logo svg rh portal
Pesquisar
Close this search box.
Início > Liderança e Motivação > O que é Ownership e como ele pode ajudar no engajamento da equipe?

Sumário

O que é Ownership e como ele pode ajudar no engajamento da equipe?

o que é ownership

Você sabe o que é ownership? Entender esse conceito pode fazer toda a diferença para melhorar o engajamento da sua equipe.

Uma vez que, o cotidiano corporativo é impactado fortemente pela postura ownership. E absolutamente todos os profissionais na empresa podem adotar essa postura.

Nós trouxemos mais informações sobre o que é, como aumentar o engajamento da equipe e outros detalhes práticos sobre o conceito ownership.

O que é ownership?

Em tradução literal, ownership significa “propriedade”. Já no contexto corporativo, pode ser interpretado como “sentimento de dono”, trata-se de um conjunto de estratégias que contribuirão para que as pessoas de uma equipe tenham “sentimento de dono”.

Grandes times que alcançam grandes resultados são aqueles que podemos identificar um alto nível de engajamento com a visão do negócio. Para chegar nesse nível, líderes buscam entender e aplicar práticas e estratégias para tornar seus times mais sólidos e coesos possíveis.

Dentro desse contexto, é comum ouvirmos lideranças falarem sobre a importância de as pessoas do seu time desenvolverem um sentimento de dono.

Isso é o que definimos como ownership, que no ambiente corporativo significa um conjunto de ações colocadas em práticas para estimular o sentimento de pertencimento de profissionais. Contudo, esse sentimento só será possível se houver uma cultura adequada para fazer emergi-lo.

Inicialmente, em casos onde se observa equipes altamente desengajadas e sem resultados é importante observar os principais impeditivos que contribuem para que seja esse o cenário da empresa.

Como dica, podemos destacar o livro Os 5 Desafios das Equipes do autor Patrick Lencioni, onde ele traz uma análise interessante sobre as principais disfunções que podem atrapalhar empresas de despertarem uma cultura de ownership, são elas:

  • Falta de confiança;
  • Medo de conflitos;
  • Falta de comprometimento;
  • Falta de disposição para responsabilizar o time;
  • Falta de atenção aos resultados.

Como desenvolver ownership?

Um caminho interessante para líderes promoverem o senso de ownership em suas equipes é dar atenção igual tanto para as necessidades do negócio quanto para as necessidades das pessoas.

Ou seja, compartilhar a visão do negócio e estabelecer metas e resultados, para dar senso de organização e direcionamento.

Em paralelo, o gestor deve trabalhar o mapeamento constante dos interesses individuais das pessoas é uma combinação poderosa para criar um ambiente onde o alto engajamento esteja presente, pois ownership é uma atitude emocional, e ser bem-sucedido com essa prática depende da alta capacidade de entender pessoas.

Leia também: Profiler: identifique o perfil comportamental do seu colaborador

Isso se faz necessário, pois em um contexto atual onde os modelos de trabalhos devem ser atualizados constantemente, acreditar que o alto engajamento de times está vinculado apenas a remuneração, benefícios e incentivos financeiros é uma crença obsoleta. Hoje, é preciso ir além disso.

Por isso, temas como gestão de cultura, employee experience e EVP (Employee Value Proposition) precisam fazer parte das agendas de lideranças que querem promover o senso de ownership nas empresas.

Isso também se deve ao fato de que profissionais estão cada vez mais exigentes sobre quais empresas e desafios querem se engajar. Questões sobre cultura e valores da empresa, liderança, qualidade de vida, flexibilidade e oportunidades de crescimento pesam nas decisões de carreira.

Compreender a importância disso, levam líderes a criarem modelos de negócios onde se pode ver o match perfeito entre pessoas e negócios, e isso é a base para o alto engajamento e a prevalência de sentimento de pertencimento.

Como incentivar o comportamento de dono da empresa na equipe?

Profissional que adota postura ownership

Além de tudo que já foi abordado, se o líder deseja que sua equipe tenha atitude de dono na empresa é importante se atentar para uma série de fatores, como:

  • Recrutamento e Seleção baseada em fit cultural, ou seja, contratar perfis com essa mentalidade.
  • Mapeamento de cultura e clima organizacional para identificar forças e impeditivos.
  • Estabelecimento de rituais culturais que promovam esse comportamento.
  • Desenvolvimento de lideranças inspiradoras e multiplicadoras.
  • Práticas de acompanhamento, como conversas 1:1 e feedback 360, para captar interesses das pessoas.
  • Comunicação constante da visão do negócio.
  • Práticas de Employee Experience para gerar bem-estar e ambiente positivo.
  • Liberdade com responsabilidade para promover autonomia.

Se o desafio for promover o sentimento de pertencimento em time remotos, a dica é começar inicialmente pelo entendimento e atendimento das principais necessidades dessa modalidade de time:

  • necessidade de contextualização
  • necessidade de comunicação clara e eficaz
  • demanda de acesso
  • ter um fluxo de trabalho
  • necessidade de ver os resultados.

