Artigos

A Escravidão do Século XXI

A Escravidão do Século XXI

Há organizações que conseguem estar no século XXI utilizando a cultura do período da escravidão. Aposentaram o chicote, mas se utilizam do poder da demissão como forma de impor a cultura do medo e manter seus colaboradores no “cabresto”.

Os senhores de engenhos foram os professores dos gestores dessas organizações, e os ensinaram a contratar capatazes como gerentes, tendo capitão-do-mato como “vigias internos”, que estão sempre querendo identificar os abolicionistas para os entregarem, sentindo-se assim úteis por manter a cultura da organização preservada.

Nova call to action

Nas disciplinas que cursaram aprenderam a pagar salários baixos, a fingirem que não sabem que seus colaboradores estão fazendo hora-extra, mas descontar do mesmo qualquer atraso; não estimular a educação continuada; não oferecer oportunidade de crescimento profissional; criar um clima de insegurança e intimidação para que todos sigam à risca toda e qualquer norma estabelecida por eles; a não estimular o entrosamento dos seus colaboradores; a não ouvir e analisar as sugestões, bem como as manifestações e solicitações dos mesmos. Afinal de contas isso significaria ir contra os princípios ensinados pelos seus mestres.

Esses gestores, que infelizmente ainda existem vários, esqueceram de acompanhar a evolução do significado de administrar, compreendendo que a filosofia que estão seguindo é o caminho para perder os bons colaboradores. É de vital importância para um empreendimento ter uma equipe comprometida, onde a comunicação seja eficaz para que com isso haja otimização do tempo e diminuição do retrabalho.

Estimular a criatividade de seus colaboradores entendendo que a falha é uma possível conseqüência da busca do êxito e incentivando-os a testarem novos métodos e técnicas que possibilitem a otimização dos recursos utilizados, o que pode gerar uma grande economia para a organização e talvez novas oportunidade de negócios.

Quando uma organização tem colaboradores satisfeitos, isso gera um reflexo positivo no mercado, pois o processo da qualidade passa, necessariamente, pelo desempenho destes. Não há nada mais negativo do que ter uma pessoa que conhece e trabalha na organização falando sobre as falhas da mesma.

Lucineide Cruz,
Coautora dos Livros:
Livro Gestão de Talentos http://indicalivros.com/pdf/gestao-de-talentos-lucineide-cruz-juliana-pontelho
Livro Gestão de Pessoas: manual de rotinas trabalhistas http://indicalivros.com/pdf/gestao-de-pessoas-manual-de-rotinas-trabalhistas-juliana-pontelo-lucineide-cruz

Por: Lucineide Cruz

Mestra em Liderança; Especialista em Marketing Empresarial; Especialista em Gestão de Recursos Humanos; Bacharel em Ciências Econômicas; Acadêmica - Cadeira de nº III de Literatura da Academia Latino-Americana de Ciências Humanas; Comendadora Grão Colar da República Brasileira e da América Latina; Comendadora Projeção 40 Anos; Diretora de Publicações na Rede Internacional de Excelência Jurídica do Distrito Federal; Diretora de Publicações na International Telework Academy; Fundadora da Fácil Editora; Consultora Sênior do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD); Professora em cursos de graduação e pós-graduação; Coautora dos seguintes livros: Gestão de Pessoas: manual de rotinas trabalhistas - Editora Senac; Gestão de Talentos - Editora Senac; Administração em Foco - Editora Camões; Enfoque de Gestión- Editora Nova Letra; Projeção dos Sonhos: a consolidação do conhecimento - Editora Câmara Brasileira de Jovens Escritores; Projeção dos Sonhos: espaço privilegiado do saber em construção - Editora Câmara Brasileira de Jovens Escritores; Ética geral e profissional: ensaios e reflexões - Editora Processus; Saiba Tudo Sobre Constituição da CIPA - Norma Regulamentadora Comentada - Fácil Editora; Reforma Trabalhista: comparação da CLT com a Lei 13.467/17 - Fácil Editora; Economia sem Economês - Fácil Editora; Dicas para você viajar para o exterior com conforto, segurança e economia - Fácil Editora; Gestão do Teletrabalho (Home Office) no Brasil: Casos do Serpro e TCU e métodos para a implantação - Fácil Editora.