Artigos

Mude


De passageiro a piloto, planejando sua mudança

“MUDE, mas comece devagar, porque a direção é mais importante que a velocidade” (Edson Marques)

Pensando assim me parece natural, o uso de uma bússola ou se preferir uma lista de objetivos, para certificar que estamos realmente indo aonde queremos chegar. Parafraseando Henry Ford, se não sabemos aonde queremos chegar, como é possível saber se estamos longe ou perto?

Por isso, escrever o que DESEJAMOS ainda é a melhor fonte de informação, para verificarmos a qualquer tempo, como estamos indo. Isso se chama Planejar. O planejamento evita a surpresas, ansiedades, angustias, tristezas, não têm contra-indicação, acalma, dá segurança e potencializa quem somos.

Mas para quê planejar? Você já pensou nisso? O planejamento só existe porque trabalhamos com coisas finitas ou se preferir, que tem fim. Nosso vida, nosso dinheiro, nosso tempo são bons exemplos para dar.

Ninguém dura para sempre e também por isso não têm todo dinheiro do mundo.

Imagine. Quanto vale hoje R$ 20.000,00? Depende. De quem precisa e para quando precisa. Você irá pagar mais caro pela mesma quantia, se tiver pressa. Se não fosse assim não haveria cobrança de juros, independente da quantia de dinheiro. 

Mas isso têm seu lado bom. Quantos de nós não tomamos conhecimento de alguma oportunidade em que nos deparamos com a necessidade de buscar recursos no mercado à juros e mesmo assim com a certeza de que fizemos um bom negócio? 

O tempo interfere diretamente no valor das coisas. Do nosso dinheiro a nossa vida.

Imagine agora, quanto vale um dia ou 24 horas? Ah, agora você já pegou o jeito, não é? Depende também, da pessoa e para o que será usado. Você pode imaginar quanto valeria para um doente terminal? Como ele daria valor a apenas mais “um dia”? E para nós, quanto tem custado nosso dia? Muitos de nós estamos apenas vivendo, sem buscar um sentido ou propósito. Definir prioridades, pelo valor do que acreditamos é a melhor forma de planejamento.

Se você optou por alcançar objetivos específicos, certamente já sabe qual a direção, bastando agora treinar, se prepara e depois competir, percorrendo cada etapa e verificando se o seu tempo de percurso tornará você um campeão ou apenas um segundo colocado. 

Valorize seu tempo, esforça-te, pois ele dirá quem você é, se um piloto ou apenas mais um passageiro. Quem mata o tempo não é assassino: é suicida.

——————————————————————————–

* André Nunes, Vivência de 13 anos na área comercial de empresas de telecomunicações, internet e informática; Graduado em administração e eletroeletrônica, Coach de vendedores de alta performance; Responsável pelo PDP (Programa de Desenvolvimento do Potencial), que a partir de uma visão holística, trabalha com Desenvolvimento do Comportamento, Auto-conhecimento, Disciplina, Comunicação Total, para atingir a felicidade como base do sucesso.

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of