Artigos

Motivação: Uma Questão De Desenvolvimento

É comum ouvirmos frases do tipo: “pense positivo e tudo vai dar certo!”, “acredite em você e a riqueza te perseguirá”, “quando realmente se quer alguma coisa o universo conspira a seu favor”, tudo bobagem! Nada acontece se você não tomar uma atitude.

No decorrer de nossas vidas, principalmente no ambiente corporativo, buscamos pela motivação constante, mas de fato, talvez nos perdemos em tantos conceitos e não compreendamos como fazer para nos manter motivados.
Precisamos entender que a verdadeira motivação está naquilo que nos transforma e não naquilo que nos anima. É uma questão de autodesenvolvimento.
Comece revendo suas atitudes, conhecendo seus limites, explorando suas qualidades, buscando o aprendizado contínuo e não temendo seus defeitos.
Em seu ambiente organizacional, peça feedback ao seu gestor e descubra tudo aquilo que pode ser desenvolvido em você e o que te limita.
Muitos temem conhecer seu verdadeiro “eu” e ter que bater de frente com algumas verdades inevitáveis. Ao invés disso, se frustram, se lamentam, se cobram excessivamente, e esquecem de focar naquilo que mudará a situação.
Encontramo-nos na era das palestras “motivacionais”, nos tornamos positivistas: “eu posso”, “eu consigo”, mas não agimos, não enfrentamos os problemas e por diversas vezes tentamos fugir da realidade.
Estar motivado vai muito além do estímulo.
A motivação é algo que deve ser autodesenvolvido (primeiramente), sem esquecer de que existem muitos fatores que contribuem para o estímulo constante da motivação, por exemplo, no ambiente de trabalho: as atividades desempenhadas, o clima organizacional, benefícios, aprendizagem, treinamento e incentivos ao crescimento pessoal e profissional, dentre outros.
Porém devemos aprender um passo importante para desenvolvê-la a partir de nós. Primeiro, devemos traçar metas, pois acredito que, quando não sabemos o que queremos e para onde estamos indo, caímos no comodismo e irrealização pessoal e profissional.
Se você determinar objetivos sem fugir da realidade atual, com o tempo irá se descobrir.
Supostamente, nada acontecerá em um passe de mágica, não é tão fácil quanto parece se manter motivado, quando muitas vezes somos altamente cobrados, pressionados e limitados em nossas ações, porém, como tantas habilidades que precisam ser desenvolvidas, a motivação deve ser a consequência adquirida por conhecer a si mesmo.
Já dizia Zig Ziglar: “as pessoas costumam dizer que a motivação não dura sempre. Bem, nem o efeito do banho, por isso recomenda-se diariamente.”

Jeice Kelly Nascimento Leme
Tecnóloga em Gestão de Recursos Humanos,
Pós-graduanda em Psicologia Organizacional.

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of