Artigos

Metáfora – Uma Corrida De 10 Km

Participei de uma prova de dez quilômetros de pedestrianismo há pouco tempo. Durante o percurso pude pensar muito e resolvi escrever mais este artigo para vocês!

Uma prova dessa de dez quilômetros que eu, como amadora, corri me fez pensar e fazer esta metáfora com a VIDA. Nossa vida nada mais é do que isso, como uma corrida, uma corrida pela vida… Durante esse percurso você vê pessoas, muitas pessoas na largada, de todos os tipos: jovens, mais experientes, amadores, profissionais, aqueles que estão correndo pela primeira vez, outros que pertencem à elite esportiva e que querem chegar ao pódio. Há, ainda, aqueles que querem apenas correr para completar a prova, os que querem melhorar seu próprio tempo, os que estão caminhando apenas, ou seja, é possível observarmos muitos estilos de pessoas e de objetivos.

Nossa vida é exatamente assim: somos diferentes, temos objetivos diferentes, mas estamos na mesma “corrida louca que chamamos de vida”.

Durante o percurso você pode perceber que no meio de toda essa gente o comportamento e as suas atitudes. Na largada: todo mundo super empolgado, animado e com sorriso no rosto, mas logo no primeiro quilômetro podem ocorrer alguns acidentes. Uns torcem o pé e logo têm que abandonar a prova, uns vão em grupo ou em duplas, mas passando do segundo quilômetro já se perdem, pois o ritmo de cada um é diferente. Também existem aqueles que vão juntos até o final, outros começam no maior pique e vão diminuindo e conseguem manter a mesma pegada.

Outros começam devagar e vão aumentando sua resistência, mas lá na frente, ou seja, cada um tem o seu ritmo. Há, ainda, aqueles que dão uma caminhadinha e depois voltam a correr, já cheguei a ver aqueles que esperam os amigos, voltam atrás para dar aquela animada naquele que está pensando em desistir. Vemos participantes que gritam dando uma maior injeção de ânimo uns nos outros. Encontramos pessoas nas ruas que nem estão participando da prova, mas estão lá dando força para nós, que buscam cruzar a linha de chegada. Vemos alguns corredores em que a família e os amigos acordam cedo e buscam um ponto estratégico para dar aquela forcinha e, muitas vezes, levam uma água ou isotônico para recomposição, tiram foto para registrar o momento.

Encontramos obstáculos tipo: o tempo, sol, chuva, calor, frio, a rua tem buracos, desníveis em que você pode cair. Existem algumas pessoas que vão correr doentes, com gripe, alguma virose ou contusão que acabou acontecendo próximo ao dia da competição e que procurou não desistir de participar. Notamos pessoas que passam pela gente como um furacão e quase nos derrubam e depois lá na frente você passa por eles já caminhando. Ouvimos aqueles que passam justamente naquele momento que você está prestes a desistir e te dizem: Vamos! Estou no teu ritmo vamos juntos! E que vai contigo até o final da corrida e acaba por virar um amigo. E vemos aqueles que desistem não se sentem fortes e simplesmente saem de cena.

Falemos a verdade: isso não é o que acontece no dia a dia das nossas vidas? Exatamente! Estamos numa corrida e só chegam ao final aqueles que são fortes, determinados, focados e que possuem um objetivo bem definido ou um sonho ou algo que pretende alcançar ou por um filho, por ou alguém.

Por isso amigo leitor, estabeleça uma meta, mas se prepare. Treine e durante o seu percurso você se surpreenderá com o que encontrará pelo caminho, pois a DIVERSÃO E A EMOÇÃO estão no PERCURSO, muitas coisas surpreendentes acontecem durante esse caminho. Não deixe de sonhar, não deixe de lutar. Vão existir momentos difíceis, mas NUNCA se esqueça da CHEGADA, de onde você quer chegar e aí vai ser uma delícia, pois você passará por tudo e no final se sentirá um VENCEDOR!

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of