logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Recrutamento e Seleção > Follow-up de entrevista de emprego: aprenda a fazer de forma assertiva

Sumário

Follow-up de entrevista de emprego: aprenda a fazer de forma assertiva

Nesse artigo trago um tema muito importante no que se refere a recrutamento: o momento certo e como fazer follow-up de entrevista de emprego. Todo candidato fica ansioso pelo retorno quanto a sua candidatura e muitas empresas demoram para dar esse feedback (e algumas, infelizmente nem o fazem). Mas entrar em contato para fazer esse acompanhamento pode ser uma boa estratégia para se diferenciar dos demais. Aprenda a técnica certa lendo esse artigo e acerte na próxima oportunidade!

follow-up

*Por Valesca Rodrigues

A falta de feedback a respeito do processo seletivo é uma reclamação constante dos candidatos. Quando fazemos uma entrevista de emprego, a ansiedade começa a ser nossa companheira a partir do momento em que saímos da entrevista, não é verdade?

O follow-up  depois de uma entrevista de emprego é tão importante quanto os processos na seleção de talentos. E, quando os dias vão passando e o telefone não toca e nenhum e-mail ou mensagem chegam começa a bater aquela frustração… E as pessoas nunca sabem se devem ou não “cobrar” uma resposta, quando e como fazer isso.

Eu entendo a ansiedade em ter um retorno breve, mas é preciso também ter consciência de que o recrutador pode estar esperando agenda aberta de algum gestor para mais uma entrevista com você ou mesmo esperando a resposta de alguém sobre o seu caso. A vaga pode ter sido reavaliada, outros candidatos podem estar no páreo ou mesmo alguma previsão de cancelamento da oportunidade pode estar pairando no ar.

Ou seja, nem sempre depende exclusivamente de quem te entrevistou. Um processo seletivo envolve muitas etapas, algumas burocracias, alguns entraves e muitas pessoas. Por isso nem sempre é no tempo que desejamos.

Embora ciente disso, você pode e deve fazer um follow-up sobre a entrevista realizada. O importante é que esse acompanhamento seja sutil, respeitoso, assertivo e bem direcionado. O ideal é que você já se prepare para isso antes mesmo de ir para entrevista.

Por exemplo: no dia da entrevista já se lembre de perguntar, ao final, qual o prazo para você receber o feedback dessa etapa e também alinhe com o recrutador como será a comunicação de vocês dois (e-mail, inbox do Linkedin, whatsapp).

gestão por competências
como estruturar o seu RH do zero

O ideal é que o candidato já agradeça pela oportunidade de ter participado da entrevista (ou seja fazer follow-up) pouco tempo depois que ela tenha ocorrido (no dia seguinte, por exemplo). Se nada houver sido alinhado quanto a forma de comunicação, dê preferência ao e-mail, é mais formal e corporativo.

O conteúdo da mensagem é parte fundamental do processo, e para não dar um “tiro no pé” tente ser direto, assertivo e gentil. Demonstre respeito pelo tempo do recrutador, não escreva mensagens enormes ou complexas. Use bom senso e procure fazer dessa atitude um diferencial entre você e os demais candidatos. Independente do estilo do recrutador, procure ser mais formal do que informal.

Como fazer um bom follow-up de entrevista de emprego?

Comece a mensagem com uma saudação, inclua no nome do recrutador, recorde a ele sobre quem você é, para qual vaga e quando fez a entrevista. Reforce seu interesse na vaga em questão e especialmente sinalize algo que demonstre alinhamento aos valores da empresa. Isso é bem diferenciado, poucos candidatos agem dessa forma.

Exemplo de mensagem ao recrutador

Bom dia, “fulana(o)”! Tudo bem? Aqui é “beltrana(o)”, fiz entrevista com você (ontem) para a posição X. Estou escrevendo para reiterar o meu interesse pela vaga. Fiquei muito interessado pela posição, especialmente por se tratar de uma empresa pela qual tenho grande admiração e identificação com os valores. Eu gostaria muito, inclusive, de ter uma previsão sobre os próximos passos. Agradeço desde já por sua atenção e sigo à disposição. Um abraço, “beltrana(o)”.

E se o recrutador não der nenhum feedback mesmo assim? Bem, aí você pode aguardar umas semanas para voltar a contactar, voltando a enviar uma mensagem em que possa deixar claro que ainda tem interesse na oportunidade e se há alguma possibilidade de te darem um retorno sobre a vaga ou um feedback, ainda que negativo sobre sua candidatura.

Ah, lembre-se de ficar atento a seu e-mail diariamente, inclusive na caixa de spam!

Percebe que, dessa forma, você deixa claro seu interesse genuíno, sem ser insistente ou indelicado? Fazer follow-up da entrevista de emprego é algo que causa muita dúvida e ansiedade, mas que, se feito da maneira correta, pode te trazer bons frutos.

O que achou desse artigo? Deixa aqui seu comentário e aproveite para conferir os melhores modelos de Feedback ao Candidato para você usar no seu recrutamento

*Valesca Rodrigues é Mentora de Carreira e de Liderança, consultora em elaboração de currículo, entrevista simulada e edição de perfil Linkedin. Especialista em Recursos Humanos com mais de 15 anos de prática em empresas consolidadas especialmente na área de Recrutamento, Seleção, Desenvolvimento Humano

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Valesca Rodrigues é Mentora de Carreira e de Liderança, consultora em elaboração de currículo, entrevista simulada e edição de perfil Linkedin. Pedagoga, Pós graduada em Gestão de Pessoas, com formação executiva em Coaching e Mentoring pela FGV.
Assine a nossa Newsletter