Artigos

Marketing interno e endomarketing: quais são as diferenças?

Marketing interno e endomarketing são peças fundamentais para o bom funcionamento de qualquer empresa. Essas estratégias ajudam a promover a marca e engajar os colaboradores, gerando um bom clima organizacional e taxas de produtividade mais altas nas equipes.

Mas você sabe o que significa esses dois conceitos, como aplicá-los na empresa em que trabalha e quais são os setores responsáveis por cada um? No artigo de hoje, nós vamos te explicar tudo para vocêimplementar esses processos na sua organização. Não deixe de ler!

O que é marketing interno?

Também conhecido como comunicação interna, o marketing interno é a prática dentro de uma empresa que cuida de toda a comunicação entre a organização e os colaboradores. Ele tem um caráter social, prezando sempre pelo relacionamento interpessoal e agindo para a propagação da marca e da cultura da empresa internamente.

Isso é feito criando canais de informação/comunicação dentro da empresa para a transmissão de mensagens e também deixando um espaço aberto para os colaboradores se expressarem.

No marketing interno, o público é tratado realmente como colaborador/parceiro. Isso faz com que o ambiente de trabalho se torne melhor e que a empresa consiga melhorar a retenção de talentos.

O que é endomarketing?

Já o endomarketing tem o papel de vender a imagem da empresa, seus produtos e/ou serviços internamente. Dessa forma, faz com que os colaboradores se tornem propagadores da marca. Para colocar isso em prática, são usadas estratégias e ferramentas do marketing.

Diferente do marketing interno, o endomarketing tem um caráter comercial, tratando o público como clientes. O objetivo é fazê-los acreditar na marca, vestirem a camisa da empresa, defenderem um propósito e o que a organização oferece.

Provocando esse sentimento de pertencimento a algo maior, os profissionais tendem a ficar mais engajados com a empresa, melhorarem o desempenho e ainda promovem a marca da organização, melhorando a visibilidade dela no mercado e, consequentemente, os resultados.

Como aplicar as estratégias na empresa?

Para colocar em prática o marketing interno e endomarketing na empresa em que você trabalha é preciso primeiro aplicar pesquisas para entender os colaboradores, o nível de satisfação deles com a organização e o que desejam para se tornarem mais engajados e confiantes com a marca.

Além disso, você pode investir em treinamentos, mostrando tudo o que a empresa oferece, melhorando o conhecimento dos profissionais quanto ao produto e/ou serviço. Você pode também realizar eventos para aumentar a interação entre os setores, pensar em ações para melhorar a motivação, engajamento e comunicação dos profissionais, estruturar e planejar a comunicação da organização, pensando na linguagem e nos melhores canais para transmitir as mensagens.

Qual departamento cuida dessas estratégias?

São dois os setores responsáveis pelo marketing interno e endomarketing: o de comunicação e o de Recursos Humanos. É muito importante que eles trabalhem em conjunto, sejam próximos, mantenham uma boa comunicação e alinhamento de todas as ações pensadas, para que essas duas práticas funcionem da melhor forma.

O RH fica encarregado de realizar as pesquisas e entender os colaboradores de forma geral, sabendo o que eles buscam, como está o nível de desempenho e engajamento com a organização. Cuidam mais da parte pessoal do processo.

Já o setor de comunicação cuida da parte de pensar e estudar quais canais e estratégias mais se adaptam ao público da empresa. Ele é responsável por planejar as peças, mensagens e tudo que será transmitido. Os profissionais dessa área cuidam da parte de marketing em geral.

Como o marketing interno e endomarketing geram benefícios para a organização?

Apesar de se tratarem de processos diferentes, eles se complementam e geram diversos benefícios para a organização. Como você viu, o marketing interno e endomarketing ajudam a melhorar a satisfação dos colaboradores, o que gera maior produtividade e engajamento das equipes.

Além de trazer bons resultados para a empresa em geral, esses dois processos irão melhorar os indicadores relacionados ao setor de Recursos Humanos. Um bom clima organizacional pode impactar nas taxas de turnover, por exemplo, reduzindo os custos de demissões por conta de profissionais insatisfeitos.

O marketing interno e o endomarketing também melhoram a comunicação e a conexão entre os setores e entre gestores e colaboradores. Isso é benéfico pois agiliza o fluxo de informações, mantém um alinhamento dos objetivos da empresa e gera mais consciência sobre o trabalho realizado, melhorando assim os processos de todos os setores.

Agora que você já sabe da importância do marketing interno e do endomarketing para a empresa em que trabalha, que tal colocar esses processos em prática? Para isso, preparamos um conteúdo que irá te ajudar a planejar as principais ações do ano. É só clicar aqui!

Fonte: Blog Solides

Por: Solides Tecnologia

A Solides é uma empresa especialista em software para identificação de perfil comportamental usado em processo de contratação, gestão e desenvolvimento de pessoas.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of