Artigos

Equilíbrio E Bom Senso Na Saída


Normalmente a conquista de uma vaga de trabalho
é motivo de muito orgulho e satisfação, e nossa tendência é a de entrarmos
na nova empresa com muitos cuidados, procurando fazer amigos, tendo atenção as
pessoas, as normas e a tudo o que esperam de nós. Entretanto, como tudo na vida
pode terminar, muitas vezes ao término de uma relação profissional nos
esquecemos de tudo o que foi bom, do quanto ganhamos e o quanto nos ajudaram ao
longo da nossa relação profissional, e as vezes até mesmo como seres humanos.
Se estamos saindo com mágoas ou frustração, a tendência é fazermos tudo o
que não devíamos fazer e sermos mais agressivos, aparentando arrogância,
auto-suficiência, raiva e outras emoções negativas. Esquecemos da
cordialidade, do agradecimento, do apoio recebido, e tratamos de pensar somente
em nós e naquele momento ruim. E depois…


Com as voltas da vida pode ser que voltemos a
nos encontrar em outras situações, e todos aqueles comportamentos negativos
podem trazer o seu amargo retorno, o que pode vir a fechar novas possibilidades
de trabalho, de crescimento profissional, de aumentarmos nosso círculo social e
outras coisas mais, prejudicando a nossa vida ou carreira. Por que é importante
uma boa saída Lembre-se que as pessoas que despediram você podem sair da
empresa e os que ficaram podem voltar a lembrar de você com carinho e
profissionalismo, voltando a contrata-lo. É possível que novos empregadores
busquem referências sobre você e se sua saída não foi positiva, seus antigos
colegas ou chefes podem esquecer suas qualidades e lembrar apenas da péssima
impressão causada na saída. No mundo profissional reputação é fundamental,
e a sua deve ser a de um ótimo profissional e a de uma pessoa com grandes
qualidades e equilíbrio emocional.


Seus antigos colegas podem recomendar você
para outras pessoas, ajudando ou facilitando a entrada em outras empresas ou negócios.
Portanto, mesmo que sentindo-se frustrado ou magoado, entenda que tudo tem a sua
hora e que as vezes o que pode parecer ruim, pode vir a ser uma grande
oportunidade de melhoria. Sendo assim, ao sair do seu emprego, saia tão
positivo como quando entrou, com carinho, simpatia, agradecimento, cordialidade,
mantendo tanto quanto possível as relações em bom nível. Para uma boa saída
Mantenha-se correto, cordial e atencioso para com todos. Aproveite para se
desculpar por possíveis falhas pessoais ou profissional, o que convenhamos é
perfeitamente humano porque ninguém é perfeito ou acerta todas. Deixe seus
agradecimentos a todos que lhe auxiliaram e principalmente aos que estavam ao
seu lado.


Despeça-se com carinho e deixe uma forma de
contato para se for necessário tirar uma dúvida sobre o que você fazia, ou se
quiserem contatar você. Enfim, saia por cima e tudo será mais fácil para você
e para os que ficam.

Bruno Krug
Practitioner em Programação Neurolingüística, Hipnose Ericksoniana,
Terapia Floral de Bach, Instrutores de Yoga, Acupuntura, Terapia da Linha do
Tempo, além de diversos outros cursos de Hipnose Clínica, Regressão,
Bioenergética, Parapsicologia, Controle Mental e outros. Experiência
Profissional Trabalhou durante 17 anos na CRT – Cia. Riograndense de
Telecomunicações, atuando na área administrativa e de recursos humanos.

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of