Artigos

Flexibilidade de horário: entenda como ela pode ajudar sua empresa

Os últimos anos têm sido marcados por mudanças significativas no mercado de trabalho. São mudanças sociais e comportamentais, com novas percepções a respeito dos formatos de trabalho e emprego, e também aquelas trazidas pelo surgimento de novas tecnologias.

A flexibilidade de horário é uma dessas mudanças. Ela permeia tanto o campo social e comportamental, quanto o tecnológico.

E com as possibilidades trazidas por essas novas visões, empresas e funcionários têm encontrado novas metodologias e processos que trazem benefícios diretos para ambas as partes.

Nova call to action

Neste artigo, o Tangerino – controle de ponto digital apresenta os benefícios da flexibilidade de horário no ambiente de trabalho, as possibilidades trazidas pelo aumento do home office e também novas alternativas de adotar essa flexibilidade, sem abrir mão do controle de jornada dos colaboradores.

Conheça 7 benefícios da flexibilidade de horário

Já há algum tempo, as empresas têm entendido que o mercado de trabalho não é mais o mesmo. 

Apesar de ainda ser bastante comum manter uma rotina de trabalho fixa no horário comercial, de segunda a sexta, geralmente de 8h às 18h, com prazo de duas horas para o almoço, muitos negócios têm percebido os benefícios de se permitir a flexibilidade de horário.

Basicamente, trata-se de depositar mais confiança, incentivando a autonomia dos colaboradores para que eles identifiquem seus melhores momentos de produtividade e atuem com foco em entregar bons resultados, mais do que apenas cumprir um horário definido em contrato.

Adotar e permitir que os funcionários possam contar com essa flexibilização em sua rotina é um investimento que traz para a empresa, e também para o funcionário, benefícios de curto, médio e longo prazos. Veja alguns:

  1. Aumento da produtividade

Provavelmente esse é o benefício mais importante para a empresa. O aumento de produtividade significa que os recursos estão sendo bem alocados e, se junto a isso vêm pontos positivos para o colaborador, melhor ainda.

O aumento da produtividade é reflexo da satisfação por parte do colaborador e da possibilidade que ele tem de determinar seus horários e modos de trabalhar, de acordo com o que melhor se encaixa em sua rotina.

  1. Mais qualidade de vida para os colaboradores

Hoje, qualidade de vida no trabalho é um dos principais objetivos das pessoas, que não querem mais enxergar o trabalho ou emprego como algo negativo e que toma seu tempo.

Como a maioria das pessoas passa a maior parte do dia se dedicando ao trabalho, nada melhor do que conseguir atuar conciliando os momentos mais desafiadores aos de sucesso, prazer e felicidade.

E isso inclui também conseguir dedicar-se ao trabalho, mas ter condições de realizar suas tarefas pessoais, estar com a família e amigos e ter tempo para se divertir. Equilíbrio possibilitado pela flexibilidade de horário.

  1. Mais engajamento entre funcionários e empresa

Quando um funcionário sente-se feliz e realizado em uma empresa, as chances de aumentar sua motivação, colaborando com ideias e produzindo mais, é muito maior.

A percepção nesse caso é de que o funcionário quer ter a sensação, e também ver na prática, que ele é uma parte importante da empresa e que ela respeita e se importa com sua vida fora do ambiente de trabalho.

  1. Aumenta a chance de atrair e reter talentos

Empresas que atuam com a flexibilidade de horário têm chances maiores de contratarem e reterem talentos diferenciados e que enxergam nessa adaptabilidade um fator interessante para se trabalhar naquela empresa.

Geralmente, esses talentos são bastante disputados no mercado e as organizações que mostram-se preocupadas em oferecer condições mais versáteis de trabalho reforçam o quanto estão atentas à nova realidade e saem ganhando.

  1. Geração de valor à marca

Processos de gestão modernos são muito importantes para organizações que querem se diferenciar no mercado, mas é fundamental ter planejamento e visão de longo prazo.

