Artigos

Gestão Estratégica: Como ? Comme ? How ?

Em todo o mundo os
executivos das médias e grandes empresas já estão bem conscientes quanto à
importância da Gestão Estratégica para o crescimento sustentado das suas
organizações. Assim, “O QUE” é Gestão Estratégica ? “POR QUE”
implementar a Gestão Estratégica? Não são mais perguntas necessárias. Mas,
COMO implantar ? COMO fazer ? Estas são as questões relevantes. Este é o
desafio!

De fato, a expressão Gestão Estratégica é recente, mas o tema estratégia
empresarial, simulação de cenários, planejamento a longo e curto prazo, métricas
estratégicas têm sido objeto de grande produção intelectual nos meios acadêmicos
e de consultoria de gestão. São milhares de livros, artigos, palestras.

E estes temas têm grande adesão dos executivos, meios de comunicação e
profissionais de um modo geral. Ninguém se declara contrário à tese de que –
no mundo empresarial, globalizado, competitivo, de constantes mudanças, onde a
organização deve focar além da remuneração dos acionistas, a satisfação
dos clientes, melhoria de processos e desenvolvimento de seu pessoal – a Gestão
Estratégica é o ponto central das diversas metodologias e ferramentas de gestão.
Pesquisas indicam que a Gestão Estratégica é a metodologia de gestão mais
utilizada em todo o mundo.

Mas, este consenso fica apenas na superfície da questão. Pois, ao mesmo tempo,
pesquisas demonstram que: 95% dos funcionários não conhecem a estratégia da
empresa, 68% das empresas não controlam seu desempenho, 78% das empresas não
vinculam orçamento à estratégia de longo prazo. Ou seja, há grande distância
entre o que os executivos reconhecem ser vital para suas empresas e o que
praticam de fato.

Por que esta distância entre “teoria” e “prática” ? Porque grande
parte dos executivos não sabe COMO fazer com que a Gestão Estratégica se
transforme em práticas administrativas do dia-a-dia de um maior grupo de
funcionários na estrutura organizacional.

O COMO da Gestão Estratégica vai se disseminar na organização através de
duas ações fundamentais, as quais estão no contexto da APRENDIZAGEM e da
TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO.

No campo da aprendizagem, através da prática intensa de “Eventos de
Planejamento”, que nada mais são que a simulação do planejamento
empresarial com uso de Jogos de Negócios. Por que? Porque Jogos de Negócios são
essencialmente práticos, voltados para a tomada de decisões, estimulam a visão
360º, integram aspectos críticos das diversas áreas funcionais da empresa,
utilizam simulações de cenários e métricas estratégicas. É o aprender
fazendo !

A segunda ação essencial, se dá no campo da tecnologia da informação, com a
nova família de sistemas de planejamento empresarial, os chamados BPM (Business
Performance Management). São softwares que fornecem as ferramentas necessárias
para que a empresa faça e refaça seus planos empresariais com rapidez, segurança
e compartilhamento de informações. As planilhas eletrônicas não dão mais
conta destas novas necessidades. Os sistemas de BPM potencializam as aplicações
de BI (Business Intelligence) e ERP (Enterprise Resource Planning), garantindo
de forma segura os investimentos já feitos nestas soluções.

Portanto, executivos e gerentes capacitados em estratégia empresarial através
de Jogos de Negócios e softwares específicos para planejamento, no lugar das
planilhas de cálculo, combinam-se perfeitamente para que o processo de
planejamento e a elaboração de estratégias competitivas e orçamentos
integrados garanta crescimento sustentado para as organizações.

Sérgio Ribeiro de
Carvalho

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of