho no ambiente de trabalho.

Por isso, cada vez mais, os profissionais especializados no curso de gestão de pessoas online e em RH têm dado preferência para a contratação de trabalhadores que tenham uma boa inteligência emocional.

Isso porque, essas pessoas são mais aptas a controlar suas emoções, sabendo ser cautelosos na tomada de decisões, sem deixar que as escolhas sejam regidas pelos sentimentos estimulados pela situação.

6. Identifique os seus pontos fortes e suas fraquezas

Uma característica bastante significativa de profissionais que se dedicam ao autoconhecimento e no aperfeiçoamento das habilidades pessoais.

É o reconhecimento de suas maiores capacidades e dos pontos que mais precisam de aperfeiçoamento.

E seja durante a realização de um curso de gestão financeira empresarial ou em ambiente corporativo, a familiarização com essas características pode ser crucial para abrir os caminhos certos para a sua trilha profissional.

Afinal, ao explorar os seus pontos fortes, você se torna capaz de ampliar o seu leque de atuação e mostrar para os líderes qualidades que te rendam cargos mais elevados.

Já, ao identificar os maiores defeitos é possível trabalhá-los a fim de minimizá-los e até superá-los por completo.

Leia também:

PDI; Plano de Desenvolvimento Individual

Homem de negócios segurando silhueta iluminada representando PDI para o desenvolvimento pessoal.

O Plano de Desenvolvimento Individual, ou simplesmente PDI, é uma ferramenta estratégica para o desenvolvimento de colaboradores nas empresas. 

O objetivo final é alavancar a carreira profissional e desenvolver competências, tornando-se um processo muito mais agradável quando está de acordo com os interesses tanto da empresa quanto do colaborador.

Por meio do PDI, é possível desenvolver talentos e até mesmo descobrir novos. Além disso, essa parceria impulsiona o potencial de cada um e implica uma cultura de alta performance. 

Mas como identificar essa evolução? Para realizar esse plano é muito importante que o responsável monitore os indicadores que determinam o sucesso da estratégia.

Como desenvolver um PDI?

Para fazer o PDI é necessário que as expectativas do colaborador estejam alinhadas às da empresa, pois é um plano que deve ser desenvolvido em conjunto. 

A avaliação de desempenho é um documento que pode auxiliar de uma maneira excelente na identificação dos potenciais desse colaborador.

O primeiro passo para desenvolver um PDI é definir o objetivo. É preciso saber qual o fim desse plano, ou seja, delimitar um objetivo específico e saber o porquê desse objetivo. 

Para que o plano seja estratégico, é necessário entender quais são as metas de curto, médio e longo prazo de acordo com as competências e vontade de se desenvolver do funcionário.

Competências

Dois profissionais discutindo ideias no quadro branco para enfatizar a competência do desenvolvimento pessoal.

Outro ponto importante é conhecer as competências do colaborador.

É crucial que cada um entenda quais são as suas competências mais fortes e quais as competências que ele precisa desenvolver ou aprimorar para atingir todos os objetivos escolhidos. 

O autoconhecimento é fundamental nesse processo.

Uma ferramenta que pode ajudar nesse sentido é o teste de perfil comportamental, que fornece mais de 50 informações sobre a personalidade da pessoa em menos de 7 minutos.

Plano de Ação

Com essas informações em mãos, é possível partir para o plano de ação. É hora de sair da zona de conforto e delimitar ações que possibilitam o desenvolvimento da pessoa.

 Determine etapas do plano de ação e faça um planejamento bem detalhado, isso contribui com o comprometimento da pessoa e com a motivação para realizar tudo e chegar ao objetivo final.

Metas e Prazos

Dois profissionais discutindo ideias no quadro branco para enfatizar a competência do desenvolvimento pessoal.

Além disso, não foque apenas em estudos, workshop e palestras, proponha desafios!

As metas e prazos são o que nos permite verificar se as ações propostas foram cumpridas no tempo determinado. Estabeleça prazos e metas reais que serão possíveis dentro da rotina de cada colaborador.

Por fim, é importante ressaltar que esse plano não deve apenas traçar metas e ações para desenvolver os pontos fracos. Não devemos esquecer que os pontos fortes são os diferenciais de um profissional. 

Vale ressaltar que ao desenvolver as características que possuímos naturalmente, o gasto de energia é muito menor, ou seja, não iremos nos sentir frustrados pela demora e esforço resultantes do desenvolvimento de competências que não são naturais.

O PDI é uma ferramenta poderosa para desenvolver pessoas e alavancar carreiras profissionais.

Ao utilizá-lo corretamente, é possível descobrir talentos e impulsionar a cultura de alta performance nas empresas. Invista no desenvolvimento dos seus colaboradores e colha os frutos dessa parceria!

Conclusão

Investir no desenvolvimento pessoal e profissional é fundamental para construir uma carreira sólida e bem-sucedida.

O equilíbrio entre o autoconhecimento e o aperfeiçoamento técnico na área de atuação permite que o profissional se destaque em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo.

Portanto, busque oportunidades de aprendizado, invista em cursos e treinamentos que contribuam para seu crescimento pessoal e profissional.

Assim, você estará preparado para enfrentar os desafios da carreira e alcançar seus objetivos com sucesso.

Lembre-se: o desenvolvimento pessoal e profissional é uma jornada contínua.

Mantenha-se sempre atualizado, busque novos conhecimentos e esteja aberto a oportunidades de crescimento. Dessa forma, você estará no caminho certo para construir uma carreira promissora.

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Especialista em Educação Corporativa e Design de Experiências de Aprendizagem!
Assine a nossa Newsletter