Artigos

O Duas Caras

Não existe coisa que cause mais desmotivação do que sabermos, ou enxergarmos algum tipo de competição no ambiente organizacional, quando pessoas esquecem que trabalham em conjunto e começam a trabalhar individualmente , retendo informações e isolando-se, agindo de forma desleal com seus colegas e absorvendo por vontade própria todos os conflitos, tarefas e também os ônus.
Vocês conhecem na organização de vocês aquele elemento que sempre se propõe a fazer… Mas que depois se queixa pelos cotovelos que só ele faz.
Ou aquele que fica incumbido de passar determinada tarefa para algum colaborador seja ele novo ou não, não o passa e ainda coloca a culpa no coitado de não se interessar…
É um tipo clássico e comum em todas as empresas… O Duas Caras!
Com certeza na sua frente ele esta insatisfeito, reclama da organização e dos superiores, vive de mal humor mas quando um superior aparece ele muda até a voz… Não tenha duvidas ele vai usar a sua fraqueza contra você e a favor dele… Por que o grande objetivo deste ser é ser visto, ter uma oportunidade, e diferente das outras pessoas não importa quantos caiam ou se prejudiquem com tanto que ele seja sempre o ‘’menino de ouro’’ aos olhos do dono…
…Por decisão mesmo estando em um grupo prefere trabalhar sozinho e sempre quer que seja tudo de seu jeito se não for, não ficará tão bom… E se ficar luta pra achar um defeito ou fecha-se numa cara de apavorar criancinhas!!!
Com certeza essa é aquela hora que você pensa… Trabalho com alguém assim… Mais o foco não é a ‘’caça as bruxas’’, o grande problema não é só a falta de comunicação e distanciamento que isso traz para os grupos mais principalmente os objetivos que passam de incomuns a isolados, o foco não é mais o ambiente de trabalho mais sim os interesses pessoais dos colaboradores que a integram o reflexo de uma equipe de trabalho que não se conversa trazendo como resultado trabalhos pela metade, falta de metas e objetivos, desinteresse e ruídos.
O que vemos na maioria das empresas é que só é preciso uma pessoa, um comportamento, uma atitude erronia para que tudo comece a desmoronar como diz aquele velho ditado ‘’Uma laranja podre, coloca todo o resto a perder’’.
O melhor jeito de não ser prejudicado ou envenenado por esse ser é ser totalmente ouvinte, evitando esboçar idéias ou se quer ouvir as dele, trate só o necessário, pois grande parte do que somos em uma organização ocorre pelo nosso comportamento dentro dela.
Assim o mal só se propaga se tiver elementos que o sustente corte-o deixe-o sem ar assim quando menos esperar ele estará ao invés de podre… Seco!

Monica Souza Formada em Administração de Recursos Humanos, Atuante na área de Recursos Humanos R&S e T&D.

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of