logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Carreira e Negócios > Como utilizar o Método CAR em uma entrevista

Sumário

Como utilizar o Método CAR em uma entrevista

O método CAR é uma abordagem eficaz para avaliar candidatos durante a entrevista por competências.

Método CAR

A alta rotatividade de funcionários pode trazer consequências negativas para qualquer organização. Além de afetar o clima organizacional e influenciar na imagem da empresa, a rotatividade traz consigo custos elevados com demissões e novos processos seletivos.

Um dos motivos para o turnover pode ser a contratação de profissionais que não se adéquam ao cargo e à cultura da empresa.

Diante desse cenário, torna-se essencial realizar um recrutamento e seleção de excelência, garantindo a contratação de profissionais com o perfil ideal para o cargo. Para isso, é necessário que o responsável pelo processo conheça muito bem a empresa e o cargo disponível.

Uma das formas de avaliar os candidatos de maneira eficaz é através da entrevista por competência. Esse método busca identificar no candidato a presença das competências necessárias para a empresa e para o cargo em questão.

Uma abordagem comumente utilizada nesse tipo de entrevista é o Método CAR.

O que é o método CAR?

O Método CAR fundamenta-se nas situações que o candidato já vivenciou durante suas experiências profissionais, analisando sua reação e a solução encontrada.

A técnica CAR, consiste em:

curso de plano de carreira na Escola de Pessoas
gestão por competências

Contexto

O contexto refere-se à situação em que o candidato se encontrava. Pode ser uma dificuldade enfrentada no trabalho, um desafio a ser superado ou uma oportunidade de crescimento.

Ação

A ação é como o candidato reagiu a essa situação, quais foram suas atitudes e estratégias adotadas. Já o resultado é a solução ou o resultado alcançado pelo candidato.

Resultado

Já o resultado é a solução ou o resultado alcançado pelo candidato.

Método CAR em uma entrevista de emprego

Método CAR

Para ser mais específico, o recrutador espera que o entrevistado conte uma situação (Contexto), explique o que ele fez naquela situação (Ação) e por fim, qual foi a entrega (Resultado).

O entrevistador irá direcionar os questionamentos, para que o colaborador, possa responder e ele analisar o perfil comportamental.

Exemplo: Supondo que é uma vaga de supervisor, e você é um analista Sênior.

O questionamento é: “Me conta uma situação em que você precisou liderar o time na execução de uma atividade”.

Contexto:

“Precisávamos entregar um relatório, que dependia do desempenho de toda equipe do dia até as 17h do mesmo dia. O gestor não estava no time, eu como Analista Sênior, assumi a responsabilidade”.

Ação:

“Eu chamei a equipe, falamos sobre a importância do relatório, e dividimos as responsabilidades de cada profissional, para evitar, que fizéssemos as mesmas coisas. Afinal o prazo precisava ser cumprido”.

Resultado:

“Entregamos o relatório conferido, às 16h30 do mesmo dia, para o diretor.”

Perceba que deu para entender o que o profissional fez, como ele exerceu o papel de líder, e o resultado que obteve. O profissional podia dizer que fez tudo sozinho, mas para um cargo de liderança, que precisa delegar, não faz sentido, ter um perfil assim.

Diferente se ele falasse:

“Tínhamos um relatório para entregar, cada um fez sua parte. Ao final do dia o relatório foi entregue.”

Não que esteja errado, mas o entrevistado precisava mostrar sua habilidade de liderança.

Durante a entrevista por competência, é importante que as perguntas sejam abertas, com verbos de ação no passado, e abordem situações que demonstrem uma competência específica.

Por exemplo, uma pergunta poderia ser: “Fale sobre uma situação em que você teve que convencer seu líder a mudar de ideia e obteve sucesso”.

Dessa forma, evita-se que o candidato traga respostas prontas e superficiais, como a clássica resposta de que seu maior defeito é ser perfeccionista.

O responsável pela entrevista por competência deve evitar perguntas evasivas, elaborar uma lista de competências primordiais para o cargo e estar preparado para observar tanto o comportamento verbal quanto o não verbal do candidato.

Conclusão

Método CAR

Em resumo, o Método CAR é uma abordagem eficaz para avaliar candidatos durante a entrevista por competências.

Ao analisar o contexto, ação e resultado das situações vivenciadas pelo candidato, é possível identificar suas competências e verificar se elas estão alinhadas com as necessidades da empresa e do cargo em questão.

Portanto, investir em um recrutamento e seleção baseado nesse método pode contribuir significativamente para a redução da rotatividade e para a contratação de profissionais mais adequados e qualificados.

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Consultor de Carreira e Recrutador.
Assine a nossa Newsletter