Artigos

Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho: como ter um ambiente produtivo e ser saudável no trabalho?

Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho

*Por Jennifer de Paula

Nesta quinta-feira, 28 de abril, celebra-se o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho. Vamos abordar o tema em um nova perspectiva: como o regime de trabalho foi modificado após a pandemia e como isso afetou os funcionários?

Nova call to action

Precisamos entender que a gestão da equipe é decisiva quando se fala da saúde dos colaboradores de uma empresa. Para isso, é importantíssima a contratação de um gestor de equipe já que ele vai analisar onde e como melhorar o trabalho de cada um e o da equipe por completo.

Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho

A data em questão tem como objetivo a prevenção de acidentes e doenças profissionais a nível mundial. Quando se fala em saúde no trabalho logo associamos à possíveis acidentes de trabalho ou aos EPIs (Equipamentos de Proteção Individuais) que são usados nas obras. Mas, a saúde no trabalho vai muito além disso. Sobretudo, quando vivemos na era do adoecimento mental.

Para exemplificar o que digo, posso citar o estudo do PhD em Neurociências e Biólogo, Prof. Dr. Fabiano de Abreu Agrela, que foi recentemente publicado na Recisatec – Revista Científica Saúde e Tecnologia, que fala sobre a correlação da alta produtividade no trabalho e a Síndrome de Burnout.

No artigo, o autor define a Síndrome de Burnout ou síndrome do esgotamento profissional, como “caracterizada pelo excesso crônico de estresse ocupacional que leva ao cansaço emocional e físico, influenciando na redução da capacidade do indivíduo” e afirma que “a alta produtividade no trabalho é algo comum nos dias de hoje, as pessoas querem produzir mais, de maneira rápida, sabendo administrar melhor o seu tempo de modo que não se cansem muito e sejam práticos”.

Se as pessoas já sofriam a alta cobrança e se estamos na era da informação rápida e excessiva, a pandemia agravou os sintomas das pessoas que sofrem de síndromes e de problemas como ansiedade e depressão.

Precisamos ficar atentos: os cuidados a serem tomados pelas empresas devem garantir uma comunicação clara e empática com seus colaboradores e os trabalhadores, por outro lado, precisam dar atenção ao cuidado com a saúde mental, tanto quanto precisam se alongar a cada 2 horas de trabalho.

É preciso que se leve a saúde mental a sério e que as pessoas cuidem da sua. As empresas também precisam ter empatia e efetividade nessa preocupação com seus colaboradores, afinal, todo mundo ganha quando o ambiente de trabalho é, de fato, saudável. Sobretudo a empresa.

Gostou de saber sobre a importância do Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho? Que tal continuar aprendendo conosco? Continue em nosso portal e confira o como abordar as questões de saúde mental no processo seletivo.

 *Jennifer de Paula é diretora de marketing e gestão da MF Press Global, uma agência de comunicação internacional. Responsável por gestão de mídias sociais, carreira, posicionamento de marca, comunicação integrada e construção de autoridade no mercado de profissionais que somam milhões de seguidores nas redes sociais

modelos de feedback

 

0 0 votes
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

News do RH Portal

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as Novidades e Tendências do Universo do RH