Artigos

O GOSTO DOCE DO PODER

O sabor do poder, esse é o gosto doce que muitos procuram, alguns experimentam e poucos sabem degustar, sabem por que? Por que todos gostam de ouvir seu lindo nome antes de alguém tomar uma decisão, ,por que muitos querem que tudo esteja ao seu alcance e aos seus pés, muitos gerentes, líderes, chefes, donos e patrões quererm sentir o poder de mandar em alguém, sentir o prazer de pensar: “Aqui eu decido” e assim formam-se filas em frente as salas de chefia para perguntar se pode comprar papel higiênico, um absurdo o ego estampado na cara, consequência disso, o líder deixa de pensar em resultados e toma o poder como objetivo principal, saber delegar e dar liberdade para a equipe resolver problemas é algo fundamental para descentralização do poder, nós não podemos fazer tudo sozinhos, deixe aquele seu assistente fazer uma compra sem precisar você dizer sim, qual a diferença entre você tomar a atitude ou ele? Resposta: O Ego, a sensação de grau superior em uma hierarquia, ainda existem aqueles que se dão ao luxo de não responderem a um e-mail quando um colaborador lhe diz bom dia ou faz uma pergunta, tipo assim: Não vou responder para mostrar que sou muito ocupado e não tenho tempo”. Líder não precisa provar que é líder, os liderados sabem muito bem diferenciar um comandante de um idiota, então, aqui vai a dica: HUMILDADE COM A EQUIPE E RESPEITO COM O PRÓPRIO EGO, afinal ele é só seu, ninguém se importa.

MARCOS WANDERLEY DE LIMA é Analista de Recursos Humanos na Rede Visual e possui CERTIFICATE THE BEST HUMAN RESOURCES.
Instituto Dale Carnegie.

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of