Artigos

Liderança Ou Gestão?

Liderança e gestão são dois conceitos que costumam gerar alguma confusão. Mesmo entre cargos de alto nível não é incomum a incompreensão clara sobre cada papel. Afinal, o que é mais importante para o negócio, liderança ou gestão? Antes de responder devemos entender o significado de cada papel.

Uma boa forma para alcançar a clareza sobre esses conceitos é entender o papel de cada perfil. Isso pode ser feito a partir de umas poucas questões-chave:

– Ao que o líder deve dedicar sua atenção? E o gestor?

– Com o que o líder trabalha em seu dia a dia? E o gestor?

– O que um líder deve desenvolver? Por sua vez, o gestor desenvolve o quê?

– Do que um líder precisa para desempenhar com competência seu papel? E o gestor, do que necessita?

As respostas, a seguir, deixam claro o papel de cada um:

– Líder: dá atenção à equipe, trabalha com cultura e visão, desenvolve pessoas, precisa de autoconhecimento

– Gestor: dá atenção a atividades, trabalha com metas e meios, desenvolve processos, precisa de método

Estando isso esclarecido e aceito, voltamos a questão original: o que é mais importante, liderança ou gestão? Não há essa dicotomia entre liderança e gestão. Todo líder deve ser também um gestor, assim como todo gestor deve ser também um líder. Ambos lidam com equipes e processos, necessitam autoconhecimento para reconhecerem suas forças e fraquezas, precisam de método para manter os resultados e melhorar os processos. Para manter uma equipe harmônica e focada, ambos os papéis devem consolidar os valores organizacionais e trabalhar com uma visão de futuro. Para obter resultados no dia a dia, devem estabelecer metas e persegui-las por meio de ações bem estruturadas. E, precisam de uma equipe bem desenvolvida de modo que os processos fluam com qualidade e produtividade gerando os resultados esperados.

É comum a associação da expressão liderança a altos cargos na estrutura hierárquica. Assim como é comum a associação da expressão gestão a cargos de nível intermediário. Mas isso é apenas uma “convenção tácita” e não uma regra formal. O que realmente importa é entender que todo profissional que tem sob sua área de autoridade e responsabilidade uma equipe tem também sob ela os processos que essa equipe executa.

Costumo dizer que existem gerentes e GESTORES. Qual a diferença? O gerente tem um cargo formalmente instituído, mas necessariamente isso não faz dele um GESTOR. Esse, por sua vez conhece e aplica métodos de gestão, como o PDCA e suas práticas: padronização, avaliação e análise de processos.

Da mesma forma, podemos dizer que existem líderes e LÍDERES. O líder é o executivo com cargo de alto nível na estrutura hierárquica da organização. Já o LÍDER é o profissional reconhecido e seguido pela equipe, por sua capacidade de criar e manter uma visão compartilhada e a equipe unidade em torno desse grande objetivo.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of