Artigos

Nômade Digital: saiba o que é e como se tornar um

nômade digital

Ser nômade digital se tornou o sonho de muitos profissionais, principalmente devido à pandemia. A necessidade de isolamento levou 7,3 milhões de brasileiros ao trabalho remoto e fez do nomadismo uma possibilidade real. 

Nômade vem do latim nomas ou nomadis e significa que ou quem muda de local, não tem casa ou residência fixa. Atualmente, a palavra continua com o mesmo sentido, mas o termo digital define um comportamento e um estilo de vida

Nova call to action

Quer saber mais sobre o assunto? Então, vem com o RH Portal porque a viagem está só começando!  

O que é nômade digital?

Nômade digital é o indivíduo que presta serviço à distância, sem a necessidade de estar presencialmente em um escritório ou empresa. Assim, os profissionais podem atuar em qualquer lugar do mundo usando a tecnologia. 

Por isso, as ferramentas essenciais para um nômade digital são um notebook, celular ou tablet e uma boa conexão de rede.

Nesse sentido, o nomadismo digital como estilo de vida tem duas características: a possibilidade de ter renda trabalhando pela internet e a oportunidade de viver em qualquer lugar

Mas vale destacar que a principal diferença entre trabalho remoto e home office é a localização. Enquanto no primeiro caso as atividades ocorrem à distância e em qualquer lugar, o profissional em home office trabalha de casa. 

Sendo assim, conclui-se que todo home office é trabalho remoto, mas nem todo trabalho remoto é home office. 

Afinal, o que fazem os nômades digitais?

Quando pensamos quais profissões são compatíveis com o nomadismo digital, o campo é vasto, ou seja, não existe uma profissão específica para atuar como nômade

Logo, se tiver um notebook ou smartphone com uma internet estável, o indivíduo pode trabalhar de qualquer lugar: arquitetos, advogados, produtores de conteúdo, web designers, programadores e até vendedores podem ser nômades digitais. Uma vez que, por meio da tecnologia, ferramentas como Zoom, Meet e Skype permitem videochamadas e reuniões. 

Ainda, aplicativos de mensagens instantâneas, como WhatsApp, auxiliam o nômade digital a atender clientes e cumprir prazos, mesmo estando do outro lado do mundo. 

anywhere office

Onde vive o nômade digital?

A resposta é: em qualquer lugar, desde que tenha internet. Mas um dos fundamentos do nomadismo digital é ter qualidade de vida trabalhando de qualquer lugar. Nesse sentido, algumas cidades apresentam um perfil amigável e se tornam atraentes para esse público.

O nômade digital valoriza custo de vida baixo, câmbio favorável, segurança, infraestrutura, opções culturais e de lazer. Sob esses aspectos, algumas cidades se tornam destinos ideais para comunidades inteiras desse público. 

Para suprir a demanda, surgem empreendimentos como os coworkings, com espaços e recursos compartilhados. 

Sendo assim, a “casa” do nômade digital não tem um endereço fixo. Mas algumas cidades são mais procuradas. A Forbes, por exemplo, listou os 10 melhores destinos para nômades digitais brasileiros ao redor do mundo.

Quais as vantagens de ser um nômade digital?

Trabalhar de qualquer lugar oferece benefícios. O estilo de vida livre e fora dos padrões de um escritório tradicional, costuma seduzir quem se aventura como nômade digital. 

Conhecer pessoas e lugares

A experiência amplia a visão de mundo, pois oferece a possibilidade de viajar, conhecer novas culturas e pessoas. Desse modo, os conhecimentos se expandem e a rede de contatos também. 

Trabalhar longe do escritório

A liberdade geográfica é um atrativo e tanto para os nômades digitais. Escolher a cidade e o país onde querem viver é um privilégio para desfrutar temporadas fora do ambiente de trabalho formal. Sem formalidades nem endereço fixo, sem rotina das 8h às 18h. 

Flexibilidade na agenda

Organizar horários e compromissos conforme desejar. Esse é o estilo de vida de um nômade digital. Essas pessoas conseguem organizar a agenda da maneira que as convêm e o expediente ocorre conforme a necessidade de produção. 

Gerenciamento da carreira

Ser autogestor da carreira é uma vantagem tentadora, não é mesmo? Então, assim é a vida do nômade digital. Quem trabalha dessa forma estabelece as regras, metas e prazos, como seu próprio chefe. 

Aumento de ganhos

Trabalhando com liberdade, qualidade e sem pressões trabalhistas fica mais fácil ser produtivo. Ainda, ao produzir mais, a tendência é ganhar mais. Além disso, como os nômades digitais buscam trabalhar em cidades com baixo custo de vida, sobra dinheiro para fazer o que mais gostam: viajar. 

Há desvantagens em ser nômade digital?

Se existem benefícios, também encontramos desafios. Antes de seguir pelo caminho do nomadismo conheça desvantagens de trabalhar fora do escritório. 

O trabalho é intenso

Sem chefe, sem contrato de trabalho, sem garantias trabalhistas. Esse é o ônus para quem escolhe viajar pelo mundo e trabalhar de qualquer lugar. Nesse contexto, para ter renda é necessário trabalhar bastante até se estabilizar

O nômade digital não tem feriado e, quando adoece, não tem o dia pago. A produtividade precisa estar em alta e não há tempo para procrastinação. Nessa situação, ter noções de inteligência emocional e gestão de carreira fazem diferença. 