Quais são os benefícios de trabalhar com uma equipe que tem senso de dono?

Seja no trabalho remoto, presencial ou híbrido, estimular o senso de ownership, através de uma cultura centrada nas pessoas, pode trazer vantagens significativas.

A empresa consegue ter resultados que são bem diferentes dos concorrentes diretos, por estimular uma cultura que por si só é diferenciada.

E com isso, a cultura do negócio impulsiona a conquista de:

  • Times altamente engajados e coesos, e consequentemente melhores resultados.
  • Autonomia e flexibilidade e tomadas de decisões mais ágeis.
  • Soluções inovadoras para relação com o mercado.
  • Oportunidades de aprendizagem e crescimento na curva de aprendizagem.
  • Retenção de profissionais.

Tudo isso impacta na capacidade produtiva, na eficiência e na possibilidade de alcançar a liderança do mercado.

Portanto, é interessante que todos os profissionais sejam estimulados a desenvolver a mentalidade de donos do negócio.

Como ter atitude de dono na empresa?

Muitas vezes, a equipe de gestão da empresa não fomenta a equipe a adotar o comportamento de dono do negócio. Todavia, o profissional poderá adotar a postura ownership mesmo assim.

A questão, nesse caso, é que o profissional com a postura adequada consegue se destacar na empresa, entregando uma performance acima da média dos colegas.

E isso se dá por uma série de fatores, como a comunicação eficiente, que é capaz de contribuir para que o time todo se desenvolva com maior eficiência.

Uma vez que, o colaborador consegue se posicionar, ser compreendido e contribuir para que os colegas se alinhem, garantindo que o time todo possa ter a maior eficiência possível a partir da boa capacidade de comunicação.

Outra capacidade de um profissional que adota a postura de dono é estar sempre disponível para os colegas. Dessa forma, o colaborador consegue influenciar positivamente os processos da empresa.

Tendo em vista que, os colegas passam a trabalhar verdadeiramente em time, aproveitando o fato de que um colega se posiciona sempre como disponível para ajudar o outro e a comunicação entre todos os colegas é eficiente.

Afinal, trabalhar bem em equipe também é necessário para demonstrar o perfil de ownership. Assim como, ter senso de sua responsabilidade para que o negócio dê certo e funcione conforme o esperado desde o início.

Portanto, nutrindo as 4 habilidades citadas, o profissional consegue demonstrar que tem um perfil de ownership, que beneficia a si mesmo e todos os colegas de equipe.

Que tal aproveitar uma formação completa de Retenção de Colaboradores?

A cultura ownership é benéfica em todos os segmentos

Um ponto muito relevante de observar é que a cultura ownership é benéfica para negócios de absolutamente todos os segmentos.

Tendo em vista que, os profissionais que assumem essa cultura como algo importante para a própria jornada de carreira conseguem ter um desempenho que é bastante acima da média.

Para além disso, são profissionais que contribuem positivamente para suas equipes. Aspecto que faz toda a diferença para que o cotidiano seja saudável e o clima na empresa traga benefícios para todos.

Uma equipe que se respeita e onde todos os profissionais assumem um posicionamento de donos, com o intuito de crescer junto com a empresa, trabalha mais e melhor.

Os profissionais terão alto grau de engajamento e haverá uma competição saudável entre eles. Uma vez que, todos reconhecem as competências uns dos outros e isso é interessante para o ambiente laboral.

No mais, quando um grupo de profissionais tem o comportamento de dono, o negócio tende a prosperar rapidamente, trazendo benefícios não só para o dono que vê seu negócio crescer, como também para a equipe que cresce junto.

É preciso reconhecer aqueles que se dedicam

A cultura ownership só funciona quando a equipe permite aos profissionais com este posicionamento que alcançam grandes resultados na empresa.

Se a equipe adota a postura de se posicionar, procurar soluções, assumir compromissos e na hora de beneficiar alguém a empresa promove um colaborador que não contribui, será impossível promover engajamento dos colaboradores no negócio.

Portanto, é importantíssimo eliminar vieses pessoais na hora de tomar decisões para promover o profissional. Caso contrário, será impossível manter a satisfação de sua equipe e o engajamento.

Afinal, toda pessoa que se dedica ao negócio espera alcançar o reconhecimento desejado. E se isso não ocorre, é perfeitamente natural buscar novas oportunidades que reconheçam seu talento e dedicação.

Tendo em vista que, reconhecimento não é algo que se limita ao salário ou benefícios oferecidos pela empresa.

Aproveite as dicas, implemente a cultura em seu cotidiano de negócio e perceba na prática como a equipe a empresa será beneficiada a partir do momento em que todos ganham autonomia e passam a assumir o papel de pequenos donos do negócio.

banner modelos de feedback

Sobre a Creative Pack

A Creative Pack é um hub de inovação que oferece consultoria e avaliação para empresas com o objetivo de compreender o que precisam para atingir metas. 

desenvolvimento e treinamento de pessoas
Assine a nossa Newsletter