Artigos

Inovar E Valorizar

Dois fatores que devem caminhar juntos na busca do sucesso.

Atualmente a inovação tem sido o assunto em foco nos corredores de todas as empresas. Diante das grandes transformações com as quais se deparam, muitas idéias surgem com o objetivo de identificar e/ou propor mudanças nos processos de fabricação e criação de produtos. Na verdade, são justamente estas inovações que têm mantido muitas empresas atuantes no mercado. Na busca por melhorias em seus processos, muitas empresas acabam identificando novas tendências do mercado e apostando nelas.

Curiosamente, na contra mão de tudo isso, muitas empresas se mantêm com a mesma mão de obra, cujas habilidades permanecem as mesmas. Desejam obter resultados diferentes com o mesmo pessoal, com as mesmas capacidades. Há um fato a ser considerado. Para a obtenção de melhores resultados, é necessário que as empresas passem a desenvolver ações que valorizem seus profissionais, tendo em vista que são eles os maiores responsáveis pelo sucesso das inovações propostas. A receita do sucesso, diante de uma competitividade cada vez mais acirrada e competente, tem como ingredientes fundamentais, as estratégias, a motivação, o comprometimento e o envolvimento dos funcionários nesse novo cenário de mudanças.

A capacidade de inovação é fator determinante para a que as empresas se mantenham no mercado. A mudança é o único movimento que nunca muda. Aliás, ela faz parte da rotina da sociedade atual e, por conseqüência das organizações. Nesse novo cenário, é necessário que as empresas, sejam elas pequenas, médio ou de grande porte implantem, de modo continuado, programas e projetos voltados à reestruturação. São as mudanças que as manterão competitivas e vivas. Todos esses fatores nos levam a firmar que as empresas deverão, não apenas buscar novas tecnologias, dominá-las e aumentar seus investimentos em pesquisas e desenvolvimento. Elas terão que aprender a gerir todo processo, desde a decisão sobre a criação, a forma de fazer e como transformá-las em inovação, o que traz consigo uma situação premente: uma grande dificuldade de promover e incrementar as alterações nos processos produtivos.

Um dos caminhos para que reduzam essas dificuldades é envolver os funcionários de forma motivadora, fazendo-os se sentirem valorizados e importantes no processo de mudanças. Uma grande aliada para isso é a comunicação interna que deve ser usada como instrumento para anunciar, explicar e preparar as pessoas para esta nova política. Certamente, esta é uma das melhores formas de minimizar qualquer confusão e/ou resistências, a comunicação deve motivar e inspirar todos a se envolverem e participarem dos processos, desde o projeto até a implantação efetiva das mudanças. Entretanto para que as mudanças sejam bem aceitas e bem sucedidas, contando com um bom nível de engajamento e comprometimento das pessoas envolvidas, direta ou indiretamente, a mudança deve ser vista como um processo coletivo, que envolve novos significados e uma nova cultura organizacional. Qualquer mudança na empresa deve acontecer, em primeiro lugar, nas pessoas. As mudanças se constituem através da comunicação.

Como, em geral, a implantação de projetos de inovação se deve aos funcionários, é preciso que todos estejam envolvidos por completo. Deve-se levar em consideração suas idéias e fazer com que elas sejam avaliadas quanto sua viabilidade e se atingirão os resultados esperados pela empresa.

Na próxima edição vamos falar um pouco sobre a valorização dos funcionários no cenário da inovação Empresas nada mais são do que o resultado da atividade e do relacionamento entre funcionários, instituição e clientes, mantidos pela habilidade de cada um em atrair, encantar e fidelizar.

Por: David Lima

Por: David Lima

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of