Vida financeira instável

Se produzir e ganhar mais é uma vantagem da vida nômade, o contrário também acontece, ou seja, sem trabalhar não existem ganhos e a renda mensal costuma variar. Nesse caso, fica difícil se manter, principalmente em uma cidade ou país distante. 

Ainda, os nômades digitais costumam trabalhar como freelancer ou PJ, portanto, a situação financeira depende de muito trabalho. 

Dificuldade de manter laços

A vida de quem trabalha viajando pode ser afetada pela distância. Assim, ficar longe da família e dos amigos pode ser um problema. Da mesma forma, é difícil manter vínculos, pois os nômades estão sempre indo e vindo. Algumas vezes, quando fazem amigos, eles logo são deixados para trás. 

Tendência à procrastinação

A falta de rotina, citada como uma vantagem nesse tipo de trabalho, também pode ser um obstáculo. Caso o profissional não tenha organização, planejamento e motivação, acaba deixando de fazer o que precisa ser feito. 

As distrações de uma cidade diferente também podem prejudicar a produtividade. Portanto, é preciso disciplina para cumprir prazos e metas. Gestão de tempo é fundamental. 

Quero ser nômade digital: por onde começar?

Vantagens, desvantagens, aventura, perrengues, experiências e saudade. Quem decide largar a estabilidade da carteira assinada vivencia esses e outros sentimentos. No entanto, se o plano é ser um nômade digital, confira dicas para começar. 

Estude tudo sobre o assunto

Buscar informações sobre viajar e trabalhar de qualquer lugar é o primeiro passo. Para tanto, estude tudo o que for possível sobre o assunto, procure fontes confiáveis e inspire-se em pessoas que tiveram êxito nessa empreitada. 

Ainda, tire dúvidas, faça contato, conheça histórias e pesquise o tema. Assim, você estará preparado para tirar proveito da experiência e lidar com imprevistos. 

Encontre seu propósito

O autoconhecimento é uma ótima ferramenta para entender qual é seu propósito como nômade digital. Sendo assim reflita sobre as razões pelas quais você deseja aderir a essa tendência. 

Coloque na balança as vantagens de trabalhar deslocalizado e as coisas que vai deixar para trás. É importante avaliar seus motivos para descobrir se o nomadismo digital faz sentido para você.

Experimente pouco a pouco

A vontade é ganhar o mundo, com certeza. Mas uma boa maneira de começar é fazer pequenas experiências. Se não pode viajar para a Ásia, passe uma temporada em alguma cidade no Brasil mesmo. 

Para tanto, use os critérios sugeridos aqui no artigo — internet de qualidade, baixo custo de vida, segurança, atrações para conhecer — e escolha seu próximo endereço temporário. Há uma lista que mostra as 10 melhores cidades brasileiras para nômades digitais para ter uma boa experiência sem precisar ir muito longe. 

Como ganhar dinheiro trabalhando pela internet?

É possível se manter financeiramente trabalhando online. Mas como nem tudo cai do céu, logo, é importante ter dedicação, organização e constância. Confira algumas sugestões para gerar renda online.

Freelancer

Antes de largar a segurança de um emprego tradicional, use seu tempo livre para pegar trabalhos como freelancer. Existem plataformas especializadas para jobs como design, gerenciamento de redes sociais, produção de conteúdo, tradução, revisão de textos, entre outros. 

Um ponto fundamental para atuar como freelancer é ter cadastro como microempreendedor individual (MEI). A formalização é necessária para a emissão de nota fiscal e para ganhar credibilidade como profissional. 

Trabalho remoto corporativo

Caso já tenha um emprego formal, solicite ao chefe a possibilidade de realizar seu trabalho online, de modo remoto. Algumas empresas já adotaram o sistema híbrido e a experiência pode ser benéfica para os dois lados. 

Mas se a empresa atual não permitir, contacte outras companhias e ofereça seu trabalho para atuar remotamente. 

Começar o próprio negócio

Empreender pode ser a melhor maneira de começar sua trajetória como nômade digital. Que tal começar um negócio próprio e online ou, então, gerenciar um e-commerce para ter renda?

Além disso, é possível trabalhar com programa de afiliados, vendendo produtos de outras pessoas. Um exemplo é a plataforma Hotmart. Basta fazer um cadastro e vender infoprodutos. Não é um caminho fácil, mas é uma opção. 

Conclusão

Agora que você já sabe o que é um nômade digital, use nossas dicas como estímulo para se tornar um. Faça um bom planejamento, estabeleça metas, pesquise sobre as cidades onde vale a pena morar. 

Por fim, considere os fatores relevantes que mostramos nesse artigo — segurança, internet de qualidade, custo de vida baixo — e comece a se imaginar viajando e trabalhando de qualquer lugar! Aproveite para se conectar com outras pessoas que adoram falar sobre o mundo do trabalho e do RH

Se quer uma ajudinha para aumentar seu networking, participe do nosso grupo no Telegram!

 

0 0 votes
Article Rating

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments