Artigos

E A Verdade Nos Libertará!!

E a verdade nos libertará!!
por Anderson Alves

As organizações estão se aperfeiçoando cada vez mais para suprir as exigências do mercado, e ainda são poucas as empresas que reconhecem a importância do capital humano, Muitas falham na contratação sem elaborar estratégias para contratação e os custos muitas vezes são altíssimos e os prejuízos de uma contratação mal feita são geralmente visíveis para a Organização, Mais a culpa é de quem? Como fazer a escolha certa desde o desenho do cargo até o parecer psicológico?
O candidato preparado procura se informar sobre a empresa e o cargo que se inscreveu, também observa e anota todas as dicas fornecidas por consultorias e consultores de respeito. seja em sites, revistas, livros enfim… dicas de como Ser educado, controlar a ansiedade e o jeito de se vestir adequadamente no dia seja formal ou informal, agradecer sempre e o mais importante: Como devo me comportar numa dinâmica e o que dizer ou o que não dizer na hora da entrevista?
Bom, as dinâmicas existem como uma forma de observação do comportamento do candidato, é claro que não dá para se ter uma definição correta deste nesse momento, mais é interessante observar o comportamento e o perfil do profissional como sua pró-atividade, seu relacionamento interpessoal com os demais candidatos, sua habilidade de escuta e influência. Além de testes de aptidão, redações e apresentações para conhecer melhor o candidato.
Na hora da entrevista, Todas as consultorias e os consultores que eu conheço falam praticamente a mesma coisa no que dizer na hora da entrevista. E mais que contraditório eu não concordo com nenhum deles no seguinte quesito: Falar mal de empresas anteriores.
“Durante a conversa, não fale mal de ex-chefes ou de empresas anteriores. Do tipo Meu chefe era incompetente ou A empresa nunca pagava em dia” enfim… não concordo em Mentir para o entrevistador e Por que não concordo? Eu direi por quê!
Todas as empresas falam de ética e confiança seja na sua missão, visão ou valores. Porque o candidato não pode ser honesto e ético também? Ora!!!, eu sai da empresa na qual trabalhava porque meu supervisor era rude e estúpido com os meus colegas de trabalho e para comigo, em uma situação, pedi uma oportunidade de expor algumas ideias de melhorias para empresa que nos ajudaria a obter bons resultados, e ele me disse para enfiar as minhas ideias onde eu bem entendesse porque ali quem mandava era ele. O que esperar de uma pessoa dessas? “Que Deus o abençoe” Sendo assim, na hora da entrevista eu aconselho a todos a seguirem o padrão de não falar mal do chefe ou da empresa, para não perder aquela ou esta oportunidade que tanto você esperou, pois infelizmente o que prevalece hoje é mentir, se eu fosse entrevistar um candidato e ele me falasse sobre os pontos de desenvolvimento de seu chefe e da empresa anterior eu daria a maior atenção do mundo para ele, pois eu tomaria o cuidado necessário para que tal situação não venha ocorrer com minha empresa amanhã, mentir é fácil demais e a mentira é detectada facilmente por um recrutador, então porque mentir ou omitir os fatos da vida real? Proponho que as empresas possam se atualizar referente a essa situação de mercado, pois acredito que a empresa ganha mais com um candidato honesto e transparente desde o primeiro momento, do que com um candidato mentiroso que aceita tudo o que vier para daqui a no máximo dois meses já está reclamando da empresa, do chefe, do salário, enfim. E depois sai da empresa e passa por tudo de novo, tornando assim um ciclo vicioso.

Anderson Alves

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of