Artigos

A Importância da Redação

No mundo de hoje, ironicamente chamado “da comunicação”, a verdade é que pouco nos comunicamos. Isolamo-nos dos nossos vizinhos. No lar, há cada vez menos ensejo para conversas. Na escola, os textos científicos e literários estão se tornando estranhos, de difícil entendimento. Quando falamos, frequentemente repetimos frases feitas por outros, ideias estereotipadas – aquelas mesmas ideias e frases maciçamente divulgadas na TV ou pelo rádio (…). A situação não é nada otimista. Falamos pouco, lemos quase nada e escrever? Até a pergunta há de parecer estranha (…). Escrever para quê?
Não é de admirar que muitos não sintam qualquer atrativo para escrever. Quem não lê, quem fala tão pouco com seus semelhantes, não pode ter sequer ideias próprias. Que é que iria escrever? Se não tomarmos urgentes providências, em breve nos transformaremos em robôs, bonecos de marionete (…). De quem é a culpa? De ninguém.
Talvez nossa mesmo. Pagamos o tributo ao progresso material, sofrendo, na própria carne, como cobaias, os “benefícios” da técnica (…). Ninguém é contra o progresso ou contra a técnica. Mas, em uma consultoria de RH o que deve-se fazer, no momento da avaliação, é reagir contra a massificação. Deixar aquela posição cômoda, passiva, que nos tem transformado em presas fáceis dos mais gananciosos, nesta desumana sociedade do consumo.
Sim, é preciso reagir. A escola nos ensina muitos caminhos. O mais importante é ESCREVER. Quem escreve é levado a isolar-se da agitação, a pensar, a refletir. Aí está o mérito da redação. Quem escreve, concentra-se, analisa, raciocina, critica, apresenta soluções próprias. Quem escreve dá valor a si mesmo, aprende a ver em perspectiva (profundidade), descobre o mérito relativo das coisas e põe às claras os enganos e os sofismas dos que nos pretendem ludibriar. Todos estes aspectos são postos em cheque em uma entrevista a emprego.
Escrever é o mais adequado meio para a formação de nossa personalidade, como seres livres, independentes e realizados intimamente, por isso, é tamanha a importância da redação em um seletivo para obtenção de vaga. Escrever é lutar contra os que nos impingem ideias prontas, frases feitas para substituir nossos pensamentos e nossa linguagem. Pensemos nisso. Dediquemo-nos à redação, principalmente por esses motivos.
A redação faz-nos meditarmos sobre a vida, sobre a humanidade e sobre nós mesmos. Leva-nos a ser mais humanos, a amar nosso semelhante, a respeitá-lo, a comunicarmo-nos com ele frequentemente. E, sobretudo, como será gratificante conquistar a escrita! Dominar os recursos da palavra, da frase, do discurso variado e rico. Ver nossas ideias, notem bem, nossas ideias, claramente expressas, a serviço da cultura, da união entre os homens, da valorização do que é verdadeiro e honesto, do que é belo e puro.

Autor: Neemias dos Santos Almeida é Professor e Pedagogo. Colunista, Articulista, Membro da ONG Atuação Voluntária, Escritor, Voluntário junto ao órgão internacional PNUD/Brasil, e ávido leitor que vive a internet e suas excentricidades desde 2001.

Nova call to action