Artigos

O Momento Do Desligamento

Dentre as tomadas de decisões inerentes as práticas gerenciais, a prática do desligamento muitas vezes é percebida como uma das mais desafiadoras.

Importante considerar que todo desligamento pode resultar numa aprendizagem efetiva que irá levar o indivíduo a vivenciar um novo ciclo de vida, onde terá oportunidade de desenvolver habilidades, de ampliar conhecimentos e de mudar atitudes, que no contexto geral, o conduzirá para um patamar mais elevado de maturidade.

O desligamento representa uma das formas do indivíduo vivenciar um novo ciclo de transição, onde novos cenários se apresentam, novas relações interpessoais são estabelecidas, novas perspectivas conhecidas, além da oportunidade de ampliar o autoconhecimento, e quem sabe até redescobrir um novo sentido de vida onde haverá a expansão de novos talentos e de novas possibilidades.

O gestor, no ato da comunicação e entrega da carta de desligamento, pode contribuir para que o indivíduo perceba esse momento do desligamento como uma nova etapa, onde perceba a carta de desligamento como uma “certidão de nascimento” para um novo ciclo de vida, em meio ao antagonismo interno de suas emoções (perda/morte X ganho/nova vida).

Para que o indivíduo passe a refletir sobre os ganhos e não as perdas decorrentes desse momento do desligamento, é fundamental que ele mesmo faça uma retrospectiva de suas realizações, contribuições, aprendizagens, experiências, dos relacionamentos construídos e até mesmo das situações de conflitos que o levaram a uma maior maturidade e ressignificação.
Com relação a essa retrospectiva, podemos relembrar o que Steve Jobs nos deixa como um de seus ensinamentos para refletirmos: “Você não consegue ligar os pontos olhando pra frente; você só consegue ligá-los olhando pra trás. Então você tem que confiar que os pontos se ligarão algum dia no futuro. Você tem que confiar em algo – seu instinto, destino, vida, carma, o que for. Esta abordagem nunca me desapontou, e fez toda diferença na minha vida.”

Esperamos que tenha apreciado essa breve reflexão e que a partir dela você tenha se estimulado a pesquisar e a estudar para se desenvolver cada vez mais, impulsionando sua evolução.

Denise Medeiros de França, fundadora da PARTNERSHIP Consultoria em Desenvolvimento de Recursos Humanos.
Pós-graduada em RH pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro, graduada em Pedagogia pela Faculdade Notre Dame, concluiu diversos cursos em nível nacional e internacional, coach certificada no MBTI@, com significativa experiência na coordenação e execução de projetos de treinamento & desenvolvimento, plano de sucessão, coaching for performance, change management, projetos voltados para a construção e sustentação de wining culture e forte expertise como treinadora, na facilitação de Workshops.

Por:

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of