Artigos

Gestão da Tecnologia da Informação X Gestão de pessoas: o que fazer para integrar estes processos?

Artigo: Gestão da Tecnologia da Informação X Gestão de pessoas: o que fazer para
integrar estes processos?

Autor: Daher Hayssam (TCC apresentado e defendido na Faculdade Pitágoras Uberlândia – MG. Apresentado à banca do curso de Gestão de Tecnologia da Informação – Turma 2 – Pós-Graduação em 07/11/2009). Será apresentado apenas um pequeno capítulo pois as pesquisas foram apresentadas nos capítulos iniciais.

GESTÃO DA TECNOLOGIA X GESTÃO DE PESSOAS – o que fazer para integrar os processos?

Há algum tempo, a idéia de que o modelo organizacional mecânico, como definido por
Burns e Stalker (2001) presente no artigo de Vasconcelos (2005) não satisfaz as necessidades de muitas organizações contemporâneas, é bastante difundidos. Ao enfatizar a necessidade de se transformar as organizações, para que seja mais flexíveis e dinâmicas, o discurso gerencial defende a emergência de organizações orgânicas. Tem como novos modelos de gestão de pessoas, fortalecimento de equipes multifuncionais e trabalho, delegação de responsabilidades e a aprendizagem organizacional emergem desta discussão. Castells (1999) mostra que este
fenômeno acontece em contexto de transição entre o modelo industrial e pós-industrial e isto foi comprovado nas pesquisas de campo realizadas.

Muitos autores defendem que as potencialidades das novas aplicações na tecnologia da informação (TI) podem viabilizar a emergência de novos modelos organizacionais,caracterizados pela dinâmica da aprendizagem. Zubbof (1988-1994), por exemplo, discute a dualidade que caracteriza a tecnologia e a relaciona a dois modelos organizacionais e a dois tipos de aprendizagem. A autora destaca que, em primeiro lugar, a tecnologia pode ser
utilizada para automatizar operações.

O objetivo é substituir o esforço e a qualificação dos seres humanos por uma tecnologia que permita que os mesmos processos sejam executados, a um custo menor, com mais controle e continuidade; considerando também que a tecnologia tem ainda outro potencial: a informatização. Neste caso, vai-se além da mera automação, gera-se novo fluxo de informações que aperfeiçoa o próprio sistema e permite o questionamento de métodos atuais e
a reconfiguração do trabalho e da Integração entre Gestão da Tecnologia de Informação (TI) e a Gestão de Pessoas (GP) nos processos. E, de acordo com os exemplos, nos resultados das
pesquisas, apresentamos novos modelos organizacionais que geram excelente integração nos processos.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of