Empresas que atuam com a flexibilidade de horário, dentre outros processos modernos, mostram-se preparadas para os desafios do mercado e reforçam o quanto têm confiança e acreditam no potencial de seus colaboradores.

Isso reforça  o planejamento e também o empenho da organização em acompanhar os avanços da sociedade e, mais do que controlar seu capital humano, acreditam que a liberdade gera mais retorno e mais engajamento.

  1. Melhoria na gestão do tempo

Permitir que o funcionário atue de forma mais flexível é uma maneira de incentivar que ele faça uma melhor gestão do seu tempo, o que requer organização e planejamento.

Sabendo que precisa mostrar resultados e não apenas cumprir uma carga horária, o colaborador tende a se organizar melhor e a fazer uma autogestão do seu tempo e de suas demandas para seguir desfrutando do benefício da flexibilidade de horário.

  1. Torna os processos mais ágeis

Evitar horários de picos, evitar o deslocamento de grandes distâncias, adaptar os melhores horários de cada um, em caso de reuniões. Com a flexibilidade de horários, essas situações tendem a ser cada vez mais comuns. 

No caso das reuniões, especificamente, elas não precisam sempre ocorrer presencialmente, caso os envolvidos tenham disponibilidade e flexibilidade de horário.

Evitar trânsito é outra comodidade possibilitada por essa flexibilização, já que o funcionário pode avaliar qual o melhor horário para sair de casa e retornar, adaptando-se a essa realidade.

Esses detalhes do dia a dia, que antes eram feitos de forma engessada e sem possibilidade de ajustes, tornam a rotina das pessoas e das empresas muito mais ágeis.

O home office também possibilita a flexibilidade de horário

Não dá para falar de flexibilidade de horário sem mencionar o home office, um modelo de trabalho que muito tem a ver com o conceito de flexibilização.

O home office cresceu no Brasil nos últimos anos e, sem dúvidas, faz parte da aceleração da transformação digital. E tanto as empresas quanto os funcionários têm conseguido perceber a relação entre o trabalho remoto e a flexibilidade.

De acordo com uma pesquisa realizada pela The Annual IWG Global Workspace com mais de 15 mil pessoas em 100 países, 85% dos entrevistados acreditam que a flexibilidade fez com que os negócios fossem mais produtivos e quatro a cada cinco colaboradores disseram que, comparando duas ofertas de emprego similares, recusariam a que não tivesse possibilidade de trabalho flexível.

Essa realidade só reforça a importância das empresas se prepararem para serem mais versáteis e optarem pela adoção do home office. 

Com funcionários trabalhando de casa, uma equipe bem alinhada quanto aos processos e regras, além do uso da tecnologia, que possibilita a comunicação constante e o fluxo de processos, ambas as partes saem ganhando.

O controle de jornada de trabalho no contexto da flexibilidade de horário

Falar em flexibilidade de horário e no aumento da confiança nos colaboradores não quer dizer deixar de lado a gestão, que é fundamental para qualquer empresa.

E isso inclui a gestão da jornada de trabalho dos funcionários, que deve ser mantida, especialmente se o colaborador está atuando em home office ou externamente. 

Uma das possibilidades, nesse contexto, é contar com um aplicativo de controle de ponto, que permite à empresa e ao funcionário fazerem a gestão de sua jornada, sem que, para isso, ele precise comparecer presencialmente.

Assim, mesmo que ele atue remotamente e por meio de um contrato de entrega de tarefas e não com um horário fixo, a empresa consegue fazer esse acompanhamento e também avaliar a produtividade do colaborador. 

Sem dúvidas, empresas que atuam com a flexibilidade de horário têm mais espaço no mercado e tendem a atrair os melhores profissionais. E adaptar-se às novas demandas com planejamento e organização é investir na diferenciação do negócio. 

0 0 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments