Artigos

Foco na liderança

foco na liderança

Quando li, a frase disse: “ é isso que eu quero para este artigo com foco na liderança”: “Menos coisas, mas bem feitas” (Jeff Weiner, executivo da Linkedln). E por coincidência, acredite, logo depois me caiu nas mãos o livro Essencialismo, onde Greg Mckeown, fala sobre: “a busca disciplinada por menos, porém melhor”.

Pensei: quem é que vai encarar este desafio? Como será que o departamento de produção e o departamento de vendas de qualquer empresa vão receber essa ideia?

Nova call to action

Por que nossa tendência e nossa inclinação são pelos mais e maior. Se em nome do sucesso corremos em busca do mais, será que também em nome do sucesso podemos correr disciplinadamente em busca do melhor?

O tempo vem nos ensinando que as coisas mais bem feitas ficam mais na lembrança e causam mais impacto positivo do que simplesmente realizar o evento só por realizar.

A liderança é uma luta constante para se manter focado. Foco é concentrar energia num único ponto. Mas o que fazer quando, depois do encontro com seu grupo de líderes, vem uma enxurrada de pedidos e demandas? Todos com letras garrafais ou com um adesivo ou tarjas em negrito indicando “importante”, “urgente”, “essencial”, “prioritário”! Para onde irei? A que pedido vou atender primeiro? Você se sente dividido e arrastado em varias direções ao mesmo tempo.

O que fazer quando os chefes pedem uma coisa e os colegas outra? Quando há muitas flechas indicativas, mas nenhuma direção, puxando de um lado para o outro? A batalha é manter -se focado.

Veja esta frase atribuída a Abraham Lincoln: “Dê-me seis horas para derrubar uma árvore e passarei as quatro primeiras horas afiando o machado”. O cara era fera e tinha foco.

“O que quero?” derrubar uma árvore. Vou afiar minha ferramenta para fazer isso no menor tempo e da maneira mais eficaz.
Para ficar dentro do foco podemos seguir vários caminhos.

Aprenda a dizer não

Tom Friol, executivo, na área de consultoria ensina que: “Devemos aprender a praticar o sim lento e o não rápido.” E Steve Jobs dentro de suas lições de liderança afirma que: “Decidir o que não fazer, é tão importante quanto decidir o que fazer”.

Há eventos, lugares, pessoas, todos igualmente importantes, brigando por espaço na sua agenda. Ficar dentro do foco não significa dizer sim a tudo e a todos. Você pode reagir: Mas como? Com tanta coisa pra fazer, do que vou abrir mão?

Quando dizemos não, começamos a busca disciplinada por menos. Sei o que estou aceitando e o que estou deixando de fora. Não é uma questão de dizer não acidentalmente, mas com um propósito. É estar disposto a cortar até ótimas oportunidades. Se você disser sim para todos os pedidos, não vai chegar lá.

Sintetize seu plano em forma de manchete

Sabe aquela síntese de notícia em forma de manchete, que já nas primeiras linhas você fica informado do que vai acontecer? Aquela chamada informativa, redigida de forma atraente com palavras que aticem a curiosidade e cativem o interesse do seu grupo! Pergunte-se: esta atividade vai me ajudar a somar e me ajudar a chegar mais perto daquilo que sonho para meu trabalho e meu time?

“Se um homem não sabe para onde esta navegando, nenhum vento será favorável para ele”. Seneca. É como se ele estivesse dizendo: “sem foco você não vai chegar a lugar nenhum” ou “Se você não sabe o que é prioritário, não chegará lá”.

Discipline seu tempo na internet

Não vai ser surpresa dizer que entre as coisas que nos tira do foco, estão as distrações, os e-mails, mensagens, redes sociais, vídeos engraçados, etc. E o pior é que chegam em tal quantidade, que nos deixa pouco tempo para pensar no que elas significam. Aqui está o perigo de estar hiperconectado. É que com isso vem não apenas informação, mas também uma tonelada de opiniões. Uff! Aí é que você se sente puxado de todos os lados e baratinado, sem saber que direção tomar. “Qual destas informações vai me levar mais perto daquilo que eu estou procurando?”

Abraham Zalesnick disse: “Mantenha sua atenção no que é essencial. Tomar uma decisão significa entrar por uma porta e fechar todas as outras”.
Será que podemos aceitar que o foco na liderança é definir o que é importante, prioritário e focar nosso pensamento naquilo que traz resultado?

Perguntas que ajudam a definir o foco na liderança

1) O que preciso fazer mais?
2) O que preciso fazer menos?
3) O que preciso começar a fazer?
4) O que preciso deixar de fazer?

Será que podemos começar com você uma geração voltada para o essencial? Voltada disciplinadamente com foco para o melhor?

5 1 vote
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments