Artigos

O Terrorismo ao Povo Brasileiro

 
“TERRORISMO AO POVO BRASILEIRO”

Antônio de Pádua Galvão*
 
Sinto, logo existo! Neste navegar de sentido é como se estivesse na Ágora – o   espaço grego  de participação política para do debate – . O territorio da liberdade, resistência, trabalho e lazer. Tenho um certo vies para olhar do fluxo urbano. Este é o melhor lugar do mundo, para conhecer os elementos da mineiridade. É da Praça Sete no Centro de Belo Horizonte que lanço seu olhar para o mundo. Aqui tem tudo e todos. Aqui se releva a beleza mais exuberante e a pobreza mais vexatória para um socidade.
 
Caminhando rumo o quarteirão dos movimentos sociais e político. Tomando pelo arrebatamento de liberdade. Sonho todos os dias com a emancipação do povo brasileiro. Parece que “deliro” com a idéia de justiça social, igualdade e solidariedade entres os homens e mulheres de boa vontade.
 
Num lampejo de lucidez, abriu se um clarão na minha alma. Um “insight”, um despertar na consciência.  E me pus a refletir sobre o aprisionamento desta nação tão bela. Deparei com a ferocidade  brutal sobre nossos algozes. Eles forjado  do lado obscuro – demoníaco –  da natureza humana, que perpassa pela vaidade, ambição, perversão e ignorância moral.
 
Despertei do obvio. Despertei de um sentimento sentir se  acuado.  Uma repressão mantida na doutrinação de quando pior é melhor para os tiranos e fanáticos. Transbordou de  dentro, do fundo  uma revolta.
 
O escárnio toma conta,  quanto penso que existem grupos  terroristas no Brasil. Parece uma fantasia delirante, mas os fatos e noticias revelam esta dura realidade. Estas bestas sociais  todos os dias estão de plantão a infernizar nossa esperança. Estes terroristas estão dissimulado no cotidiano das cidades, repartições publicas, prédios das organizações e todo a sociedade. Seus tentáculos e células são numerosas.  Esta demasiado demais infiltrada no Estado nos negócios privados.
 
Precisei parar e assentar na escadaria da rua rio de janeiro, ao lado do antigo banco da lavourinha, da papelaria Rex, lugar de palco de manifestações dos movimentos sociais. Senti um misto de revolta e vergonha.  Uma voz gritou dentro de mim “ ​EXISTEM TRES GRUPOS TERRORISTA ATACANDO O POVO BRASILEIRO. O espanto e o assombro de perceber a real situação, que diariamente são lançados bombas  sobre a nação produzindo atentado a cidadania e republica.  
 
Os terroristas são todos sofisticados, invisíveis e cínicos que destrói  pessoas do bem e suas famílias. Destroem a esperança dos adultos e jovens.
 
O primeiro grupo são os “COLARINHO DE SEDA”, abotoadura de ouro e terno italiano.  Este são os corruptos e corruptores que roubam o dinheiro do povo brasileiro. É a associação do político corrupto  as construtoras, organizações, empresas   sem escrúpulo, que compre e vende ate “ A Mãe”. Esta gente é péssima para ficar  a frente dos destinos do pais. E gente gananciosa e mesquinha. Não tem mínimo de decência.

Segundo  grupo são os “MATADORES” de pessoas éticas, defensores da vida e natureza. Gente da melhor qualidade do ponto de vista da consciência e retidão. Estes terroristas não suportam a decência, a honradez e o trabalho digno.

De imediato  lembro de alguns   casos emblemáticos. Mas existem centenas de episodio. O mas recente é o assassinato da juíza da 4ª Vara Criminal de São Gonçalo, Patrícia Acioli. Ela lidava principalmente no combate a milícias, grupos de extermínio e máfia de vans. Ela também era rigorosa no julgamento de autos de resistência (registros de mortes em confrontos com a polícia) e considerada linha-dura com os maus policiais. Matar uma Juíza com 21 tiros e um atentado terrorista a democracia.
 
Outro caso  é  o brutal assassinato de irmã Dorathy, executada por pistoleiros de aluguel com 6 tiros a queima-roupa, em Anapu, sul do Pará. Sua morte veio somar-se aos mais de 1300 assassinatos no campo registrados pela Comissão Pastoral da Terra (CPT), vítimas da barbárie que há séculos caracteriza as relações agrárias no Brasil
 
Tem ainda o triste caso de assassinato de  Francisco Alves Mendes Filho, mais conhecido como Chico Mendes, 22 de dezembro de 1988. Ele homem forte  foi um seringueiro, sindicalista e ativista ambiental brasileiro. Ele lutou contra a extração madeireira e a expansão dos pastos na Amazônia.Fundou um sindicato de seringueiros numa tentativa de preservar suas profissões e a floresta tropical, teve um papel importante na fundação do Conselho Nacional dos Seringueiros e na formulação da proposta das Reservas Extrativistas para os seringueiros. Morto covardemente.
 
Todos recordam ainda,  o jornalista Tim Maia brutalmente capturado fazendo seu trabalho de jornalista investigativo. E preso por traficantes, espancado e queimado. Este são os terroristas do povo brasileiro. Bestas cruéis que atacam a  sociedade sem piedade.
 
O terceiro grupo terrorista  são os  “BARÕES  DAS DROGAS”.   Estes matam os viciados e as famílias das vitimas. Estes provocam assassinados, violência, violenta as jovens, escravizam os jovens das favelas, demoniza  os jovens de classe media e alta. Esta organização é uma multinacional bilionária. Impossível vencê-las pelas armas. Os EUA já perceberam que não
funciona este ataque frontal. Reprimir o tráfico de drogas pesadas e conscientizar a juventude deste dos males do vicio. Será que liberalizar o uso de algumas drogas leves  poderá minimizar esta tragédia geracional? Não sei a resposta. Tenho muitas dúvidas.
 
O quarto grupo terrorista sãos os “BANQUEIROS” que sangram os cidadãos e orçamento públicos com as maiores  taxas de juros do mundo. Parece que escravizar pela divida e a dependência financeira é uma forma instalar a  dominação.
 
A quinta coluna que chamaria de homens fundamentalistas. Não diria que são do terror, mas agem como pensar de terrorista. Estou me referindo às seitas de grupamentos filosóficos, teológicos e científicos, que professam apenas única um pensamento, liturgia  ou doutrina sectária. Eles castram e impedem a liberdade de pensamento e consciência.
 
Tudo isto veio a minha mente como um soco. Um  tapa no rosto. E a única forma de aliviar, é falar sobre este tema. Pois tudo isto se deu quando vi um jovem drogado,  deitado na Praça Sete.
 
 De onde vem estes terroristas para desgraçar  a vida do Povo Brasileiro? Quem treina e dirige esta gentalha? Como podemos enfrentar esta gangue de bandidos terríveis para a Republica e sobre tudo para a nação do Brasil.
 
                                                    ABAIXO AOS  TERORRISTAS DO POVO BRASILEIRO!
 
*Antônio de Pádua Galvão
Economista e Psicanalista
www.galvaoconsultoria.com.br
99569161
 

Por: ANTONIO DE

Deixe um comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of