Artigos

Home office e híbrido são mais comuns para pessoas de renda alta

híbrido

Os modelos de trabalho híbrido e remoto – mais comuns após a pandemia do coronavírus – são uma realidade mais presente na vida dos trabalhadores de renda mais alta do que entre aqueles de grupos com renda menor, de acordo com pesquisa encomendada pelo Loft Analytics. 

Os dados mostram que mais da metade – mais precisamente 55% – dos trabalhadores da classe A revelaram trabalhar atualmente no formato híbrido ou apenas remoto. Já entre os pertencentes às classes D e E, a parcela é de 36%.

Nova call to action

Quando considerado exclusivamente o trabalho remoto , no entanto, a análise é um pouco diferente. Na classe A, o formato é adotado por 9% dos entrevistados, enquanto nas classes D e E é um percentual maior, de 19%. O trabalho exclusivamente presencial, por sua vez, é mais frequente nas classes C (63%) e D/E (64%) que nas classes A (45%) e B (51%). 

A diferença, no caso do trabalho remoto, pode estar relacionada ao empreendedorismo entre a população de mais baixa renda, que usa a própria casa para gerar rendimento, segundo o líder do Loft Analytics, Fabio Takahashi. “É possível que esse trabalho remoto maior nas classes D/E esteja, sim, associado a formas de trabalho por necessidade, principalmente considerando que nossas perguntas não visavam captar apenas a população em home office, mas em qualquer atividade que gerasse renda dentro do lar”, afirma.

O resultado aponta para a principal motivação da pesquisa, segundo ele, que era mostrar a diversidade do trabalho em casa para além do home office, considerando as diferenças entre classes econômicas e regiões do Brasil. “Quando se fala que as pessoas trabalham de casa, o mais comum é a imagem da pessoa na frente do computador. Mas a pesquisa captou o que estava acontecendo além disso, até que tipo de atividade estava acontecendo para gerar renda. Ficou clara essa diversidade entre as classes e as regiões”, explica.

Home office X Trabalho remoto

Home office e trabalho remoto são duas coisas distintas. O trabalho remoto consiste no trabalho que é prestado por um prestador de serviço à distância. Portanto, quando um funcionário não está utilizando o próprio ambiente de trabalho da empresa. 

Ou seja, o trabalho remoto pode ser feito literalmente de qualquer lugar: de casa, de um coworking, de outra cidade, estado ou até mesmo país. Por outro lado, fazer home office significa necessariamente trabalhar em casa em período integral. 

Sendo assim, todo home office acaba sendo um trabalho remoto, mas o contrário não é verdade. Isso porque home office implica necessariamente a condição de sempre trabalhar em casa, como o próprio nome diz.

Trabalho híbrido

Basicamente, empresas que trabalham com o modelo híbrido possibilitam ao funcionário uma mistura entre jornadas presenciais e também de forma remota. Deste modo o funcionário tem maior flexibilidade e pode escolher onde trabalhar quando remoto e assim desempenhar as funções designadas.

Sendo assim, o trabalho híbrido consiste em uma mistura de um trabalho tradicional e presencial com a forma remota e home-office. Logo, empresas que não gostariam de manter seus funcionários apenas no home-office ou de forma remota, podem implementar esse método em sua empresa.

Tendo em vista o sucesso da modalidade remota, o trabalho híbrido tem grandes chances de ser muito utilizado pelas empresas no decorrer dos anos.

trabalho remoto ou home office

Quais as vantagens do trabalho remoto para a sua empresa?

Não são somente os donos de empresas que são favorecidos nesse modelo de trabalho, mas também os funcionários, o que o torna mais atrativo. Quer saber quais são as vantagens? Confira: 

Praticidade

Essa praticidade possibilita ao funcionário que trabalha remotamente organizar o seu horário de trabalho, bem como as suas tarefas e suas entregas. Isso pode parecer duvidoso para alguns devido a organização e dedicação, mas se mostrou eficaz. Isto se considerarmos a motivação do funcionário pela flexibilidade e por não precisar se deslocar até o trabalho presencial.

Quanto à comunicação, também pode ser favorecida pela tecnologia, desde que se utilizem as ferramentas certas para o gerenciamento de equipe. E por fim, não poderia faltar a praticidade por não precisar de deslocar até o trabalho presencial durante o período trabalhado. 

Não há barreiras geográficas

Você não precisa mais considerar as barreiras geográficas na hora de contratar bons funcionários para a sua empresa.

Uma das maiores preocupações de um empresário que precisa gerenciar uma empresa é a escolha de bons funcionários para garantir bons serviços e um crescimento escalável da empresa. 

Empresas que utilizam essa abordagem podem contratar pessoas presentes no mundo todo! Ou seja, pode escolher para a sua empresa os melhores profissionais do mercado, visando o sucesso do negócio. 

Redução de custos

Utilizar o trabalho remoto pode ser de grande vantagem para o empresário, já que o transporte não precisará ser incluído no pagamento, visto que o profissional pode trabalhar em casa.

Além disso, você pode reduzir os custos de investimentos em equipamentos ou até mesmo nas contas da empresa, visto que os funcionários não precisam trabalhar de forma presencial.

Colaboradores mais independentes

A partir do momento que você fez um bom gerenciamento do trabalho remoto, cabe à sua equipe executar as tarefas que foram designadas e entregá-las no prazo. Sendo assim, o profissional atua com independência em seu trabalho, o que muda totalmente aquele clima de cobrança, o que é favorável para ele para a empresa.

Curtiu esse conteúdo especial? Então, continue acompanhando o RH Portal para encontrar as melhores dicas e vantagens para a sua empresa.

 

0 0 votes
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

News do RH Portal

Assine nossa Newsletter e fique por dentro de todas as Novidades e Tendências do Universo do RH